Aplicação da metodologia aprendizagem baseada em projetos (ABP) na disciplina química orgânica por meio do estudo de méis

Regina Lucia Pelachim Lianda, Brian Joyce

Resumo


ABP sugere processo de ensino e aprendizagem centrado no estudante. Aplicou-se o projeto “Caracterização de mel pelo perfil em fenólicos e avaliação antioxidante, focando ABP” (dois méis florais finlandeses, um português, e um mel de melato finlandês) na “Química Orgânica” na 2ª série do Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio no Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais - Campus Barbacena. Trabalhou-se o conteúdo durante o andamento do projeto. Os grupos foram sorteados, buscando trabalho em equipe. Dialogicamente, valorizou-se a individualidade. No primeiro bimestre realizaram-se análises espectrofotométricas no ultravioleta-UV. Cada grupo deu aula para outro grupo, caracterizando o aluno como orientador. Eles foram os próprios autores do processo de aprendizagem em cooperação, relacionando mel com compostos orgânicos. Estudaram átomo de carbono, e iniciaram funções. Modelos moleculares visaram o conhecimento discutido (ligações simples/dupla/tripla, σ/π; hibridação/geometria; fórmula estrutural). No segundo bimestre houve preparo de extrato por cromatografia, levando também ao conhecimento sobre propriedades dos compostos (ocorreria no quarto bimestre), aplicando o subprojeto “Séries Homólogas”. Novos grupos foram sorteados (3º bimestre), em uma aula dialógica motivadora. A confiança foi criada, do aluno no aluno, no processo de aprendizagem e nos professores. No último bimestre, pesquisaram resultados químicos preliminares. Os perfis fenólicos foram similares, com mais diferenças na amostra de melato finlandesa e floral portuguesa. Estudaram isômeros e completaram-se funções. Ocorreram avaliações diferenciadas para a construção de conhecimento, incluindo o uso de ferramentas tecnológicas. Houve surpreendente nível de motivação entre os participantes. A implementação de abordagem ABP centrada no estudante é eficaz e poderosa.


Palavras-chave


Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP); Abordagem centrada no estudante; Aprender fazendo; Trabalho colaborativo; Química orgânica.

Texto completo:

PDF (English) PDF

Referências


ALVAREZ-SUAREZ, J. M.; TULIPANI, S.; ROMANDINI, S.; VIDAL, A.; ATTINO, M. Methodological aspects about determination of phenolic compounds and in vitro evaluation of antioxidant aapacity in the honey: A review. Analytical Chemistry, v., n. 4, p. 293-302, 2009.

CERUKS, M.; ROMOFF, P.; FÁVERO, O. A.; LAGO, J. H. G. Constituintes fenólicos polares de Schinus terebinthifolius RADDI (ANACARDIACEAE). Química Nova, v. 30, n. 3. P. 597-599, 2007.

DE OLIVEIRA, M. D. R. Aprendizagem baseada em problemas/projetos em ambiente on-line na perspectiva de educadores e educandos da ciência dos alimentos. (Doctoral dissertation in Ciência e Tecnologia de Alimentos), Universidade Federal de Viçosa, 2013.

FARIA, F. L.; SILVA, A. F. A. Estudo de Casos e o desenvolvimento de habilidades cognitivas pelos alunos do Ensino Médio. Paper presented at the XVI Encontro Nacional de Ensino de Química (XVI ENEQ) e X Encontro de Educação Química da Bahia (X EDUQUI), Salvador, BA, Brasil, 2012.

LARMER, J.; MERGENDOLLER, J. R. 8 Essentials for Project-Based Learning. Educational Leadership, v. 68, n. 1, p. 34-37, 2012.

LIANDA, R. L. P. Caracterização de mel de Apis mellifera pelo seu perfil em substâncias fenólicas por cromatografia líquida de alta eficiência e avaliação da atividade biológica. (Unpublished master's thesis), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro-PPGQ-UFRRJ, Seropédica, RJ, Brasil, 2004.

LIANDA, R. L. P. Perfil de substâncias fenólicas de méis brasileiros por cromatografia líquida de alta eficiência e avaliação do potencial antioxidante. (Doctoral dissertation in Química), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2009.

LIANDA, R. L. P.; CASTRO, R. N. Isolamento e identificação da morina em mel brasileiro de Apis mellifera. Química Nova, v. 31, n. 6, p. 1472-1475, 2008.

LIANDA, R. L. P.; SANT’ANA, L. D.; ECHEVARRIA, A.; CASTRO, R. N. Antioxidant activity and phenolic composition of Brazilian honeys and their extracts. Journal of the Brazilian Chemical Society, p. 1-10, 2012.

SÁ, L. P.; BRITO, J. Q. A. Estratégias promotoras da argumentação sobre questões sócio-científicas com alunos do ensino médio. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 9, n. 3, p. 505-529, 2010.

TOMÁS-BARBERÁN, F. A.; MARTOS, I.; FERRERES, F.; RADOVIC, B. S.; ANKLAM, E. HPLC flavonoid profiles as markers for the botanical origin of European unifloral honeys. Journal of the Science of Food and Agriculture, n. 81, p. 485-496, 2001.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.nesp1.v13.2018.11435



Direitos autorais 2018 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.