Contribuições para compreender o que é desenvolver o racicínio lógico dos alunos: estudo do livro <i>Alice no país das maravilhas</i>

Autores

  • Denise Vilela
  • Deizieli Dorta

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v4i2.2771

Resumo

O presente texto tem o intuito de explicitar princípios e regras da Lógica Clássica no contexto de uma obra clássica da literatura infantil, Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll. A obra analisada nos permite desenvolver uma compreensão crítica a respeito de objetivo freqüentes do ensino de matemática e orientações pedagógicas que frisam a importância de “desenvolver o raciocínio lógico”, inclusive o PCN Matemática das séries iniciais. Trata-se de um estudo de filosofia da lógica, no âmbito da Educação Matemática. A ênfase aqui será nos princípios da lógica Clássica, sobretudo no Princípio da Identidade, já que a matemática se estrutura e desenvolve-se tendo como base nesta lógica. A obra de Carroll em análise possui tanto uma grande riqueza de apelos lógicos como também de coisas sem lógica e fantásticas que incita a criatividade e fantasia através das aventuras de Alice no universo maravilhoso da imaginação, do sonho e da infância. Essa abertura propicia abordar um conceito de infância e de Educação que preza pelo desenvolvimento integral da criança, no que diz respeito a aspectos intelectual e emocional.

Downloads

Publicado

10/06/2010

Como Citar

VILELA, D.; DORTA, D. Contribuições para compreender o que é desenvolver o racicínio lógico dos alunos: estudo do livro &lt;i&gt;Alice no país das maravilhas&lt;/i&gt;. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 4, n. 2, p. 174–184, 2010. DOI: 10.21723/riaee.v4i2.2771. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/2771. Acesso em: 25 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos