Português como Língua de Acolhimento para Venezuelanos(as): estratégias e práticas de ensino em tempos de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29051/el.v7iesp.6.15490

Palavras-chave:

Ensino on-line, Português como Língua de Acolhimento, Estratégias de ensino

Resumo

Devido à crise sanitária da COVID-19 que afligiu o mundo no início de 2020, os cursos de ensino-aprendizagem de línguas no Brasil têm (re)criado estratégias de ensino para a sua oferta on-line. Neste texto, apresentamos as estratégias de ensino-aprendizagem desenvolvidas, em 2020, pelo projeto Português como Língua de Acolhimento para venezuelanos(as), ofertado pelo Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp de Araraquara. O projeto teve por objetivo oferecer, gratuitamente, o ensino emergencial e remoto de Português, variante brasileira, a estudantes venezuelanos(as), tanto para adultos quanto para crianças, que estavam instalados no interior de São Paulo. Este texto está dividido em três partes: na primeira, trazemos a trajetória do ensino presencial para o on-line; na segunda, descrevemos as estratégias de ensino e apresentamos o perfil dos estudantes; e na terceira, apresentamos a avaliação que esses fizeram sobre as estratégias de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lígia Soares Sene, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Linguística e língua Portuguesa.

Tainara Lucia Corrêa de Matos, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa.

Rosângela Sanches da Silveira Gileno, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Professora Assistente no Departamento de Educação. Doutorado em Letras (UNESP).

Referências

AMADO, R. S. O ensino de português como língua de acolhimento para refugiados. In: Revista da Sociedade Internacional Português Língua Estrangeira - SIPLE, Brasília, v. 7, ano 4, n. 2, 2013.

BARBOSA, L. M. D. A.; BERNARDO, M. D. A. S. Língua de Acolhimento. In: CAVALCANTI, L. et al. Dicionário Crítico de Migrações Internacionais. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2017. p. 434-437

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Trad. Luís Antero; Reto, Augusto Pinheiro. 3. reimp. São Paulo: Edições 70, 2016.

FIORELLI, C. M. et al. O ensino de português língua de acolhimento (PLAc) para venezuelanos no interior paulista: trajetória e perspectiva. In: ROCHA, N. A.; GILENO, R. S. S. (org.). Português Língua Estrangeira e suas interfaces. Campinas, SP: Pontes Editores, 2021.

GROSSO, M. J. Língua de acolhimento, língua de integração. Revista Horizontes de Linguística Aplicada, v. 9, n. 2, p. 61 -77, 2010. Disponível em: https://www.academia.edu/6956350/L%C3%ADngua_de_acolhimento_l%C3%ADngua_de_integra%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 01 jun. 2021.

LOPEZ, A. P. A.; DINIZ, L. R. A. Iniciativas Jurídicas e Acadêmicas para o Acolhimento no Brasil de Deslocados Forçados. Revista da Sociedade Internacional Português Língua, 2018. Disponível em: https://www.academia.edu/6956350/L%C3%ADngua_de_acolhimento_l%C3%ADngua_de_integra%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 25 jun. 2021.

SÃO BERNARDO, M. D. Português como língua de acolhimento: um estudo com imigrantes e pessoas em situação de refúgio no Brasil. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/8126/TeseMASB.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 01 jun. 2021.

SENE, L. S Objetivos do ensino- aprendizagem de Português como Língua de Acolhimento. In: MARTORELLI, A. B. P.; SOUSA, S. C. T.; VIRGULINO, C. G. C. (org.). Vidas em movimento: ações e reflexões sobre o acolhimento de pessoas em situação de refúgio. João Pessoa: Editora UFPB, 2020. p. 178- 207. Disponível em: http://www.editora.ufpb.br/sistema/press5/index.php/UFPB/catalog/book/832. Acesso em: 01 jun. 2021.

SENE, L. S. Materialidades e objetivos para o ensino de português como língua de acolhimento: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Universidade de Brasília, Brasília, 2017. Disponível em https://repositorio.unb.br/handle/10482/23980. Acesso em: 01 jun. 2021.

SENE, L. S.; BATISTA, P. U. PLAczinho: Português como Língua de Acolhimento para crianças venezuelanas. In: ENCONTRO DOS CLDPS,6.; ENCONTRO DO PROGRAMA ISF NO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS, 1., 2019, São José do Rio Preto. Anais [...]. São José do Rio Preto, SP: UNESP, 2019. (Comunicação oral)

Publicado

28/12/2021

Como Citar

SENE, L. S.; MATOS, T. L. C. de; GILENO, R. S. da S. Português como Língua de Acolhimento para Venezuelanos(as): estratégias e práticas de ensino em tempos de pandemia. Revista EntreLinguas, Araraquara, v. 7, n. esp.6, p. e021157, 2021. DOI: 10.29051/el.v7iesp.6.15490. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/entrelinguas/article/view/15490. Acesso em: 20 maio. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)