Projeto de incentivo ao protagonismo do aluno surdo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26673/tes.v19i00.18100

Palavras-chave:

Educação Inclusiva, Pandemia, Surdez, Libras

Resumo

Este é um relato de experiência de um projeto de inclusão de alunos surdos, realizado no período da Pandemia do Coronavírus, em duas escolas de Ensino Fundamental em município do interior do Estado de São Paulo. A finalidade do projeto foi minimizar barreiras de comunicação, ampliar o vocabulário da língua oral e da língua de sinais, e promover ações educativas para efetivar a inclusão de alunos surdos. Os alunos surdos realizavam gravações de vídeos temáticos curtos na escola a cada 15 dias, que eram editados por uma professora especializada em Libras (TILS). Os vídeos eram encaminhados para a direção das escolas que, por sua vez, os repassavam aos professores para utilizarem nas aulas. O projeto ofereceu aos alunos surdos a oportunidade de desenvolvimento por meio da Libras durante o período de pandemia e garantiu o estabelecimento de sua identidade. Além disso, os alunos ouvintes tiveram contato e utilizaram Libras na escola. Considerando sua eficácia, o projeto tornou-se permanente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Damiana Ramos Bomfim, Universidade de Araraquara

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Processos de Ensino, Gestão e Inovação, UNIARA. Professora (Intérprete de LIBRAS) em Municipal Escola de Educação Básica (EMEB) Senhora Aparecida e Paulo Freire, Jaboticabal, São Paulo, Brasil.

Maria Lucia Oliveira Suzigan Dragone, Universidade de Araraquara

Docente de Ensino Superior no Programa de Pós-Graduação em Processos de Ensino, Gestão e Inovação, UNIARA.

Dirce Charara Monteiro, Universidade de Araraquara

Docente de Ensino Superior no Programa de Pós-Graduação em Processos de Ensino, Gestão e Inovação, UNIARA.

Referências

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, 2016. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/consti/1988/constituicao-1988-5-outubro-1988-322142-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 10 dez. 2022.

BRASIL. Lei n. 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 1998. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9610.htm. Acesso em: 6 out. 2022.

BRASIL. Lei n.10.436, de 24 de abril de 2002. Lei da Língua Brasileira de Sinais – Libras e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2002. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10436.htm. Acesso em: 7 nov. 2022.

BRASIL. Lei. n. 13.146, de 6 de jul. de 2015. Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Brasília, DF: Presidência da República, 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm. Acesso em: 20 abr. 2020.

DECLARAÇÃO DE SALAMANCA: Sobre princípios, políticas e práticas na área das necessidades educativas especiais. Salamanca, Espanha, 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acesso em: 10 dez.2022.

DIAS, F. N. Relações grupais e desenvolvimento humano. Lisboa: Instituto Piaget, 2004.

GESSER, A. O ouvinte e a surdez: Sobre ensinar e aprender a LIBRAS. São Paulo, SP: Parábola Editorial, 2012.

GOLDFELD, M. A criança surda: Linguagem e cognição numa perspectiva sócio-interacionista. 7. ed. São Paulo: Plexus Editora, 2002.

GRANDES PEQUENINOS. Disponível em https://grandespequeninos.com.br/quem-somos/ Acesso em: 03 set. 2022.

HONORO, M.; FRIZANCO, M. L. Esclarecendo as deficiências: Aspectos teóricos e práticos para contribuir com uma sociedade inclusiva. São Paulo: Ciranda Cultural Editora Ltda, 2008.

LACERDA, C. B. F. de. Intérprete de Libras: Em atuação infantil e no ensino fundamental. 7. ed. Porto Alegre: Mediação, 2015.

QUADROS, R. M. de. Língua de herança: Língua Brasileira de Sinais. Porto Alegre: Penso, 2017.

QUADROS, R. M. DE.; KARNOOP, L, B. Língua de sinais brasileira: Estudos surdos. Porto Alegre: Artmed, 2004.

Publicado

14/11/2023

Como Citar

BOMFIM, D. R.; DRAGONE, M. L. O. S.; MONTEIRO, D. C. Projeto de incentivo ao protagonismo do aluno surdo. Temas em Educação e Saúde , Araraquara, v. 19, n. 00, p. e023009, 2023. DOI: 10.26673/tes.v19i00.18100. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/tes/article/view/18100. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Área da Educação