A inclusão que está nos quadrinhos: como os personagens podem divertir e ensinar sobre as pessoas com deficiência

Danielle da Silva Pinheiro Wellichan, Carla Cristine Tescaro Santos Lino

Resumo


A inclusão de pessoas com deficiência tem sido abordada pelos meios de comunicação sob diversas formas, uma delas é a história em quadrinho. Ora rejeitados, ora aceitos na educação, alguns personagens com deficiência têm sido inseridos e incluídos em histórias já conhecidas e aceitos pelos leitores de diversas idades. Mas será que podem auxiliar no processo de inclusão escolar e social? Acredita-se que sim, pois de forma lúdica, apresentam um universo a ser compreendido, respeitado e possível de ser vivenciado. Por meio de uma breve discussão sobre a temática, construída por materiais impressos e eletrônicos nacionais e internacionais, o presente texto apresenta o histórico dos quadrinhos na educação, e a abordagem da inclusão nas histórias em quadrinhos em seus diversos gêneros em uma leitura inclusiva. Percebe-se que ao olhar para os quadrinhos como um recurso didático e pedagógico há uma variedade de possibilidades a serem exploradas e aproveitadas que podem contribuir para realidades mais inclusivas em ambientes escolares e na sociedade em geral.


Palavras-chave


Inclusão escolar; História em quadrinhos; Personagens com deficiência; Deficiência; Leitura inclusiva.

Texto completo:

PDF

Referências


BIBE-LUYTEN, S. M.(Org). Histórias em Quadrinhos: Leitura Crítica. São Paulo: Edições Paulinas, 1989.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Lei de Diretrizes e Bases da Educação: Lei 9.394/96. 6. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC, 1997. 10 v.

CALAZANS, F. M. A. História em quadrinhos na escola. 2. ed. São Paulo: Paulus, 2005.

CALDEIRA, B.A.S.L.M. O uso pedagógico das histórias em quadrinhos no ensino de português para estrangeiros. In: Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos, 5., 2018, Escola de Comunicação e Artes, ECA-USP, SP. Anais... SP: ECA, 2018. p.1-11. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/anais2ajornada/anais5asjornadas/artigos.php?artigo=q_educacao/brizzida_caldeira.pdf&jornada=5 Acesso em: 3 jun. 2019.

CARBONARI, P. Um dia na vida de… uma pessoa com deficiência física. Ofensivas que elas passam no dia a dia delas e desenhamos para você. Super Interessante, Comportamento, publicado em: 28 set 2016. Disponível em:

https://super.abril.com.br/comportamento/um-dia-na-vida-de-uma-pessoa-com-deficiencia-fisica/ Acesso em: 21 jun. 2019.

DIONISIO, B. Amigos criam tirinha para falar sobre deficiência física e ser humano. Portal G1, 20/10/2012. Disponível em: http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2012/10/amigos-criam-tirinha-para-falar-sobre-deficiencia-fisica-e-ser-humano.html Acesso em: 20 maio 2019.

GARCIA, V. Histórias em quadrinhos ensinam como lidar com as diferenças. Deficiente Ciente – O blog da inclusão e cidadania. 26/05/2018. Disponível em: https://www.deficienteciente.com.br/historias-em-quadrinhos-ensinam-como-lidar-com-as-diferencas.html Acesso em: 30 maio 2019.

LOPES, L. Histórias em quadrinhos vivem bom momento no Brasil, diz docente: inclusão de histórias em quadrinhos no Prêmio Jabuti valoriza produção nacional, afirma professor da USP. Jornal da USP, 12/05/2017. Disponível em: https://jornal.usp.br/cultura/historias-em-quadrinhos-vivem-bom-momento-no-brasil-diz-docente/ Acesso em: 12 maio de 2019.

ONGARATTO, S. Distrofia muscular de Duchenne: Turma da Mônica ganha personagem com a doença. Revista Crescer, 27/03/2019. Disponível em: https://revistacrescer.globo.com/Voce-precisa-saber/noticia/2019/03/distrofia-muscular-de-duchenne-turma-da-monica-ganha-personagem-portador-da-doenca.html Acesso em: 2 jun. 2019.

REZENDE, L. A. de. Leitura e Formação de Leitores: Vivências Teórico Práticas. Londrina: Eduel, 2009.

SOUZA, B. Cartunista cria quadrinhos com personagens cadeirantes. Portal Viva Mulher, [s.d.]. Disponível em: https://vilamulher.com.br/familia/filhos/cartunista-cria-quadrinhos-com-personagens-cadeirantes-14759.html Acesso em: 4 maio 2019.

STRADA, S.A.C. Práticas inclusivas na escola por meio das histórias em quadrinhos. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE. Cadernos PDE, v.1. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_edespecial_uenp_selmaaparecidacapelinstrada.pdf Acesso em: 2 jun. 2019.

RAMOS, P. A leitura dos quadrinhos. São Paulo: Contexto, 2009.

TURMA DA MONICA WIKI. Hamyr. Portal da Comunidade Fandon Quadrinhos. [s.d.]. Disponível em: https://monica.fandom.com/pt-br/wiki/Hamyr Acesso em: 4 maio 2019.

VERGUEIRO, W.; RAMOS, P. Quadrinhos na educação: da rejeição à prática. São Paulo: Contexto, 2009.

VERGUEIRO, W. A linguagem dos quadrinhos: uma “alfabetização necessária. In: RAMA, A.; VERGUEIRO, W. (Org.). Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2005. p. 7-30.

WOUDA, J. Zeven Redenen om je kind strips te laten lezen. Publicado em: 25 ago. 2017. Disponível em: https://www.heutinkvoorthuis.nl/nl/7-redenen-om-je-kind-strips-te-laten-lezen/news/81/ Acesso em: 13 jun. 2019.

ZIRALDO. Autismo: uma realidade. Texto de Gustavo Luiz e arte de Miguel Mendes, Marco e Fábio Ferreira. Out. 2013. Disponível em: http://www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/cao_civel/cartilha-ziraldo-autismo-uma-realidade.pdf Acesso em: 10 abr. 2019.




DOI: https://doi.org/10.30715/doxa.v21i1.12693

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/

 

 

 

 

DOXA: Rev. Bras. Psicol. Educ., Araraquara, São Paulo, Brasil, e-ISSN: 2594-8385

DOI: 10.30715/doxa

Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.