Educação Empreendedora: práticas educativas para dinamizar a ascensão pessoal e profissional dos alunos

Autores

  • Fábio Tadeu Reina Nusex - Núcleo de Sexualidade e Centro Universitário de Araraquara(UNIARA)
  • Roberto Augusto Dos Santos Universidade de Araraquara

DOI:

https://doi.org/10.26673/rtes.v13.n1.jan-jun2017.10.9592

Palavras-chave:

Empreendedorismo. Educação empreendedora. Jovens. Práticas educativas.

Resumo

No passado, a criação de empresas era assunto para adultos, mas hoje os jovens também pensam em negócios próprios como opção de carreira. Diante disso, as escolas, principalmente de ensinos fundamental e médio, precisam refletir sobre práticas educativas que dinamizam o empreendedorismo para apoiar a ascensão pessoal e profissional dos educandos. Nesse contexto, esse artigo apresenta, por meio de pesquisas bibliográfica, documental e analítico-descritiva, uma proposta com objetivos, conteúdos e estratégias de ensino, para dinamizar a educação empreendedora nos ambientes escolares. Espera-se, com isso, o fornecimento de subsídios para alicerçar o planejamento didático das escolas com interesse nessa temática, principalmente das que querem novos desafios para prover as pessoas de novos saberes.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Tadeu Reina, Nusex - Núcleo de Sexualidade e Centro Universitário de Araraquara(UNIARA)

Possui graduação em Educação Fisica pela Fundação Educacional de São Carlos (1986), graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação São Luis de Jaboticabal (1988) , mestrado em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006) e Doutorado em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2009), Pós-Doutorado em Sexualidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho ( NUSEX - Núcleo de Sexualidade) vinculado ao Departamento de Psicologia da Educação (2011).Atualmente é professor titular do Centro Universitário de Araraquara, professor efetivo da rede básica do ensino do Estado de São Paulo e professor de educação fisica efetivo da Secretaria Municipal de Esportes e lazer de Araraquara , atuando principalmente nos seguintes temas: enfrentamento à violência simbólica, educação fisica escolar, inclusão social, desigualdade cultural ,teoria na educação fisica, gestão e politicas educacionais.

Referências

ASN. Empretec complete 20 anos no Brasil. Disponível em: http://www.df.agenciasebrae.com.br/sites/asn/uf/DF/empretec-completa-20-anos-de-atuacao-no-brasil,80b53f316eb06410VgnVCM1000003b74010aRCRD. Acesso em: 01 mar. 2017.

CAPE Centro. Best Game, manual do facilitador. Triple Trust Organisation, s/d. 94 p.

CAPE Centro. Repasse do Best Game, apostila s/d. 61 p.

CHIAVENATO, Idalberto. Empreendedorismo: dando asas ao espírito empreendedor. 4ª ed. Barueri, SP: Manole, 2012.

COLL, César et al. O construtivismo na sala de aula. 6ª ed. São Paulo: Ática, 2009.

DELORS, Jacques. Educação: um tesouro a descobrir. 7ª ed. revisada. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO 2012.

DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. 3ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendedorismo corporativo: conceitos e aplicações. Revista de Negócios, Blumenau, v. 9, n. 2, p. 81-90, abril/junho 2004. Disponível em: file:///C:/Users/User/Downloads/Dornelas_2004_Empreendedorismo-corporativo--_28067.pdf. Acesso em: 04 mar. 2017.

EXAME. 71% dos jovens querem empreender, diz pesquisa. Disponível em: http://exame.abril.com.br/pme/noticias/71-dos-jovens-gostariam-de-empreender-diz-pesquisa. Acesso em: 10 mar. 2017.

GEM -Global Entrepreneurship Monitor. Empreendedorismo no Brasil: relatório executivo (2014). Disponível em: http://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Estudos%20e%20Pesquisas/gem%202014_relat%C3%B3rio%20executivo.pdf. Acesso em: 10 jan. 2017.

LAVIERI, Carlos. Educação empreendedora? In: LOPES, Rosemary A. (Coord.). Educação Empreendedora: Conceitos, modelos e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier; São Paulo: SEBRAE, 2010.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 2013.

LOPES, Rose Mary Almeida. Referenciais para educação empreendedora. In: LOPES, Rosemary A. (Coord.). Educação empreendedora: Conceitos, modelos e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier; São Paulo: SEBRAE, 2010.

MCCLELLAND, David. Characteristics of successful entrepreneurs. Edited by Dr. George T. Solomon, U.S. Small Business Administration and Dr. Bruce G. Whiting, Kutztown University of Pennsylvania, v. 21, n. 3, Third Quarter. 1987.

MORAN, José. Mudando a educação com metodologias ativas. Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Vol. II Carlos Alberto de Souza e Ofélia Elisa Torres Morales (orgs.). PG: Foca Foto-PROEX/UEPG, 2015.

ONUBR. Programa de educação empreendedora da ONU completa 20 anos no Brasil. Disponível em: https://nacoesunidas.org/programa-de-educacao-empreendedora-da-onu-completa-20-anos-no-brasil/. Acesso em 10 fev. 2017.

SARKAR, Soumodip. O empreendedor inovador: faça diferente e conquiste seu espaço no mercado. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

VIEIRA, Rui Marques; VIEIRA, Celina. Estratégias de ensino/aprendizagem. Lisboa/Portugal: Instituto Piaget, 2005.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

01/06/2017

Como Citar

REINA, F. T.; DOS SANTOS, R. A. Educação Empreendedora: práticas educativas para dinamizar a ascensão pessoal e profissional dos alunos. Temas em Educação e Saúde , Araraquara, v. 13, n. 1, p. 147–163, 2017. DOI: 10.26673/rtes.v13.n1.jan-jun2017.10.9592. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/tes/article/view/9592. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Área da Educação