O uso de atividades de tradução intersemiótica e interlingual em uma sala de aula de língua inglesa como le

Autores

  • Sinara de Oliveira Branco Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
  • Luciana Soares dos Santos Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

DOI:

https://doi.org/10.29051/rel.v3.n2.2017.9229

Palavras-chave:

Tradução e abordagens de ensino. Categorias de tradução. Exercícios de tradução. Ensino de inglês como LE.

Resumo

Este artigo se propõe a analisar a eficácia do uso da tradução como ferramenta de ensino em sala de aula de língua inglesa como LE através da aplicação de três atividades envolvendo as categorias de tradução interlingual e intersemiótica, propostas por Jakobson (1958, 2000), notas de campo e análise dos resultados das provas aplicadas. Foi observado o impacto do uso da tradução como ferramenta na aprendizagem dos alunos. O suporte teórico utilizado envolve Leffa (1988), Romanelli (2006) e Lucindo (2006, 2009). A organização dos dados caracterizou uma metodologia de natureza qualitativa e uma pesquisa-ação. O corpus é formado pelas atividades, questionários e respostas dos alunos às atividades e aos questionários aplicados. Os resultados indicam que o estudo das categorias de tradução como ferramenta no ensino de LE, quando usadas de forma criteriosa, pode ser de grande auxílio para professores e alunos, tornando a prática da tradução neste contexto justificável e positiva.

Biografia do Autor

Sinara de Oliveira Branco, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Professor Associado da Universidade Federal de Campina Grande, onde atua no Curso de Graduação de Licenciatura em Letras-Inglês e no Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino (POSLE) da Unidade Acadêmica de Letras. Possui Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Inglês, com pesquisa na área de Tradução, da Universidade Federal de Santa Catarina (2007), Mestrado em Linguística (2002), também pelo Programa de Pós-Graduação em Inglês da UFSC, com pesquisa na área de Tradução, e Licenciatura em Letras-Inglês pela Universidade Federal da Paraíba ? Campus II (1993), atual Universidade Federal de Campina Grande. É Coordenadora da Pós-Graduação em Linguagem e Ensino (POSLE) da UFCG desde 2012. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Linguística e em Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: Tradução e Cultura, Tradução Intersemiótica e Cinema, Abordagem Funcionalista da Tradução, Ensino de Tradução. É Conselheira da Secretaria dos Órgãos Deliberativos Superiores (SODS) como representante do Centro de Humanidades. É Coordenadora do LabInfo pelo POSLE. É líder do Grupo de Pesquisa Estudos da Tradução: Teoria, Prática e Formação do Tradutor, do DGP do CNPq. Publica artigos em periódicos Qualis A e B. Como pesquisadora, desenvolve um projeto sobre cinema, legendagem e tradução intersemiótica em filmes e séries de TV adaptados de clássicos da literatura. É tradutora de artigos científicos no par linguístico inglês-português e português-inglês.

Luciana Soares dos Santos, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Graduada em Letras-Inglês pela UFCG. Professora de Inglês (Oxford - Escola de Idiomas).

Referências

AUMONT, Jacques. A imagem. Campinas: Papirus, 1993. Tradução: Estela dos Santos Abreu e Cláudio C. Santoro.

BRANCO, Sinara Oliveira. Teorias da tradução e o ensino de língua estrangeira. Revista Horizontes de Linguística Aplicada, v. 8, n. 2, p. 185, 2009.

BRANCO, Sinara Oliveira. The application of intersemiotic translation combined with multimodal activities in the English as a foreign language classroom. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 14, n. 2, p. 293-312, 2014.

JAKOBSON, Roman. On linguistic aspects of translation. In: VENUTI, Lawrence (Org.). The translation studies reader. London: Routledge, 2000. p. 113-118.

KIMINAMI, Aline Yuri; CANTAROTTI, Aline. Tradução e Ensino de Língua Estrangeira – Possibilidades e direcionamentos. In: CARVALHO, Tatiana de Lourenço. PONTES, Valdecy de Oliveira (Org.). Tradução e ensino de línguas - Desafios e perspectivas. Mossoró: UERN, 2014. p. 40-54.

LEFFA, Vilson J. Metodologia do ensino de línguas. In: BOHN, H. I.; VANDRESEN, P. Tópicos em linguística aplicada: O ensino de línguas estrangeiras. Florianópolis: Ed. da UFSC, 1988. p. 211-236.

LUCINDO, Emy Soares. Tradução e ensino de línguas estrangeiras. Scientia Traductionis, Santa Catarina, n. 3, 2006.

MALMKJAER, Kirsten (Org.) Translation & language teaching. Reino Unido: St Jerome Publishng, 1998. p. 1-11.

MALMKJAER, Kirsten. Language learning and translation. In: GAMBIER, Yves; VAN DOORSLAER, Luc (Ed.). Handbook of translation studies. John Benjamins Publishing, 2010. p.185-190

PEREIRA, Elisabete Francisca de Oliveira. O Papel da Língua Materna na aquisição da língua estrangeira. Revista Inter Ação, v. 26, n. 2, p. 53-62, 2007.

POPOVIC, Radmila. The place of translation in language teaching. Bridges, v. 5, p. 3-8, 2001.

RICHARDS, Jack C.; RODGERS, Theodore S. Approaches and methods in language teaching: a description and analysis. Cambridge: Cambridge University Press, 1986.

ROMANELLI, Sergio. Traduzir ou não traduzir em sala de aula? Eis a questão. Inventário (UFBA), Salvador, v. 05, não paginado, 2006.

ROMANELLI, Sergio. O uso da tradução no ensino-aprendizagem das línguas estrangeiras. Revista Horizontes de Linguística Aplicada, v. 8, n. 2, p. 200, 2009.

SVÄRD, Ann-Christin. The challenge of mixed-ability classes: How should upper secondary English teachers work in order to help the weaker students? Trabalho de conclusão de curso, Högskolan för lärande och kommunikation, Jönköping University/Suécia, 2007.

TEIXEIRA, Augusto Francisco. O pós-método e o ensino de língua inglesa. Revista Avepalavra, v. 11, n. 1, 2011.

Downloads

Publicado

01/12/2017

Edição

Seção

Artigos