Ensino e aprendizagem de português língua estrangeira (PLE): repensando o contexto de imersão

Nildicéia Aparecida Rocha, Rosangela Sanches da Silveira Gileno

Resumo


Tendo em vista a questão da mobilidade estudantil universitária, gostaríamos, neste trabalho, de refletir sobre as especificidades de se ensinar e aprender Português Língua Estrangeira (PLE) tanto em contexto de imersão como fora dele, a partir das observações realizadas em dois momentos: por um lado, descreveremos um curso de PLE em situação de imersão em uma universidade no interior do estado de São Paulo, Brasil; e por outro, um curso de PLE fora do contexto de imersão, em uma universidade na Espanha, em uma capital de província. Neste sentido, gostaríamos de trazer aqui uma reflexão sobre o ensino de PLE em situação de imersão e fora dela quando o tratamento didático-pedagógico parte da relação indissociável entre língua e cultura, dentro de uma abordagem comunicativa intercultural, procurando desenvolver no aprendiz uma competência comunicativa intercultural.

Palavras-chave


Ensino e aprendizagem de Português língua estrangeira; Contexto de Imersão; Língua e cultura;

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2015 Revista EntreLínguas



Rev. EntreLínguas, Araraquara, SP, Brasil. e-ISSN: 2447-3529, ISSN: 2447-4045

DOI Prefix: 10.02951/rel

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.