Sustentabilidade Financeira

Visando o melhor trabalho com os artigos recebidos, os processos editoriais necessários para a continuidade das publicações e da qualidade da RPGE ficam sob responsabilidade da Editora Ibero-Americana de Educação, assim, a revista se resguarda o direito de apenas publicar os manuscritos que tenham passado pela equipe da Editora.          

A manutenção das atividades editoriais com qualidade científica demanda estrutura e recursos adequados e contínuos. A publicação dos artigos exige custos com revisão de idiomas, tradução, normalização, diagramação, editoração eletrônica (DOI, XML, HTML), entre outros serviços. O modelo de financiamento público da atividade editorial no Brasil, apesar de ser uma das experiências mais bem sucedidas do mundo, ainda é insuficiente.

Ressalta-se que a RPGE não cobra nenhum tipo de taxa para submissão, avaliação ou publicação de artigos. O processo editorial, de responsabilidade da Editora Ibero-Americana de Educação, é custeado pela taxa de processamento de artigo (Article Processing Charge – APC), paga pelos autores, essa taxa cobre: i) serviços de revisão do texto, após as modificações solicitadas no processo de avaliação serem realizadas pelos autores; ii) formatação e normalização do trabalho, apenas normas ABNT, citações e referências; iii) tradução completa para o inglês, também as versões para português de artigos originalmente em inglês ou espanhol; iv) versão XML e HTML; v) serviços de editoração dos vídeos de divulgação dos artigos; vi) custos de validação do DOI; vii) revisão e formatação dos metadados referentes ao artigo e informação dos autores na plataforma OJS – Open Journal System – e no artigo; viii) demais serviços de editoração dos artigos e de gestão editorial.

O valor total da APC pode variar segundo impostos e só é cobrado após a aprovação no processo de avaliação. Mais informações sobre as taxas serão enviadas em comunicação direta com os autores ou por meio de solicitação.

Eventualmente, ocorrem editais de apoio aos periódicos científicos da Pró-Reitoria de Pesquisa da Unesp (PROPe Unesp), com o objetivo de financiar publicações científicas. A Revista on line de Política e Gestão Educacional (RPGE) busca participar do processo para recebimento dessa verba. Quando atende a todos os critérios do edital, parte do financiamento dos serviços editoriais prestados pela Editora Ibero-Americana de Educação para a gestão da RPGE é proveniente dessa verba da PROPe Unesp.