PAR

Um instrumento da reforma do aparelho do Estado na área da Educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v28i00.18018

Palavras-chave:

Plano de Ações Articuladas, PAR, Reforma do Aparelho do Estado, PNE, Gestão da Educação

Resumo

O texto mapeou a produção científica sobre o PAR e seus resultados, entre 2008 a 2021. O PAR é um instrumento de gestão criado em 2007 para dar conta da implementação do PDE. A amostra foi de 56 publicações. Como método, utilizou-se a análise documental estratificada, que revelassem os propósitos previstos pelo instrumento de gestão do MEC. Constatou-se uma média de quatro artigos por ano, sendo o maior número no estrato A1. Encontraram-se críticas e pontos positivos ao PAR. A crítica predominante tende a desconsiderar as especificidades locais. Duas constatações foram mais frequentes: i) sobre o desafio na efetivação da gestão democrática; ii) que os municípios tendem a assumir a gestão com características dos modelos gerencial, democrático-participativo ou uma síntese de ambos, a depender dos interesses e da cultura organizacional do contexto. Como aspecto positivo, verifica-se que as transferências intergovernamentais auxiliam no equilíbrio dos gastos ao nível local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Magna Lenise Flores da Mota Ayres , Universidade Estadual de Montes Claros

Professora Ensino Superior, Ciências Contábeis.

Regina Gomes dos Santos, Universidade Estadual de Montes Claros

Professora Ensino Superior, Ciências Contábeis. Bolsista da Fapemig.

Remi Castioni , Universidade de Brasília

Professor Titular – PGE.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. Brasília, DF: Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituição/Constituição. Acesso em: 10 ago. 2022.

BRASIL. Decreto nº 6094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre a implementação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, pela União Federal, em regime de colaboração com Municípios, Distrito Federal e Estados, e a participação das famílias e da comunidade, mediante programas e ações de assistência técnica e financeira, visando à mobilização social pela melhoria da qualidade da educação básica. Brasília, DF: Diário Oficial da União, 2007. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-. Acesso em: 10 ago. 2022.

BRASIL. O Plano de Desenvolvimento da Educação: Razões, Princípios e Programas. Brasília, DF: MEC, 2010. Disponível em: www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br. Acesso em: 10 ago. 2022.

BRESSER-PEREIRA, L. C. Da administração pública burocrática à gerencial. RSP-Revista do Serviço Público, Brasília, DF, v. 47, n. 1, jan./abr. 1996. DOI:

https://doi.org/10.21874/rsp.v47i1.702.

CAMPELO, G. S. B. Administração pública no Brasil: ciclos entre patrimonialismo, burocracia e gerencialismo, uma simbiose de modelos. Ciência & Trópico, Recife, v. 34, n. 2, p. 297-324, 2010. Disponível em: https://periodicos.fundaj.gov.br/CIC/article/view/871. Acesso em: 05 out. 2022.

DUARTE, M. R. T.; JUNQUEIRA, D. S. A propagação de novos modos de regulação no sistema educacional brasileiro: o Plano de Ações Articuladas e as relações entre as escolas e a União. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 24, n. 2, p. 165-193, maio/ago. 2013. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8642634. Acesso em: 05 out. 2022.

FNDE. Plano de Ações Articuladas – PAR: Caderno de estudos. Programa Nacional de Formação Continuada a Distância nas Ações do FNDE. Assessoria de Educação Corporativa. 1. ed. Brasília, DF: MEC/FNDE, 2019.

OLIVEIRA, C. B. A Emenda Constitucional nº 19 - Algumas anotações sobre as mudanças no desempenho da função administrativa do Estado. Rev. Direito, Rio de Janeiro, v. 2, n. 4, jul./dez. 1998.

SANTOS, R. G. Gestão Financeira: o uso dos recursos do programa dinheiro direto na escola -PDDE. In: CASTIONI, R. (org.). Casos de políticas de educação: como discutir a teoria na prática. Uberlândia, MG: Culturatrix, 2023.

SILVA, M. S. P.; CARVALHO, L. S. Faces do gerencialismo em educação no contexto da nova gestão pública. Revista Educação em Questão, Natal, v. 50, n. 36, p. 211-239, set./dez. 2014. DOI: 10.21680/1981-1802.2014v50n36ID7085.

Publicado

22/01/2024

Como Citar

AYRES , M. L. F. da M.; SANTOS, R. G. dos; CASTIONI , R. PAR: Um instrumento da reforma do aparelho do Estado na área da Educação. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 28, n. 00, p. e023004, 2024. DOI: 10.22633/rpge.v28i00.18018. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/18018. Acesso em: 23 abr. 2024.