O retorno do investimento em educação: cálculo e questões metodológicas

Beatrice Laura Carnielli

Resumo


O artigo aborda as diversas tentativas de dimensionar o retorno do dispêndio privado em educação utilizando, principalmente, a equação desenvolvida por Mincer. Ainda que os resultados alcançados com a aplicação da equação sejam favoráveis à educação, questões metodológicas ligadas à seleção das variáveis empregadas influenciam os resultados alcançados. Após uma revisão dos estudos realizados sobre a temática na Brasil, na última década, o artigo enfoca alguns resultados internacionais, a partir da pesquisa realizada por Psacharopoulos e Patrinos

Palavras-chave


investimento em educação; custos da educação; Teoria do Capital Humano

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i10.9302



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.