Economia social/solidária: uma alternativa do sistema capitalista

Autores

  • Maria Cristina Meloni Guarido Mestre em Comunicação, Doutoranda em Educação, Diretora e Professora da Faculdade Corporativa Cespi – UNICESPI e Professora da Faculdade de Administração de Santa Cruz do Rio Pardo SP.
  • Reinéro Antonio Lérias Doutor em História Econômica, Professor Titular do Curso de Direito das Faculdades Integradas de Ourinhos e Professor Adjunto da FAFIJA/Jacarezinho PR

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v0i4.9148

Palavras-chave:

Economia, Capitalismo, Social, Solidária

Resumo

O presente artigo procurou trazer um pouco da história da Economia Social/Solidária, suas causas e conseqüências, pois, uma vez que a crítica marxista do capitalismo está centrada na análise das relações de produção, essas alternativas econômicas devem sustentar-se em modelos alternativos que adquiram caráter, que reflitam os interesses dos trabalhadores e que respondam às condições de viabilidades e perduração, visto tratar-se a economia social/solidária de uma ideologia que ganha força a cada dia no mundo todo e, que busca resgatar o papel social das ciências econômicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17/12/2007

Como Citar

GUARIDO, M. C. M.; LÉRIAS, R. A. Economia social/solidária: uma alternativa do sistema capitalista. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, n. 4, p. 45–60, 2007. DOI: 10.22633/rpge.v0i4.9148. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/9148. Acesso em: 13 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos