Relações intergovernamentais na implementação do Programa Brasil Profissionalizado

O caso da Bahia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v17iesp.3.16695

Palavras-chave:

Federalismo, Implementação de políticas públicas, Relações intergovernamentais, Programa Brasil Profissionalizado

Resumo

Objetiva analisar a implementação do Programa Brasil Profissionalizado e problematizar o papel das relações intergovernamentais para sua concretização a partir do estudo de caso no Estado da Bahia (2007-2020). Por meio de análise documental, buscou-se compreender de que modo a cooperação entre os entes federados, influenciou na implementação do referido programa. Para tanto, utilizou-se as contribuições teóricas de Leonardo Secchi sobre o ciclo de políticas, Gabriela Lotta sobre a implementação de políticas, Sônia Draibe sobre os subprocessos de implementação e Marta Arretche acerca da influência das relações intergovernamentais na implementação de programas. Os resultados evidenciam os entraves entre formuladores e implementadores do programa, e a importância da função de assistência técnica da União. Considera-se que o processo de implementação do PBP no Estado da Bahia teve obstáculos tanto no nível federal quanto no nível estadual, com traços marcantes de ausência de mecanismos de cooperação entre os entes federados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michele Pazolini, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória – ES – Brasil

Doutoranda em Educação. Bolsista CAPES.

Gilda Cardoso de Araujo, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória – ES – Brasil

Professora Associada. Doutorado em Educação (USP). Estágio de pós-doutorado na Generalitat da Catalunya (Barcelona-Espanha).

Referências

ANDERSON, G. Federalismo: Uma introdução. Rio de Janeiro: FGV; Idesp, 2009.

ARRETCHE, M. T. S. Uma contribuição para fazermos avaliações menos ingênuas. In: BARREIRA; M. C. R N.; CARVALHO, M. C. B. (org.). Tendências e Perspectivas na Avaliação de Políticas Públicas e Programas Sociais. São Paulo: IEE/PUC -SP; Cenpec, 2001.

BERNARDES, A. G.; GUARESCHI, N. Estratégias de produção de si e a humanização no SUS. Psicol. cienc. prof., Brasília, v. 27, n. 3, p. 462-475, set. 2007. Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932007000300008&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 28 mar. 2022.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em: 10 mar. 2022.

BRASIL, Decreto n. 6.302, de 12 de dezembro de 2007. Institui o Programa Brasil Profissionalizado. Brasília, DF: Presidência da República, 2007a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6302.htm. Acesso em 10 mar. 2022.

BRASIL. Decreto n. 6.094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre a implementação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, pela União Federal, em regime de colaboração com Municípios, Distrito Federal e Estados. Brasília, DF: Presidência da República, 2007b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6094.htm. Acesso em: 10 mar. 2022.

BRASIL. Programa Brasil Profissionalizado: Convênio entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE e a Secretaria Estadual de Educação da Bahia, nº 657621/2009. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2009a. (Não publicado).

BRASIL. Programa Brasil Profissionalizado: Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Processo nº 23400.004954/2009. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2009b. (Não publicado).

BRASIL. Plataforma Integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação (e-SIC). Manifestação nº 23480.013744/2020-96. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2020. (Não publicado).

DRAIBE, S. M. Avaliação de implementação: Esboço de uma metodologia de trabalho em políticas públicas. In: BARREIRA; M. C. R. N.; CARVALHO, M. C. B. (org.). Tendências e Perspectivas na Avaliação de Políticas Públicas e Programas Sociais. São Paulo: IEE/PUC -SP; Cenpec, 2001.

FARIA, C. A. P. Implementação de políticas públicas: Teoria e prática. Belo Horizonte: PUC Minas, 2012.

FNDE. Resolução n. 19, de 24 de abril de 2009. Define regras e estabelece o cronograma de prazos para apresentação de propostas de atos normativos e projetos que visem à implementação de programas e ações a serem financiados com recursos de dotação alocada no orçamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE. Brasília, DF: Presidente do Conselho Deliberativo do FNDE, 2009. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/index.php/acesso-a-informacao/institucional/legislacao/item/3313-resolução-cd-fnde-nº-19-de-24-de-abril-de-2009. Acesso em: 08 set. 2022.

FREY, K. Políticas Públicas: Um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e Políticas Públicas, Brasília, v. 21, n. 0, p. 2011-259, jun. 2000. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/ppp/index.php/PPP/article/view/89. Acesso em: 12 jan. 2022.

