Contribuições do Curso Online de Espanhol-Português para Intercâmbio (CEPI) na formação de professores de Português como Língua Adicional

Gabriela da Silva Bulla, Kétina Állen da Silva Timboni, Mariana Bulegon, Raquel Horvath de Andrade

Resumo


Este trabalho discute a formação de professores realizada no Curso online de Espanhol-Português para Intercâmbio (CEPI), vinculado ao Programa de Português para Estrangeiros (PPE), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Para tanto, analisamos dados gerados na 10ª edição do CEPI UFRGS, que teve como professoras duas graduandas em Letras; uma tutora – Mestranda em Linguística Aplicada – e uma orientadora – Docente do curso de Letras da UFRGS. Explicitamos como o CEPI pode ser um espaço online de formação de professores, visando à construção de comunidades colaborativas de aprendizagem de português e do fazer docente.


Palavras-chave


Formação de Professores; Português para Intercâmbio; Educação a Distância.

Texto completo:

PDF

Referências


ABELEDO, M. L. Uma compreensão etnometodológica da aprendizagem de língua estrangeira na fala-em-interação de sala de aula. Tese (Doutorado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BULLA, G. S. A realização de atividades pedagógicas colaborativas em sala de aula de português como língua estrangeira. Dissertação (Mestrado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

BULLA, G. S. Relações entre design educacional, atividade e ensino de português como língua adicional em ambientes digitais. Tese (Doutorado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

BULLA, G. S.; GARGIULO, H.; SCHLATTER, M. Organización general de materiales didácticos para la enseñanza online de las lenguas: el caso del Curso de Español-Portugués para el Intercámbio (CEPI). In: Anais II Jornadas Internacionales de Tecnologías Aplicadas a la Enseñanza de Lenguas, 2009, Córdoba. Córdoba: PlasmaMedia, 2009. v. CD. p. 1-12.

BULLA, G. S.; COSTA, E. V. Atividades colaborativas na formação de professores de Português como Língua Adicional no Programa de Português para Estrangeiros da UFRGS. In: Anais VIII Encontro Internacional de Investigadores de Políticas Linguísticas, 2017, Florianópolis. Florianópolis: UFSC e AUGM, 2017. p. 226-236.

BULLA, G. S.; TIMBONI, K. A. S. Quando a educação a distância prepara o professor para a atuação presencial: o caso da formação inicial de duas graduandas através do Curso online de Espanhol e Português para Intercâmbio (CEPI). In: Anais VIII Encontro Internacional de Investigadores de Políticas Linguísticas, 2017, Florianópolis. Florianópolis: UFSC e AUGM, 2017. p. 237-247.

CLARK, H. H. O uso da linguagem. Cadernos de Tradução, n. 9, p. 49-71, 2000.

COSTA, E. V. Práticas de formação de professores de português língua adicional em um instituto cultural brasileiro no exterior. Dissertação (Mestrado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

GARGIULO, H.; BULLA, G. S.; SCHLATTER, M. CEPI: Tareas, herramientas y el enfoque accional en el aprendizaje en línea. In: Anais II Jornadas Internacionales de Tecnologías Aplicadas a la Enseñanza de Lenguas, 2009, Córdoba. Córdoba: PlasmaMedia, 2009. v. CD. p. 01-12.

LEMOS, F. C. A formação do professor para o ensino de língua adicional em ambientes digitais com docência compartilhada. Dissertação (Mestrado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

MANGABEIRA, A. B. A; COSTA, E. V.; SIMÕES, L. J. O bilhete orientador: um gênero discursivo em favor da avaliação de textos nas aulas de língua. Cadernos do IL, Porto Alegre, n. 42, p. 293-307, jun. 2011.

NÓVOA, A. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, A. (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1995. p. 93-114.

PÉREZ GÓMEZ, A. O pensamento prático do professor: a formação do professor como profissional reflexivo. In: NÓVOA, A. (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1995. p. 93-114.

SCHLATTER, M.; BULLA, G. S.; GARGIULO, H.; CARVALHO, S. C. O curso de Espanhol-Português para Intercâmbio (CEPI): Uma ação de política linguística construída colaborativamente pelos participantes. Revista Digital de Políticas Lingüísticas, ano 4, v. 4, p. 111-148, 2012.

SCHLATTER, M.; BULLA, G. S.; GARGIULO, H.; JURIC, V. H. S. La formación del profesor CEPI para interactuar en una comunidad colaborativa de aprendizaje a distancia. In: Anais II Jornadas Internacionales de Tecnologías Aplicadas a la Enseñanza de Lenguas, 2009, Córdoba. Córdoba: PlasmaMedia, 2009. v. CD. p. 01-18.

SCHLATTER, M.; BULLA, G. S.; JURIC, V. S.; HRASTE, M.; RODRÍGUES, M. L. A. Certificação Espanhol/Português para Intercâmbio (CEPI) como uma ação de política linguística no âmbito do Mercosul. In: Anais III Encuentro Internacional de Investigadores de Políticas Linguísticas, 2007, Córdoba. Córdoba: UNC e AUGM, 2007. p. 59-64.

SCHÖN, D. A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SIMÕES, L. J.; FARIAS, B. S. De olho na prática: Conversa vai, escrita vem. Na ponta do lápis, ano IX, n. 21, fev. 2013.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martin




DOI: https://doi.org/10.29051/rel.unesp.v4.n2.2018.11878



Direitos autorais 2018 Revista EntreLínguas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Rev. EntreLínguas, Araraquara, SP, Brasil. e-ISSN: 2447-3529, ISSN: 2447-4045

DOI Prefix: 10.02951/rel

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.