Arte e educação: o teatro como recurso metodológico no trabalho pedagógico na alfabetização

Marta Silene Ferreira Barros, Jaqueline Delgado Paschoal, Ana Letícia Ferreira, Priscila Cordeiro Soares Barros

Resumo


O presente estudo objetiva-se discutir a importância do teatro e sua relação com a educação no sentido de considerar os benefícios que esta linguagem  pode proporcionar para o trabalho pedagógico na sala de aula, pensado como um elemento  metodológico na prática de letrar e alfabetizar, enfatizando sua contribuição ao processo alfabetizador visando o desenvolvimento integral da criança. Esta temática se insere na discussão atual sobre a especificidade das artes cênicas especialmente o teatro como recurso que necessita ser visto de forma sistemática, e, reconhecido como um campo científico com intencionalidade na formação da criança pequena no processo de alfabetização. A questão chave que envolve a análise é a seguinte: Qual relação existe entre a arte e educação e como o teatro pode ser considerado como um subsídio relevante e intencional na prática do professor no processo de educação da criança na alfabetização? Trata-se de uma pesquisa qualitativa com fundamento na abordagem crítico dialética que propõe uma possibilidade metodológica diferenciada de ensino, para dinamizar a prática em sala de aula, pensando o teatro como recurso diferenciado na alfabetização e letramento, nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Busca-se com esse estudo contribuir para que os profissionais das artes Cênicas e da Pedagogia, tenham um novo olhar para o Teatro na práxis pedagógica.

Palavras-chave


Educação; Artes Cênicas; Teatro; Alfabetização; Letramento.

Texto completo:

PDF PDF (Español (España)) XML

Referências


ARCOVERDE, Silmara Lídia Moraes. A importância do teatro na formação da criança. In: Anais do VIII Congresso Nacional de Educação da PUCPR–EDUCERE, Curitiba–Paraná/PR. 2008.

BANDOCH, Adriana Rodrigues Vieira. A inserção do teatro nas séries iniciais do ensino fundamental. 2012. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2012.

Brasil escola- A criança e o teatro na escola. Disponível em: www.brasilescola.uol.com.br. Acesso em: 28/04/ 2019.

BRASIL. Portal do MEC- Censo do Professor. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/plano-nacional-de-formacao-de-professores/censo-do-professor. Acesso em 25/04/2019.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais : arte / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. LDB. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Disponível em: http://portal.mec.gov.br. Acesso em 28/04/2019.

Centro Brasileiro de Teatro Infanto Juvenil. Disponível em: >http://cbtij.org.br/<. Acesso em: 28/04/ 2019.

MARTINS, Onilza Borges; MOSER, Alvino. Conceito de mediação em Vygotsky, Leontiev e Wertsch. Revista Intersaberes, v. 7, n. 13, p. 8-28, 2012.

MOURA, Carolina Castanheda. O Teatro infantil na década de 1980- Um olhar para o universo infanto-juvenil. USP, 2005.

REVERBEL, Olga. Um caminho do Teatro na Escola. São Paulo:Editora Scipione, 1997.

SOARES, Magda. Letramento e Alfabetização: As Muitas Facetas, Universidade Federal de Minas Gerais, Centro de alfabetização, Leitura e Escrita, Revista Brasileira de Educação, outubro de 2003.

VIGOTSKI, Lev S. Imaginação e criação na infância. São Paulo: Ática, 1930, 2009.

VIGOTSKI, Lev Semenovitch. Pensamento e Linguagem. Trad. Jefferson Luiz Camargo. 4° ed.- São Paulo: Martins Fontes, 2008.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v14i3.12491



Direitos autorais 2019 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.