A estreita relação entre a comunicação efetiva e a gestão democrático-participativa

Autores

  • Vanessa Rita Barazzetti Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Willie Anne Martins da Silva Provin
  • Sirley Terezinha Filipak

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v20.n2.9456

Palavras-chave:

Comunicação Efetiva, Gestão Democrático-Participativa, Educação, Interação.

Resumo

O presente artigo analisa os conceitos de comunicação efetiva e de gestão democrático-participativa e a relação entre estes dois termos. Aspectos como os benefícios que o trabalho em conjunto desses dois termos oferece para a atuação dos gestores/gestoras e os problemas que podem ocorrer caso não haja a interação entre esses dois principais conceitos, são explanados neste texto. Baseado, principalmente, nas pesquisas de DEMO(2009), FRANÇA(2013) e HABERMAS(1987), este artigo parte do pressuposto de que parte dos gestores/gestoras de instituições de ensino possui o conhecimento, mas não consegue executá-lo de maneira efetiva. É neste ponto que com relação ao foco educacional, torna-se fundamental a estreita relação entre a comunicação efetiva e a gestão democrático-participativa para o sucesso da comunicação pretendida.

Biografia do Autor

Vanessa Rita Barazzetti, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Mestranda em Educação

Sirley Terezinha Filipak

Doutora em Educação e Professora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Downloads

Publicado

01/12/2016

Como Citar

Barazzetti, V. R., Provin, W. A. M. da S., & Filipak, S. T. (2016). A estreita relação entre a comunicação efetiva e a gestão democrático-participativa. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 166–184. https://doi.org/10.22633/rpge.v20.n2.9456

Edição

Seção

Artigos