KINGDON, J. W. Agendas, Alternatives, and Public Policies. 2. ed. Londres: Harper Collins College Publishers, 1997.

LASSANCE, A. O Que é uma Política e o Que é um Programa: Uma pergunta simples e até hoje sem resposta clara. Boletim de análise político-institucional, n. 27, p. 59-68, 2021. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/boletim_analise_politico/210322_bapi_27_artigo_07.pdf. Acesso em: 27 mar. 2022.

LEVANTAMENTO do IBGE estima população atual da Bahia em quase 15 milhões de habitantes. G1 BA, 2021. Disponível em: https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2021/08/27/levantamento-do-ibge-estima-populacao-atual-da-bahia-em-quase-15-milhoes-de-habitantes.ghtml. Acesso em: 28 mar. 2022.

LIMA, L. L.; D'ASCENZI, L. Implementação de políticas públicas: perspectivas analíticas. Revista de sociologia e política, v. 21, n. 48, p. 101-110, dez. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rsocp/a/zpwj63WjFbZYVkSXgnXDSjz/?lang=pt. Acesso em: 02 mar. 2022.

LOTTA. G. Teorias e Análises sobre a implementação de políticas públicas no Brasil. Brasília, DF: ENAP, 2019. Disponível em: https://repositorio.enap.gov.br/bitstream/1/4162/1/Livro_Teorias%20e%20An%C3%A1lises%20sobre%20Implementa%C3%A7%C3%A3o%20de%20Pol%C3%ADticas%20P%C3%BAblicas%20no%20Brasil.pdf. Acesso em: 10 mar. 2022.

NOVATO, V. O. L.; NAJBERG, E.; LOTTA, G. S. O burocrata de médio escalão na implementação de políticas públicas. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 54, n. 3, p. 416-432, maio/jun. 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rap/a/h7h7TSdQ8pYpMxhnJ9gxbkt/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 04 abr. 2022.

PAZOLINI, M. O direito à educação na Região Metropolitana da Grande Vitória/ES: Análise da participação da União na oferta do ensino médio. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufes.br/handle/10/8622. Acesso em: 05 jun. 2022.

PRESSMAN, J.; WILDAVSKY, A. Implementation. Berkeley: University of California Press, 1973.

SABATIER, P. Uma estrutura de coalizão de advocacia de mudança de políticas e o papel da aprendizagem orientada para políticas nela. Policy Sciences, v. 21, p. 129-168, jun. 1988. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/bf00136406. Acesso em: 21 mar. 2022.

SÁ-SILVA, J. R.; ALMEIDA, D.; GUINDANI, J. F. Pesquisa documental: Pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, v. 1, n. 1, p. 1-15, jul. 2009. Disponível em: https://periodicos.furg.br/rbhcs/article/view/10351. Acesso em: 10 abr. 2022.

SECCHI, L. Políticas Públicas: Conceitos, esquemas de análise, casos práticos. São Paulo: Cengage Learning, 2010.

SEGATTO, C. Análise da implementação de políticas públicas: O Programa de Alfabetização na Idade Certa em dois municípios cearenses Temas de Administração Pública, v. 4, n. 7, p. 1-16, 2012. Disponível em: https://www.fclar.unesp.br/Home/Departamentos/AdministracaoPublica/RevistaTemasdeAdministracaoPublica/catarinasegatto.pdf. Acesso em: 20 mar. 2022.

SILVA, C. F. O Programa Brasil Profissionalizado em cena: O Estado de Alagoas como palco. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2014. Disponível em: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/6490. Acesso em: 15 mar. 2022.

SILVA, F. N. Ensino Médio integrado à Educação Profissional: A implementação do Programa Brasil Profissionalizado em Mossoró/RN. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Natal, 2016. Disponível em: https://memoria.ifrn.edu.br/bitstream/handle/1044/845/Francisca%20Nat%C3%A1lia%20da%20Silva_%2024%20de%20junho.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 15 mar. 2022.

Publicado

30/11/2022

Como Citar

PAZOLINI, M.; ARAUJO, G. C. de. Relações intergovernamentais na implementação do Programa Brasil Profissionalizado: O caso da Bahia . Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. n. esp. 3, p. 2139–2157, 2022. DOI: 10.21723/riaee.v17iesp.3.16695. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/16695. Acesso em: 29 jan. 2023.