Os efeitos de uma intervenção breve em uma escola pública: uma possibilidade de dizer

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30715/doxa.v22i1.13362

Palavras-chave:

Psicoterapia breve, Relatos de casos, Educação, Alfabetização.

Resumo

Relato de uma forma de intervenção breve em uma escola municipal da cidade de São Paulo, em área de grande vulnerabilidade. O objetivo é apresentar a experiência realizada e seus efeitos sobre as crianças. Duas crianças de 8 anos, passaram pelas entrevistas clínicas de orientação psicanalítica, em número de três a quatro, em atendimento individual. O relato analisa fragmentos dos dizeres dos envolvidos seguidos de uma síntese do ocorrido em cada entrevista. A análise dos dizeres das crianças foi colocada em relevo, a partir de suporte teórico da psicanálise de vertente lacaniana e indica que uma das crianças não apresenta dificuldades de aprendizagem e a outra, com questões psíquicas, já frequentava um CAPS (centro de atenção psicossocial). Os resultados mostram que, a partir da transferência, as crianças falam de si e de seus impasses e estes podem ser enfrentados de forma discursiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Regina Maria Ayres de Camargo Freire, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo – SP

Professora Titular do Departamento de Teorias e Métodos em Fonoaudiologia e Fisioterapia, Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde. Doutorado em Educação (PUC-SP).

 

Pauline L. V. B. S. da Fonseca Herbach, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo – SP

Mestranda no PPG em Fonoaudiologia.

Ticiana Chiarastelli Salomão, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo – SP

Psicóloga (USP). Pesquisa “ a alfabetização e seus avatares”.

Referências

FERREIRA, T. Freud e o ato do ensino. In: LOPES, E. M. T. (Org.) A psicanálise escuta a educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2001, p. 107-149.

KOHARA, L. T. Relação entre as condições da moradia e o desempenho escolar: estudo com crianças residentes em cortiços. 2009. 297 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

MIRANDA, M. P. A educação de criança hoje: quando o excesso de sentido segrega o sujeito. In: SANTIAGO, A. L; CAMPOS, R. H. F. (Org). Educação de crianças e jovens na contemporaneidade: pesquisas sobre sintomas na escola e subjetividade. Belo Horizonte: Ed. PUC, 2011. p.101-113

SANTIAGO, A. L.; ASSIS, R. O que esse menino tem? 1. ed. Belo Horizonte. Editora Sintoma, 2015.

SEVCENKO, N. A cidade metastasis e urbanismo inflacionário: incursões na entropia paulista. Revista USP, São Paulo, n. 63, p. 16-35, set./nov. 2004.

Publicado

01/06/2020

Como Citar

FREIRE, R. M. A. de C.; HERBACH, P. L. V. B. S. da F.; SALOMÃO, T. C. Os efeitos de uma intervenção breve em uma escola pública: uma possibilidade de dizer. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, Araraquara, v. 22, n. 1, p. 209–224, 2020. DOI: 10.30715/doxa.v22i1.13362. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/doxa/article/view/13362. Acesso em: 27 set. 2021.

Edição

Seção

Relatos de Experiências