A Escola Nova Alemã de Blumenau e o seu Programa de Português

Jose Marcelo Freitas de Luna

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa historiográfica sobre a Escola Nova Alemã de Blumenau, tendo como foco a constituição e o desenvolvimento do seu programa de português para imigrantes e descendentes de alemães em Santa Catarina. O material informativo caracteriza-se por fontes primárias, coletadas no Brasil e na Europa, como: livros didáticos, currículos e programas escolares, relatórios, artigos de periódicos e de jornais, dispositivos legais, documentos governamentais, bem como depoimentos de ex-alunos da Escola. A descrição da estrutura curricular da Escola Alemã permite-nos afirmar que atividades de ensino de português para falantes de outras línguas podem ser encontradas no sistema escolar teuto-brasileiro, ao contrário do que afirmaram os governos da época, responsáveis pelas campanhas de nacionalização do ensino. A descrição dos programas de Português da Escola Alemã também nos permite tecer comentários em torno dos princípios teóricos subjacentes à abordagem utilizada.


Palavras-chave


Historiografia; Português; Imigrantes;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i7.9257



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.