Educação corporativa e inclusão digital no cenário da administração pública

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n.esp3.2017.11603

Palavras-chave:

Educação Corporativa, Inclusão digital, TIC, Administração pública.

Resumo

O presente ensaio tem como ideia central a Educação Corporativa para a promoção da inclusão digital no cenário da Administração Pública. A educação corporativa nasce como aperfeiçoamento do treinamento tradicional, visando a formação continuada do corpo de colaboradores da empresa. A inclusão digital e as tecnologias estão intimamente relacionadas, sendo importantes tanto para a organização como para o colaborador. A metodologia adota pelos autores foi de pesquisa bibliográfica. Embora o setor público disponha de diversas tecnologias, ainda muitos colaboradores não sabem utilizá-la, de forma que este setor possui muito a desenvolver com relação à educação corporativa, tecnologias de informação e comunicação, e inclusão digital propriamente dita.

Biografia do Autor

Elieti Cadamuro Guedes, Universidade de Bauru (Unesp) Receita Federal do Brasil

Tecnólogo em Processamento de Dados Universidade de Bauru (1988). Analista Tributário da Receita Federal do Brasil - Carreira Tributária e Aduaneira da Receita Federal do Brasil, Analista no Setor de Fiscalização, Representante da Educação Fiscal na Delegacia, Representante do NAF (Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal) na Delegacia da Receita Federal do Brasil em Bauru.

Julio Cesar Tomasi Cruz, Faculdade de Tecnologia de Praia Grande

Atualmente cursa o 5º semestre do curso Tecnologia em Gestão Empresarial pela FATEC - Praia Grande. Estagiário na Diretoria de Serviços da ETEC - Praia Grande.

Referências

ALBERTIN, Alberto Luiz; BRAUER, Marcus. Resistência à educação a distância na educação corporativa. Revista de Administração Pública, v. 46, n. 5, p.1367-1389, out., 2012. FapUNIFESP (SciELO). DOI: 10.1590/s0034-76122012000500009.

ANDRADE, Patrícia Roberta Paes de. Educação Profissional Na Administração Pública: desenvolvendo competências para atender às demandas da sociedade brasileira. 2012. 207 f. Dissertação (Mestrado em Administração Pública), Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/10555/Dissertacao_mestrado_Patricia_Andrade_versao_final_completa%5B1%5D.pdf. Acesso em: 13 set. 2017.

ARAUJO, Antônio de Pádua. Competências profissionais e educação corporativa em gestão de pessoas: um estudo empírico. 2011. 323 f. Tese (Doutorado em Administração, Departamento de Administração), Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-08112011-171316/pt-br.php. Acesso em: 12 set. 2017.

BAPTISTA, Sofia Galvão. A inclusão digital: programas governamentais e o profissional da informação – reflexões. Inclusão Social, Brasília, v. 1, n. 2, p. 23-30, abr. 2006. Disponível em: http://revista.ibict.br/inclusao/article/view/1515/1714. Acesso em: 13 set. 2017.

BRASIL. TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Política pública de inclusão digital. 2015. SeinfraAeroTelecom. Disponível em: https://portal.tcu.gov.br/biblioteca-digital/politica-publica-de-inclusao-digital.htm. Acesso em: 27 set. 2017.

BRASIL. Educação Corporativa. Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Disponível em: http://www.mdic.gov.br/legislacao/9-assuntos/categ-comercio-exterior/602-educacao-corporativa. Acesso em: 10 set. 2017.

CARNEIRO, Gracione Batista.; SILVA, Jonathas Luiz Carvalho. Políticas públicas de inclusão digital no contexto da educação escolar como fator de acesso a informação. 2012. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/moci/article/viewFile/2176/1350. Acesso em: 29 set. 2017.

CUNHA, Maria Alexandra Viegas Cortez da.; MIRANDA, Paulo Roberto de Mello. O uso de TIC pelos governos: uma proposta de agenda de pesquisa a partir da produção acadêmica e da prática nacional. Organ. Soc., Salvador, v. 20, n. 66, p. 543-566, set., 2013.

SANTOS CRUZ, José Anderson.; BIZELLI, José Luiz. Sociedade, Tecnologias e Educação: as Tecnologias da Informação e Comunicação e o pensar da sociedade concreta. Cadernos de Educação, Tecnologia e Sociedade, v. 5, p. 258-266, 29 abr., 2014. Science and Education Research Council (COPEC). DOI: 10.14571/cets.v5.258-266.

SANTOS CRUZ, José Anderson et al. A utilização do e-learning como ferramenta na educação corporativa. Anais... Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 40., 2017, Curitiba. Curitiba: Intercom, 2017. p. 1-10. Disponível em: http://portalintercom.org.br/anais/nacional2017/resumos/R12-0137-1.pdf. Acesso em: 10 set. 2017.

EBOLI, Marisa. Educação corporativa e desenvolvimento de competências. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/1846119/mod_resource/content/1/Aula%2010%20-%20Educa%C3%A7%C3%A3o%20corporativa%20e%20desenvolvimento%20de%20compet%C3%AAncias%20-%20EBOLI%2C%20Marisa.pdf. Acesso em: 10 ago. 2017.

EBOLI, Marisa. Educação corporativa no Brasil: evolução, conceitos e papéis. In: CASARINI, Fabiana Gradela.; BAUMGARTNER, Marcos (Org.). Educação Corporativa: da teoria à prática. São Paulo: Senac São Paulo, 2012. p. 27-42.

EBOLI, Marisa. Educação Corporativa no Brasil: da prática à teoria. Disponível em: http://www.anpad.org.br/admin/pdf/enanpad2004-grt-1816.pdf. Acesso em: 10 jul. 2017.

EBOLI, Marisa. Fundamentos, princípios e práticas da educação corporativa. In: EBOLI, Marisa (Org.). Educação Corporativa: muitos olhares. São Paulo: Atlas, 2014. p. 14-27.

RICARDO, Eleonora Jorge. Educação corporativa e aprendizagem: as práticas pedagógicas na era do conhecimento. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2012. 120 p.

SÁ, Eliana Maria de Oliveira.; COSTA, Cleide Jane de Sá Araújo. Aplicação de recursos das tecnologias da informação e comunicação na educação corporativa. Ledapeci, Ano III, v. 8, n. 8, ago., 2011.

Downloads

Publicado

01/12/2017

Como Citar

Guedes, E. C., & Cruz, J. C. T. (2017). Educação corporativa e inclusão digital no cenário da administração pública. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 1736–1748. https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n.esp3.2017.11603