Reunindo nossas pérolas: experiência de um grupo de ex-alunos de curso de capacitação em terapia comunitária

Autores

  • Sandra de Azevedo Pinheiro UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.
  • Laila Ismail Mazzola UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.
  • Alberto Azevedo Pinheiro UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.
  • Doralice Otaviano UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.
  • Raquel Nicastro UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.
  • Sylbene Frigery UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.
  • Alice Hori UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.
  • Valquiria Rhein UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Instituto de Ciências Biológicas e Naturais – Departamento de Medicina Social. Uberaba – MG – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.26673/tes.v9i0.9583

Palavras-chave:

Terapia Comunitária, Educação em Saúde, Redes Sociais,

Resumo

O desenvolvimento de redes de apoio entre profissionais de saúde pode ser uma forma de se concretizar resultados da estratégia de cuidar do cuidador. este texto relata a experiência de ex-alunos de um curso de capacitação em terapia comunitária integrativa. o grupo constitui a primeira turma de terapeutas comunitários formada pelo instituto interfaci em 2007, são paulo, sp. durante o processo de formação, os aspectos teóricos da terapia comunitária foram intercalados com vivências como confecção de artesanato; construção da árvore da vida; brasão da família; relaxamentos; módulo cuidando do cuidador e intervisões. Ao fim do curso, o grupo de alunos decidiu promover encontros anuais que ocorreram em Campinas, Jarinu e Suzano (SP) e em Uberaba (MG) entre 2008 e 2011. O quinto encontro está previsto para ocorrer em São José do Rio Preto (SP), em 2012. Os eventos não reuniram todos os ex-alunos e cerca de 15%, entre eles, nunca mais estabeleceu contato. Para o grupo que se reencontra, há um poder de cura e de formar vínculos de solidariedade nos processos educativos que se desdobram para promover o ser humano; cuidar do cuidador; multiplicar o acolhimento e a compreensão dos problemas em seu contexto e estimular a partilha horizontal de experiências em ambiente de apoio mútuo, humor, estética e espiritualidade. Capacitações em TC, por sua forma e conteúdo, apresentam potencial para formar redes sociais de apoio voltadas para uma cultura de paz entre seus egressos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23/03/2017

Como Citar

PINHEIRO, S. de A.; MAZZOLA, L. I.; PINHEIRO, A. A.; OTAVIANO, D.; NICASTRO, R.; FRIGERY, S.; HORI, A.; RHEIN, V. Reunindo nossas pérolas: experiência de um grupo de ex-alunos de curso de capacitação em terapia comunitária. Temas em Educação e Saúde , Araraquara, v. 9, 2017. DOI: 10.26673/tes.v9i0.9583. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/tes/article/view/9583. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos