Alteridade e educação: um diálogo intersubjetivo pelo viés da diversidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30715/rbpe.v20.n1.2018.11273

Palavras-chave:

Alteridade, Educação, Diversidade sexual

Resumo

O presente ensaio, de alicerce hermenêutico, visa promover um diálogo com a diversidade sexual na educação, colocando como desafio a construção de uma cultura aberta às múltiplas linguagens e às diferenças, como forma de reduzir preconceitos, discriminações e aprender com a multiplicidade na escola. Alicerçados na filosofia de Emmanuel Lévinas, somos provocados a aprender com o outro, rumo à formação de uma inteligência coletiva que promova a vida e qualifique o saber social e diverso, indo além da repetição de identidades de gênero constituídas historicamente. A complexidade da tarefa implica reconhecer o outro por meio de ações que permitam sair do imobilismo preconceituoso, reconstruindo práticas pedagógicas que expressem a riqueza das identidades pelo diálogo cultural repensado com as possibilidades da diversidade e da pluralidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adilson Cristiano Habowski, Universidade La Salle/UNILASALLE

Mestrando em Educação na Universidade La Salle e bolsista CAPES. Membro do Núcleo de Pesquisas sobre Tecnologias na Educação - NETE/CNPq.

Elaine Conte, Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle - UNILASALLE

Doutora em Educação (UFRGS). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle - UNILASALLE, Canoas. Líder do Núcleo de Pesquisas sobre Tecnologias na Educação - NETE/CNPq.

Daniel Felipe Jacobi, Universidade La Salle/UNILASALLE

Membro do Núcleo de Pesquisas sobre Tecnologias na Educação - NETE/UNILASALLE/CNPq.

Referências

ARGENTI, Paula Camila.; MILANI, Débora Raquel da Costa. Educação sexual e docência: as relações de gênero, a diversidade e a sexualidade dentro da escola. Doxa: Rev. Bras. Psicol. Educ., Araraquara, v. 19, n. 2, p. 212-223, jul./dez. 2017.

DELORS, Jacques. Educação, um tesouro a descobrir: relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. Porto, Portugal: UNESCO, Edições Asa, 1998.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

GADAMER, Hans-Georg. Da palavra ao conceito: a tarefa da hermenêutica enquanto filosofia. In: ALMEIDA, Custódio Luís Silva de.; FLICKINGER, Hans-Georg.; ROHDEN, Luiz (orgs.). Hermenêutica filosófica: nas trilhas de Hans-Georg Gadamer. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000.

KUIAVA, Evaldo. Ética da Alteridade. In: TORRES, Carlos Brum João (Org). Manual de ética: questões de ótica teórica e aplicada. Petrópolis, RJ: Vozes; Caxias do Sul, RS: Universidade de Caxias do Sul; Rio de Janeiro: BNDES, 2014. p. 324-345.

LÉVINAS, Emmanuel. Totalidade e infinito. Trad. José Pinto Ribeiro. Lisboa: Edições 70, 1980.

LÉVINAS, Emmanuel. Humanismo do outro homem. Trad. Pergentino S. Pivatto. Petrópolis: Vozes, 1993.

LÉVINAS, Emmanuel. Entre nós: ensaios sobre a alteridade. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

LOURO, Guaciara Lopes (org.). O corpo educado: pedagogia da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica: 2001.

PIERONI, Vittorio.; FERMINO, Antonia.; CALIMAN, Geraldo. Pedagogia da alteridade. Para viajar a Cosmópolis. Brasília: Líber Livro, 2014.

REIMER, Richter Ivoni. Direitos Humanos: enfoques bíblicos, teológicos e filosóficos. São Leopoldo: Oikos, Goiânia: PUC, 2011.

Downloads

Publicado

16/01/2018

Como Citar

HABOWSKI, A. C.; CONTE, E.; JACOBI, D. F. Alteridade e educação: um diálogo intersubjetivo pelo viés da diversidade. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, Araraquara, v. 20, n. 1, p. 65–79, 2018. DOI: 10.30715/rbpe.v20.n1.2018.11273. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/doxa/article/view/11273. Acesso em: 28 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.