Deficiência e sexualidade: uma análise bibliométrica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v14iesp.2.12124

Palavras-chave:

Educação especial, Pessoa com deficiência, Sexualidade, Educação sexual, Bibliometria.

Resumo

A vivência da sexualidade pelas pessoas com deficiência é um assunto que desperta interesse de pesquisadores e profissionais da educação especial. Esta pesquisa teve por objetivo investigar os artigos científicos que abordam a vivência da sexualidade pelas pessoas com deficiência. Foi realizado um estudo bibliométrico sobre a produção científica brasileira na temática. Do total de 20 artigos analisados, a maioria contém pesquisas qualitativas, descritivas e com entrevistas como instrumento de coleta de dados. O público mais investigado foram os educadores de alunos com deficiência e pessoas com deficiência física, com grandes discrepâncias entre as representações de ambos os grupos sobre a sexualidade das pessoas com deficiência, prevalecendo o preconceito e a desinformação. Ainda há muitos temas a serem abordados em futuras pesquisas, sendo interessante a realização de novos estudos e a construção de programas de educação sexual para alunos com deficiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlon Jose Gavlik Mendes, Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR/SP

Psicólogo pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO - 2013). Pós graduado em Psicologia Corporal, modalidade clínica, pelo Centro Reichiano (2014) e em Psicopedagogia pela Faculdade Centro Oeste do Paraná (2015). Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Atualmente é Doutorando em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) e membro do IMAGINAR, Grupo de pesquisas sobre imaginário, educação e formação de professores. Pesquisador nas áreas de Psicologia, Violência e Sexualidade.

Fátima Elisabeth Denari, Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), São Carlos - SP

Professora titular do Departamento de Psicologia.

Referências

AMADO, J. Manual de Investigação Qualitativa em Educação. Imprensa da Universidade de Coimbra/Coimbra University Press. 3ª edição. 2017.

AMARAL, L. A. Corpo desviante: olhar perplexo. Psicologia USP, v. 5, n. 1-2, p. 245-268, 1994.

AMARAL, L. A. Sobre crocodilos e avestruzes: falando de diferenças físicas, preconceitos e sua superação. In: Diferenças e preconceito na escola: alternativas teóricas e práticas, São Paulo. Summus. v. 5, p. 11-30; 1998.

BRASIL. Estatuto da pessoa com deficiência. Lei Brasileira de Inclusão. Lei nº 13.146 de 6 de julho de 2015. Presidência da República, Brasília, 2015.

CARLOS, K. P. T.; SANTOS, J. V. O.; ARAUJO, L. F. Representações Sociais da velhice LGBT: estudo comparativo entre universitários de Direito, Pedagogia e Psicologia. Psicogente, Barranquilla, v. 21, n. 40, p. 297-320, Dec. 2018.

DENARI, F. E. Adolescência, afetividade, sexualidade e deficiência intelectual: o direito ao ser/estar. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 5, n. 1, p. 44-52, 2010.

FOUCAULT, M. História da sexualidade I: A vontade de saber. Rio de Janeiro: Graal. Originalmente publicado em, 1976.

GESSER, M.; NUERNBERG, A. H. Psicologia, sexualidade e deficiência: Novas perspectivas em direitos humanos. Psicologia: ciência e profissão, v. 34, n. 4, p. 850-863, 2014.

GIAMI, A. O Anjo e a Fera: Sexualidade, Deficiência Mental, Instituição. Casa do Psicólogo, 2004.

GOFFMAN, E. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: Coletivo Sabotagem, 1988.

GOMES, N.; PAIVA, A.; AMARAL, S.; CASTRO, B. A Diversidade na Educação Inclusiva e a Sexualidade da Pessoa com Deficiência Visual. InterSciencePlace, v. 12, n. 3, 2017.

HAYASHI, C. R. M. Apontamentos sobre a coleta de dados em estudos bibliométricos e cientométricos. Filosofia e Educação – Volume 5, Número 2. 2013.

LEITE JÚNIOR. J. Das maravilhas e prodígios sexuais: a pornografia “bizarra” como entretenimento. São Paulo: Annablume. 2006.

MAFFESOLI, M. Entre o Bem e o Mal. Compêndio de Subversão Pós-Moderna. Lisboa: Instituto Piaget, 2002.

MAZZOTTA, M. J. S.; D'ANTINO M. E. F. Inclusão social de pessoas com deficiências e necessidades especiais: cultura, educação e lazer. Saúde e Sociedade, v. 20, p. 377-389; 2011.

MIRANDA, A. C. S. Gênero/Sexo/Sexualidade: Representações e Práticas Elaboradas por Professoras/es da Educação Infantil na Rede Municipal de Ensino em Salvador. 166 f. Mestrado em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo - Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2014.

OLIVEIRA, E. L. “Pô, tô vivo, véio!”: história de vida e sexualidade de pessoas com deficiências físicas. 2016. 191 f. Tese (Doutorado em Educação Especial) – Centro de Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2016.

OLIVEIRA, E. L.; CARDOSO, D. C.; DENARI, F. E. O corpo humano como alimento para a sexualidade. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, v. 19, n. 1, p. 67-79, 2017.

RIBEIRO, M. Educação sexual além da informação. São Paulo: EPU. 1990.

RUAS, T. L.; PEREIRA, L. Como construir indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação utilizando Web of Science, Derwent World Patent Index, Bibexcel e Pajek?. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 19, n. 3, p. 52-81, 2014.

SILVA, P. Y. F.; DIAS, J. C.; SANTOS, W. S.; KIAN, G. C.; RODRIGUES, L. B. A expressão da sexualidade em homens portadores de deficiência física adquirida. Revista Interfaces: Saúde, Humanas e Tecnologia, v. 2, n. 6, 2015.

SILVA, R. C. P. D.; NETO, J. M. Formação de professores e educadores para abordagem da educação sexual na escola: o que mostram as pesquisas. Ciência & Educação (Bauru). v. 12, n. 2, p. 185-197. 2006.

SIMÕES, J. “A gente que está aqui é diferente”: notas etnográficas sobre deficiência intelectual numa APAE do interior de São Paulo-BR. Teoria e Cultura, v. 11, n. 3, 2017.

VIEIRA, K. F. L.; COUTINHO, M. P. L.; SARAIVA, E. R. A. A sexualidade na velhice: representações sociais de idosos frequentadores de um grupo de convivência. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 36, n. 1, p. 196-209, 2016.

Publicado

10/07/2020

Como Citar

MENDES, M. J. G.; DENARI, F. E. Deficiência e sexualidade: uma análise bibliométrica. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. esp.2, p. 1357–1374, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v14iesp.2.12124. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/12124. Acesso em: 16 jun. 2021.