Bartolomeu de Las Casas

A arte da oratória e a educação pelo exemplo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v17i2.14600

Palavras-chave:

Bartolomeu de Las Casas, Mestre pregador, Nativo, Educação pelo exemplo

Resumo

O processo de conquista e de colonização da América, ocorrido entre os finais do século XV e o início do século XVI, foi marcado por conflitos entre o Velho e o Novo Mundo. Em meio às tensões, com a importante participação de Bartolomeu de Las Casas, buscava-se equalizar um modo educativo para conduzir a suposta civilização do nativo americano e sua catequização. Na proposta desse frei dominicano, o mestre pregador seria o responsável direto pelo processo de cristianização/formação, devendo, para desempenhar sua função, ter características bem específicas: boa oratória, vida exemplar, mansidão, amor e doçura. Em seu livro Único modo de atrair todos os povos à verdadeira religião (1942), Las Casas elaborou uma espécie de manual com orientações pedagógicas para os freis da Ordem de São Domingos, fundamentando-se na concepção de que o nativo tinha racionalidade e, portanto, poderia ser cristianizado por meios pacíficos, o que era incompatível com as ações dos colonizadores. Neste artigo, o objetivo é analisar o modo como Las Casas entendia o trabalho do mestre pregador e as características que ele considerava necessárias para que este pudesse atender às novas necessidades, sobretudo, as da cristianização/formação e submissão do nativo americano naquele momento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Christina Aparecida dos Santos, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá – PR – Brasil

Professora no Departamento de Ciências. Doutora em Educação.

José Joaquim Pereira Melo, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá – PR – Brasil

Professor no Departamento de Fundamento da Educação e do Programa Pós-Graduação em Educação. Doutorado em História

Referências

AGOSTINHO. Da doutrina cristão: Manual da exegese e formação cristã. São Paulo: Paulus, 2002.

AQUINO, T. Suma Contra os Gentios. Porto Alegre: Escola Superior de Teologia São Lourenço de Brindes; Caxias do Sul: Universidade de Caxias do Sul, 1990.

BORGES, P. Métodos de persuasion. In: BORGES, P. (org.). Historia de la Iglesia en Hispanoamérica y Filipinas (Siglos XV-XIX). Madrid: BAC, 1992.

BORGES, P. Métodos misionáles en la cristianización en América – siglo XVI. Madrid: Missionalia Hispanica, 1960.

FERNÁNDEZ, R. O. La música secreta del ritmo Cicerón, Quintiliano y J. S. Bach. 2018. Tesis (Doctoral) - Universidad Complutense de Madrid, Departamento de Musicología, Madrid, 2018.

LAS CASAS, B. Único modo de atrair todos os povos à verdadeira religião. Obras Completas. Tradução: Noelia Gigli; Hélio Lucas. São Paulo: Paulus, 2005.

MELO, M. C. S. A complementaridade entre filosofia e teologia no pensamento de Tomás de Aquino. Revista Ideação, v. 1, n. 40, p. 73-88, 2019. Disponível em: http://periodicos.uefs.br/index.php/revistaideacao/article/view/4419. Acesso em: 10 out. 2021.

MORENO, R-J. Q. El pensamiento filosófico-político de Bartolomeu de las Casas. Sevilha: Escuela de estudos hispano-americanos de Sevilla, 1976.

PEREIRA MELO, J. J.; FERNANDES GOMES, R. W. A educação Franciscana na América: o caso mexicano. In: TOLEDO, C. A. A.; RIBAS, M. A. A. B.; SKALINSKI JUNIOR, O. (org.). Origens da educação escolar no Brasil Colonial. Maringá: Eduem, 2012.

PERENCINI, T. B. Notas sobre a relação eloquência-sabedoria no livro IV do De Doctrina Christiana de Agostinho. Revista Em Curso, São Carlos: v. 1, n. 1, p. 88-95, 2014. Disponível em: https://www.emcurso.ufscar.br/index.php/emcurso/article/view/8. Acesso em: 12 abr. 2021.

SARANYANA, J-I. Métodos de catequización. In: BORGES, P. (org.). Historia de la Iglesia en Hispanoamérica y Filipinas (Siglos XV-XIX). Madrid: BAC, 1992. p. 549-572.

Publicado

01/04/2022

Como Citar

SANTOS, C. A. dos; MELO, J. J. P. Bartolomeu de Las Casas: A arte da oratória e a educação pelo exemplo. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. 2, p. 1148–1161, 2022. DOI: 10.21723/riaee.v17i2.14600. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/14600. Acesso em: 19 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos