Educopédia uma ferramenta para ensinar geografia

Autores

  • Renata Bernardo Andrade
  • Ana Claudia Sacramento

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n.esp1.out.2017.10450

Palavras-chave:

Educopédia. Ensino de geografia. TICs.

Resumo

A presente proposta de trabalho teve como objetivo analisar como a plataforma Educopédia, referente à disciplina Geografia, criada em 2010 pela Secretaria Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro, pode contribuir para efetivar uma educação geográfica dos estudantes do ensino fundamental. A plataforma é online, contém aulas digitais em que estudantes e professores podem acessar atividades autoexplicativas de qualquer lugar e a qualquer hora. O uso das novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) apresenta crescimento e pode ajudar o estudante a desenvolver sua capacidade cognitiva para pensar os conceitos, os conteúdos e fenômenos geográficos. Como metodologia qualitativa de pesquisa foi utilizada a análise de conteúdo, na qual foi desenvolvida a análise da página e dos conteúdos de geografia de forma geral descritos. Como resultados das análises preliminares, pode-se constatar a importância do uso da plataforma, a partir do momento que o professor desenvolva outras práticas e atividades de aprendizagem durante as aulas de Geografia.

Referências

ANDRÉ, M. E. D. A. Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Liberlivro, 2013.

BEHAR, P. A.; PASSERINO, L.; BERNARDI, M. Modelos pedagógicos para educação a distância: pressupostos teóricos para a construção de objetos de aprendizagem. RENOTE, v. 5, p. 25-38, 2007.

BELLONI, M. L. O que é mídia e educação. 2 ed. Campinas, v.29. n. 104.

BIZELLI, J. L. Inovação: limites e possibilidades para aprender na era do conhecimento. 1. ed. São Paulo: Editora Unesp/Cultura Acadêmica, 2013.

BIZELLI, J. L.; HEREDERO, E. S. Educação e inovação: o desafio da Escola Brasileira. Revista Tendéncias Pedagogicas (Universidad Autónoma de Madrid), v. 28, p. 55-66, 2016.

CASTELLAR, S. VILHENA, J. Um breve referencial teórico e a educação geográfica. In: Ensino de Geografia. 1ª ed. São Paulo, editora Cengage Learning, p.1-22, 2010.

CALADO, F. M. O ensino de geografia e o uso dos recursos didáticos e tecnológicos. Geo. Fort., v. 3, n. 5, p.12-20, jan-jun/2012.

DARIDO DA CUNHA, M.; BIZELLI, J. L. Caminhos para TIC em sala de aula sob a perspectiva dos professores. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v.20, n.2, p. 282-300, 2016.

GALVÃO, M. C. A; LEITE, L. S. Educopédia: uma experiência em construção. ABED, RJ – maio, 2011.

KENSKI, V. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. São Paulo, 2ª edição, 2007.

KENSKI, V. Novos processos de interação e comunicação no ensino mediado pelas tecnologias. In: Cadernos Pedagogia Universitária, USP, São Paulo: Pró-Reitora de Graduação, p. 1-22, 2008.

LEVY, P. A conexão planetária: o mercado, o ciberespaço, a consciência. São Paulo: Editora 34, 2004.

LIMA, L. G. R.; VELASQUEZ, F.; CORDEIRO, G. C. Contribuições da Educopédia para o processo de Ensino Aprendizagem. Art. Rio, v. 1, 2015, p. 1-12.

LORENZETTI, J; TRINDADE, L. L; PIRES, D. E. P; RAMOS, F. R. S. Tecnologia, inovação tecnológica e saúde: uma reflexão necessária. Texto contexto - enferm. [online]. 2012, vol.21, n.2 [cited 2016-06-15], p.432-439.

LUCENA, C.; FUKS, H. Professores e aprendizes na web: a educação na era da internet. In: SANTOS, N. (org) Rio de Janeiro: Clube do Futuro, 2000. Disponível em: http://groupware.les.inf.pucrio.br/public/papers/2001. Acesso em: 27 mar. 2015.

MORAES, R. Análise de conteúdo. Revista Educação, Porto Alegre, v. 22, n. 37, p. 7-32, 1999.

MUNHOZ, G. B. A aprendizagem da Geografia por meio da Informática Educativa. Dissertação defendida na Faculdade de Educação da USP. São Paulo: FEUSP, 2006.

NOGUEIRA, F. S.; SAMPAIO, F. F. Plataforma Educopédia: uma análise crítica do uso pedagógico de mídias digitais em seu ambiente. In: Anais do 18o. Workshop de Informática na Escola (WIE). Rio de Janeiro: NCE - UFRJ, s/p, 2012.

SANTOS, M. A Natureza do espaço – técnica e tempo, razão e emoção. SP, HUCITEC, 1996.

SANCHO, J. A tecnologia: um modo de transformar o mundo carregado de ambivalência. In: SANCHO, J. M. (Org.). Para uma tecnologia educacional. Porto Alegre: Artmed, 1998. p. 22-49.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO RJ; SECRETARIA DE NOVAS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS. Manual de metodologias digitais da Educopédia.

Downloads

Publicado

04/10/2017

Como Citar

Andrade, R. B., & Sacramento, A. C. (2017). Educopédia uma ferramenta para ensinar geografia. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 720–740. https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n.esp1.out.2017.10450