Educação comparada: desafios e possibilidades no campo metodológico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v25iesp.4.15929

Palavras-chave:

Educação comparada, Desafios, Possibilidades e contribuições, Trajetórias formativas

Resumo

A Revista On line de Política e Gestão Educacional, em seu número especial XX de novembro de 2021, apresenta um compilado de estudos de pesquisadores ligados ao Grupo de Pesquisa - Coletivo de Professores e Pesquisadores em Políticas Públicas (COPPE) da Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista – campus de Marília, bem como estudos de autores convidados que desenvolvem pesquisas na área educacional.

O COPPE vem, desde 2009, dedicando-se aos estudos voltados para a Educação Comparada e Internacional, seus desafios, possibilidades e contribuições. Em relação aos estudos comparativos em Educação, em termos de Brasil, observa-se que a maioria dos cursos de formação de professores não contempla a Educação Comparada em suas trajetórias formativas, mesmo não se constituindo um campo recente e contando com um acervo considerável de defensores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosimeire dos Santos, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP

Membro do Grupo de Pesquisa COPPE e do Grupo de Pesquisa Rede Internacional de Investigação em Altas Capacidades - REINEVA. Assessora Técnica da Secretaria Municipal da Educação de Assis. Doutorado em Educação Escolar (FCLAR).

Luciana Siqueira Rosseto Salotti, Faculdade de Tecnologia de Assis “Prof. Dr. José Luiz Guimarães” (FATEC), Assis – SP

Professora Doutora da FATEC - Assis. Membro do Grupo de Pesquisa COPPE. Doutorado em Linguística Aplicada aos Estudos da Linguagem (PUC).

Referências

BARROSO, J. Educação comparada: rotas de além-mar. Donaldo Bello de Souza, Silvia Alicia Martínez (Org.). São Paulo: Xamã, 2010.

BEREDAY, G. Z. F. Método comparado de educação. São Paulo: José de Sá Porto, 1972.

BONITATIBUS, S. G. Educação comparada: conceito, evolução, métodos. São Paulo: Edusp, 1989.

BRAY, M.; ADAMSON, B.; MASON, M. Pesquisa em educação comparada: abordagens e métodos. Brasília, DF: Liber Livro, 2015.

BRAY, M.; THOMAS, M. Levels of comparison in educational studies: different insights from different literatures and the value of multilevel analyses. Harvard Educational Review, v. 65, n. 3, p. 472-490, 1995.

CARVALHO, E. J. Estudos comparados em educação: novos enfoques teóricometodológicos. Acta Scientiarum Education, v. 36, n. 1, p. 129-141, 2014.

COOK, B. J.; HITE, S. J.; EPSTEIN, E. H. Discerning trends, contours, and boundaries in comparative education: A survey of comparativists and their literature. Comparative Education Review, v. 48, n. 2, p. 123-149, 2004.

FERREIRA, A. G. O sentido da Educação Comparada: uma compreensão sobre a construção de uma identidade. Educação, Porto Alegre, v. 31, n. 02, p. 124-138, maio/ago. 2009.

FRANCO, M. C. Quando nós somos o outro: questões teórico-metodológicas sobre os estudos comparados. Educação & Sociedade, ano XXI, n. 72, p.197-230, 2000.

LOURENÇO FILHO, M. B. Educação comparada. 3. ed. Brasília, DF: INEP/MEC, 2004.

MITTER, W. Educação comparada na Europa. In: COWEN, R.; KAZAMIAS, A. M.; ULTERHALTER, E. Educação comparada: panorama internacional e perspectivas. Brasília, DF: UNESCO/CAPES, 2012. v. 1.

NÓVOA, A. Modelos de análise em educação comparada: o campo e o mapa. In: SOUZA, D. B.; MARTÍNEZ, S. A. (org.). Educação comparada: rotas além mar. São Paulo: Xamã, 2010. p. 23-63.

UNESCO. COVID-19: como a Coalizão Global de Educação da UNESCO está lidando com a maior interrupção da aprendizagem da história. 2020. Disponível em: https://pt.unesco.org/news/covid-19-como-coalizao-global-educacao-da-unesco-esta-lidando-com-maior-interrupcao-da. Acesso em: 10 jun. 2021.

Publicado

08/12/2021

Como Citar

SANTOS, R. dos; SALOTTI, L. S. R. Educação comparada: desafios e possibilidades no campo metodológico. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 25, n. esp.4, p. 1874–1880, 2021. DOI: 10.22633/rpge.v25iesp.4.15929. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/15929. Acesso em: 22 jan. 2022.