Inclusão escolar com apoio: uma análise do serviço do ensino itinerante brasileiro

Autores

  • Maria Helena Bimbatti Moreira
  • Maria Júlia Canazza Dall'acqua

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v5i3.3702

Resumo

Investigou-se o processo de inclusão nos espaços da escola comum, acompanhando a atuação de uma professora do ensino itinerante (serviço de apoio pedagógico especializado), modalidade de serviço em Educação Especial, como ponto de apoio à proposta pedagógica da escola. Objetivos: identificar, descrever e analisar a atuação da professora do ensino itinerante em uma escola do ensino comum, com alunos inseridos e seus professores, analisar a percepção de duas professoras do ensino comum sobre o processo de inserção de alunos com necessidades educacionais especiais em suas classes; averiguar as atribuições e responsabilidades da professora do ensino itinerante por meio de um estudo exploratório com abordagem qualitativa. Participantes: uma professora do ensino itinerante, duas professoras do ensino comum e dois alunos com necessidades educacionais especiais inseridos no ensino comum. Foram realizadas observações semanais na escola num período de seis meses, entrevistas semi-estruturadas com as professoras e análise documental. Os resultados mostraram diferentes facetas do serviço itinerante na intersecção com o ensino comum, entre elas pode se destacar que atua como um sistema paralelo na escola comum, gerando um hiato entre ambos o que pode comprometer ou desfavorecer a dinâmica de realização do serviço de apoio, mas esta “lacuna” é superada nos momentos críticos enfrentados pelo ensino comum, nos quais este serviço beneficia a aprendizagem da criança e favorece seu processo inclusivo no ensino comum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MOREIRA, M. H. B.; DALL’ACQUA, M. J. C. Inclusão escolar com apoio: uma análise do serviço do ensino itinerante brasileiro. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 5, n. 3, p. 249–261, 2011. DOI: 10.21723/riaee.v5i3.3702. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/3702. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos