Este site está hospedado no Portal da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara

Revistas

  • ALFA: Revista de Linguística

    MISSÃO:
    Alfa: Revista de Linguística, publicação contínua da UNESP, classificada como nível A1 no sistema Qualis/CAPES, é publicada, desde 1962, com o objetivo principal de propiciar um espaço para a divulgação de ideias, de propostas e de resultados de pesquisa relativos às diferentes perspectivas teórico-metodológicas e a todas as linhas de investigação da linguística, tanto no Brasil como no exterior.

  • Cadernos de Campo: Revista de Ciências Sociais

    A Revista Cadernos de Campo é uma publicação semestral editada pelos discentes do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (Fclar) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP). O periódico tem por finalidade a divulgação de pesquisas e de trabalhos científicos produzidos por pós-graduandos e docentes do campo das ciências sociais. Prioriza-se o caráter acadêmico dos trabalhos e dos diálogos travados com as subáreas da antropologia, da ciência política e da sociologia, incluindo áreas afins, tais como, história, geografia, pedagogia, economia, relações internacionais e filosofia, a fim de abranger um variado leque de áreas nas humanidades.

  • CASA: Cadernos de Semiótica Aplicada

    [Choose your preferred language from the right menu bar/ Choisissez votre langue préférée dans le menu à droite]

    Os CASA: Cadernos de Semiótica Aplicada têm como objetivo divulgar e debater análises e reflexões teóricas sobre a linguagem, com a finalidade de promover o desenvolvimento científico e institucional das várias correntes metodológicas que estudam o texto e o discurso, com ênfase nas teorias semióticas contemporâneas.

    A revista publica trabalhos escritos por pesquisadores doutores ou em coautoria com pesquisadores doutores vinculados a instituições de ensino e pesquisa nacionais e internacionais.

    Aceita-se a submissão, em fluxo contínuo, de artigos, resenhas e entrevistas inéditos em português, espanhol, francês, italiano e inglês, desde que estejam de acordo com as normas previstas nas Diretrizes para autores. O Conselho Editorial reserva-se o direito de alocar, segundo o fluxo de avaliação, os trabalhos aprovados nos números 1 ou 2 do volume em preparação.

    O periódico tem estrato Qualis-Capes A2 (2013-2014), está indexado nas bases de dados DiadorimElektronische ZeitschriftenbibliothekERIH PLUS, JURNLatindexLivRe!MLA Directory of PeriodicalsREDIB e WorldCat, é filiado à Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC) e ao CrossRef e é identificado pelo prefixo DOI (Digital Object Identifier).

     

    Jean Cristtus Portela

    Editor responsável

  • DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação

    A DOXA – Revista Brasileira de Psicologia da Educação é um periódico com 22 anos de existência que reúne em seus números artigos científicos das grandes áreas de Psicologia e Educação.  A qual tornou-se uma das revistas oficiais da Faculdade de ciências e Letras. A revista sempre foi publicada na forma impressa. Em 2017 passamos a integrar no Open Journal system/OJS - publicações online. Até 2020, a periodicidade era semestral, (jan./jun. e jul./dez).


    Em 2021, a DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação inicia sua nova trajetória, passa a ser um periódico de Publicação Contínua, dessa forma visa contribuir na agilidade no processo de publicações de artigos aceitos após avaliação às cegas por pares, não necessitando aguardar uma edição. Essa nova forma de publicação garante maior visibilidade das pesquisas e de seus autores. E a revista atualmente está alocada no NUSEX - Núcleo de Estudos da Sexualidade.


    As submissões são de fluxo contínuo.


    Nos últimos anos, 2017-2020, a revista alcançou várias indexações, visibilidade, citações e reconhecimento de sua qualidade. E em 2020 passou a publicar no formato bilíngue, pois o processo de internacionalização é essencial para as publicações dos pesquisadores brasileiros e internacionais.


    As publicações da DOXA versam sobre as Grandes Áreas da Psicologia e Educação, incluindo especialmente as subáreas em sua interface:


    Psicologia Educacional;


    Saúde Mental;


    Psicologia do Desenvolvimento;


    Atendimento Institucional;


    Psicologia na Saúde Pública;


    História da Psicologia;


    História da Educação;


    Avaliação;


    Tecnologias de Informação e Comunicação em Educação;


    Formação de Professores;


    Sexualidade e Educação Sexual;


    Estudos de Gênero;


    Educação Especial e Inclusiva;


    Educação de Jovens e Adultos;


    Educação Superior;


    Culturas Escolares; dentre outros afins


     


    Qualis B2 (2017-2018) – Avaliação Preliminar CAPES.

  • Estudos de Sociologia

    Missão: A Revista Estudos de Sociologia, classificada como B1 na última avaliação Capes, busca publicar artigos nacionais e internacionais na área da Sociologia e afins, buscando contribuir para o debate disciplinar e interdisciplinar das questões sociais clássicas e contemporâneas.
  • ITINERÁRIOS – Revista de Literatura

    Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários

    A Itinerários – Revista de Literatura é uma publicação semestral arbitrada e indexada - avaliada como Qualis B1 (2016-)- , vinculada ao PPG em Estudos Literários. Publica, desde 1990, trabalhos originais das mais variadas linhas de pesquisa dos Estudos Literários produzidos por pesquisadores doutores e doutorandos de instituições nacionais e internacionais, sob a forma de artigos inéditos ou resenhas.
  • Perspectivas: Revista de Ciências Sociais

    A Revista Perspectivas publica trabalhos inéditos, da área de Ciência Sociais, de autores de instituições nacionais ou internacionais na forma de artigos, retrospectivas, resenhas e traduções.

  • Revista EntreLínguas

    A Revista EntreLínguas  possui periodicidade semestral, com submissão em fluxo contínuo e aceita artigos, resenhas críticas e relatos de experiências inéditos relacionados ao processo de ensino e aprendizagem de Línguas Estrangeiras Modernas(LEM) com o fito de promover o debate sobre os processos teórico-metodológicos do ensino de LEM. Os textos são aceitos em português, espanhol ou em inglês.

    Publicar artigos, relatos de experiências, resenhas críticas e entrevistas de pesquisadores nacionais e internacionais, com o fito de promover o debate sobre os processos teórico-metodológicos do ensino de LEM, em todos os níveis de educação, bem como:

    Ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras modernas (LEM);

    Formação de Professores para o Ensino de Línguas - inicial e continuada -, currículo nacional e internacional;

    Processos de ensino e aprendizagem de Línguas Estrangeiras Modernas;

    Estudos e perspectivas do contato linguístico na sala de aula docente;

    Tecnologias de Informação e Comunicação para o  ensino de línguas (LEM);

    O ensino da língua em sociedades bilíngues;

    Os aspectos morfosintáticos e léxicos (LEM)

    Concepções teórico-metodológicas para o ensino e a aprendizagem de línguas estrangeiras: contextos e perspectivas.

    ----

    A Revista EntreLínguas aceita propostas de Dossiês organizados. 

    Os dossiês são edições organizadas por convidados, pesquisadores e professores. Na organização dos dossiês, os mesmos serão observados quanto ao caráter interinstitucional e abordar temáticas de relevância para a área distinta e especificada ao Foco e Escopo da revista. O objetivo do dossiê é ampliar o debate acadêmico, fomentar intercâmbios de pesquisa e/ou adensar as experiências formativas em investigação e/ou ensino com a comunidade científica nacional e internacional.

    A avaliação da proposta de dossiê acontece em duas etapas:

    Primeiramente, o(s) proponente(s) deve(m) enviar a ementa do dossiê no e-mail revista.entrelinguas@gmail.com com cópia para anderson.cruz@unesp.br, com nome e identificação institucional dos proponentes (três, no máximo, e preferencialmente um deles com título de doutor), bem como com os títulos dos trabalhos, autores e filiação institucional (Instituição, departamento e programa de pós-graduação). Os autores devem seguir as normas das diretrizes para submissão. Os organizadores serão responsáveis pelo envio do material nas etapas.

     

    ----

    Qualis A3 (2017-2018)

     

  • REDD – Revista Espaço de Diálogo e Desconexão

    A Revista Espaço de Diálogo e de Desconexão - REDD - é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa Temático Trabalho e Trabalhadores, em funcionamento na Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - UNESP há mais de 10 anos. Sua área de atuação é Sociologia do Trabalho e Sociologia Rural, trabalhando para a formação de estudantes de iniciação científica, de mestrado e de doutorado, assim como, atuando no meio acadêmico e científico com publicações, na organização de eventos e em pesquisas dentre outras atividades do gênero.

  • Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

    A Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação (RIAEE) é um espaço editorial para artigos relacionados à grande área de Educação, em seus vários temas: Filosofia e Historiografia da Educação; Política e Gestão de Unidades Educacionais; Pesquisa e Avaliação; Inovações Tecnológicas voltadas para a Educação; Formação do Educador, Trabalho Docente e Práticas Pedagógicas; Educação Sexual, Gênero e Valores; Escola Inclusiva e Educação Especial; Educação Básica; Educação Profissional e Técnica; Educação de Jovens e Adultos; Educação Superior; e Padrões de Internacionalização. Foi classificada como Qualis A2 em Educação, na avaliação Capes do quadriênio 2013-2016. Mantivemos o Qualis A2 na avaliação de meio termo Qualis/Capes (2017/2018).

  • Revista Iniciativa Econômica

    A Revista Iniciativa Econômica (ISSN: 2358-5951) é uma publicação do Departamento de Economia - UNESP/FCLAr e pelo Programa de Pós-Graduação em Economia da UNESP, destinada a abrigar, discutir e divulgar os trabalhos científicos nas áreas de Economia e correlatas das Ciências Sociais e Humanas. 

  • Revista de Letras

    A Revista de Letras tem por objetivo estabelecer um fórum de discussão acerca da literatura, dando ênfase à crítica e à teoria literária em suas diversas abrangências teóricas e metodológicas. Áreas do saber diretamente relacionadas à teoria e crítica literária, tais como a sociologia, a filosofia, a psicanálise, também podem oferecer contribuições relevantes para os estudos literários e serão aceitos para publicação. 

  • Revista on line de Política e Gestão Educacional

    A criação de uma revista on line de Política e Gestão Educacional surge do interesse de professores do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP/Araraquara e é, atualmente, também vinculada ao Departamento de Ciências da Educação. Em seu primeiro momento, a revista tinha o intuito, pelas peculiaridades do momento, de ter uma periodicidade anual (isso ocorreu entre 2001 e 2003).  A partir de 2007, a revista ganhou novo impulso com a organização do Grupo de Estudos Organizações Educacionais: processos de planejamento e gestão (GEOPLAGE), que assumiu, naquele momento, a responsabilidade por sua publicação. A preocupação fundamental dos responsáveis foi superar os problemas técnicos e, ainda dentro do antigo formato, reiniciar a publicação da revista, através de divulgação e solicitação de colaboradores.

  • Revista Segurança Urbana e Juventude

    Esta revista é destinada a todos os leitores que se sensibilizam por temas relacionados à defesa da integridade humana. Estudantes de Ensino Médio e universitários, além de professores e pesquisadores de todos os níveis acadêmicos. A perspectiva da revista é de contribuir para a ampliação dos horizontes da formação do bom senso sobre assuntos tão inquietantes que envolvem segurança urbana e juventude.

    Encerrada em 2011. 

    Consulte os números publicados na seção Anteriores

  • Revista Sem Aspas

    A Revista Sem Aspas (Sem Aspas Journal) é uma importante iniciativa dos discentes e docentes do curso de Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras (UNESP, campus de Araraquara). A sua primeira publicação impressa foi divulgada no primeiro semestre de 2012.


    Em 2017, a revista se tornou publicação periódica eletrônica online ao ingressar na Plataforma SEER/OJS. A revista é publicada semestralmente, com os lançamentos das edições previstos para junho e dezembro. Nessa revista são valorizados os trabalhos acadêmicos nas disciplinas ministradas, na iniciação científica, nos trabalhos de conclusão de curso e nos programas de pós-graduação.


    Além disso, a Revista Sem Aspas é espaço primordial para a veiculação dos trabalhos de graduação e pós-graduação não só da Faculdade de Ciências e Letras, mas de outras instituições de ensino superior do país e internacional. O Conselho Editorial e Científico da revista aceita para avaliação trabalhos oriundos de pesquisas efetivadas no âmbito da Antropologia, Ciência Política e Sociologia. Os artigos sobre cultura e educação, entre outros, devem estar relacionados a uma daquelas três áreas tronco das Ciências Sociais.


    É contínuo o fluxo de avaliação dos artigos enviados à revista. O periódico está indexado nas bases de dados Google Scholar, Livre (Periódicos de Livre Acesso), Diadorim, JURN,  Sumários.org, Portal de Periódicos CAPES, BASE (Bielefeld Academic Search Engine), LATINDEX e ClustrMaps.  É filiado à Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC) e  identificado pelo prefixo DOI (Digital Object Identifier).


    Em 2021, a revista Sem Aspas torna um periódico de Publicação Contínua.

  • Temas em Educação e Saúde

    Temas em Educação e Saúde (Themes in Education and Health), divulga não só relatos de experiências de trabalhos desenvolvidos pelo CENPE (Centro de Estudos, Assessoria e Orientação Educativa) e por outras instituições, como também pesquisas em nível de pós-graduação (mestrado e doutorado) de diversas instituições, cujos temas envolvam questões relacionadas à educação e à promoção da saúde. A revista está aberta também para submissões livres de trabalhos de pesquisa, ensino e extensão de profissionais e estudantes em geral das duas grandes áreas de conhecimento: educação e saúde.