A educação brasileira e a cultura fotográfica: para além da impressão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15i4.13145

Palavras-chave:

Imagem fotográfica, Linguagem visual, Educação, Método.

Resumo

O trabalho de análise com fontes fotográficas constitui um entrave no que se refere aos fundamentos teóricos e metodológicos para entendê-las como linguagem visual, fonte de formação e informação. Nesse sentido, o artigo trata do papel da fotografia como forma de linguagem visual compósita de signos ideológicos; discute a importância das fontes fotográficas como acervo documental, e apresenta formas de se ultrapassar o limiar da leitura instrumental da imagem fotográfica. Justifica-se a pesquisa pela observação concreta da dificuldade de leitura dos alunos diante de textos construídos pela linguagem visual, principalmente, a fotografia. A pesquisa, bibliográfica e documental, com apoio na dialética, fundamentou-se em autores que se opõem à leitura da imagem fotográfica numa perspectiva positivista. Os resultados possibilitaram reconhecer a natureza da imagem fotográfica como fonte histórica visual, que permite superar o recorte cronológico do momento de sua produção e execução.

Biografia do Autor

Edson Rodrigues Passos, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Curitiba – PR

Professor da Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Educação. Bolsista da Fundação Araucária.

Alboni Marisa Dudeque Pianovski Vieira, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Curitiba – PR

Professora no Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutorado em Educação (PUCPR). Editora da Revista Diálogo Educacional (PUCPR).

Referências

BAKHTIN, M.; VOLÓCHINOV, V. N. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. 8. ed. São Paulo: Oscite, 1997.

BARROS, D. L. P. de. Contribuições de Bakhtin às teorias do texto e do Discurso. In: FARACO, C. A.; TEZZA, C.; CASTRO, G. de. Diálogos com Bakhtin. Curitiba: UFPR, 2001.

BRASILIANA. Guerra de Canudos pelo fotógrafo Flávio de Barros. Disponível em: http://brasilianafotografica.bn.br/?p=3002. Acesso em: 24 maio 2018.

CHAUÍ, M. O que é ideologia. São Paulo: Brasiliense, 1983.

CIAVATTA, M. O mundo do trabalho em imagens. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

DUBOIS, P. O ato fotográfico e outros ensaios. Campinas: Papirus, 1998.

DUCROT, O. O dizer e o dito. São Paulo: Pontes, 1987.

ECO, U. Apocalípticos e integrados. São Paulo: Perspectiva, 1976.

FLUSSER, V. Filosofia da caixa preta. São Paulo: Hucitec, 1985.

FOUCAULT, M. Do governo dos vivos: curso no Collège de France, 1979-1980 (excertos). Trad. Nildo Avelino. Rio de Janeiro: Achiamé, 2010.

GADOTTI, M. Concepção dialética da educação: um estudo introdutório. São Paulo: Cortez, Autores Associados, 1990.

HUBERMAN, G.D. O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Editora 34, 1998.

JOLY, M. Introdução à análise da leitura da imagem. Trad. Marina Appenzeller. Campinas, SP: Papirus, 2005.

KOSSOY, B. Fotografia & história. São Pulo: Ateliê Editorial, 2001.

MARX, K. O capital. São Paulo: Abril Cultural. Coleção os Economistas, 1985.

MAUAD, A.M. Poses e flagrantes: ensaios sobre história e fotografia. Niterói: UFF, 2008.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1971.

METZ, C. et al. A análise das imagens. Petrópolis: Vozes, 1973.

MÓRAN, J. M. Leituras dos meios de comunicação. São Paulo: Pancast, 1993.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. TV Cultura, São Paulo, 2000. (Entrevista). Disponível em: http://www2.tvcultura.com.br/rodaviva/lancamento-memoria-rodaviva.asp. Acesso em: 20 mar. 2019.

OLIVEIRA, M. A. Dialética hoje: lógica, metafísica e historicidade. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

ORLANDI, E. P. Leitura: perspectivas interdisciplinares. São Paulo, Ática, 1995.

ROITBLOG. 2008. Disponível em: http://roitblog.blogspot.com.br/2008/. Acesso em: 20 maio 2018.

ROUILLÉ, A. Entre documento e arte contemporânea. São Paulo: Senac, 2009.

SCHLICHTA, C. Arte e educação: há um lugar para a Arte no ensino médio? Curitiba: Aymará, 2009.

SOULAGES, F. Estética da fotografia. São Paulo: Senac, 2010.

SOUZA, T. C. C. Análise do não verbal e os usos das imagens nos meios de comunicação. Niterói: Ciberlegenda UFF, 2001.

TORRALVO, I. F. Linguagem em movimento. São Paulo: FTD, 2010.

Downloads

Publicado

27/02/2020

Como Citar

Passos, E. R., & Vieira, A. M. D. P. (2020). A educação brasileira e a cultura fotográfica: para além da impressão. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 15(4), 1799–1823. https://doi.org/10.21723/riaee.v15i4.13145