Teoria dos campos conceituais como instrumento para o planejamento e construção de recursos tecnológicos para o ensino de ciências

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v16i4.13435

Palavras-chave:

Teoria dos campos conceituais, Ensino de ciências, Aprendizagem móvel

Resumo

Este trabalho apresenta a Teoria dos Campos Conceituais de Vergnaud como instrumento para o planejamento e construção de recursos tecnológicos para práticas pedagógicas. O estudo tem como objetivo investigar de que maneira um aplicativo móvel, à luz da teoria de Vergnaud, pode contribuir para o ensino de conceitos referentes ao Princípio de Arquimedes para alunos do 9º ano do ensino fundamental. A pesquisa foi realizada com 78 estudantes de uma escola pública e teve uma abordagem quantitativa e qualitativa, com procedimento de um estudo de caso. O estudo demonstra o potencial da teoria de Vergnaud como referencial teórico para o planejamento didático e na construção de recursos tecnológicos que envolvam ativamente os estudantes nos processos de ensino e aprendizagem, pois auxilia no desenho de situações de ensino, na seleção dos conceitos e teoremas-chave e suas relações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscila Cadorin Nicolete, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre – RS

Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Informática na Educação, Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação. Bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Aline Coelho dos Santos, Colégio Murialdo, Araranguá – SC

Professora de Ensino Básico no Departamento de Ciências da Natureza. Mestre em Tecnologias da Informação e Comunicação (UFSC).

Liane Margarida Rockenbach Tarouco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre – RS

Professora do Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação. Doutorado em Engenharia Elétrica (USP).

Marta Adriana Machado da Silva, Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), Criciúma – SC

Professora no Setor de Educação a Distância. Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento (UFSC).

Referências

DE CARVALHO JÚNIOR, G. D.; DE AGUIAR JUNIOR, O. G. Os campos conceituais de Vergnaud como ferramenta para o planejamento didático. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 25, n. 2, p. 207-227, 2008.

FAVIER, T. T.; VAN DER SCHEE, J. A. Exploring the characteristics of an optimal design for inquiry-based geography education with Geographic Information Systems. Computers & Education, v. 58, n. 1, p. 666-677, 2012.

FIOREZE, L. A. et al. Análise da construção dos conceitos de proporcionalidade com a utilização do software geoplano virtual. Ciência & Educação, v. 19, n. 2, p. 267-278, 2013.

HECK, C. Integração de tecnologia no ensino de física na educação básica: um estudo de caso utilizando a experimentação remota móvel. 2017. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Araranguá, Santa Catarina.

MOREIRA, M. A. A teoria dos campos conceituais de Vergnaud, o ensino de ciências e a pesquisa nesta área. Investigações em ensino de ciências, Porto Alegre, v. 7, n. 1, p. 7-29, jan./mar. 2002.

NICOLETE, P.; TAROUCO, L. M. R.; DOS SANTOS, A. C. Mobile Learning: Explorando as possibilidades do App Inventor para a criação de objeto educacional móvel. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO - SBIE, 29., 2018, Porto Alegre. Proceedings [...]. Porto Alegre, 2018. p. 1801.

NOGUEIRA, C. M. I.; REZENDE, V. A teoria dos campos conceituais no ensino de números irracionais: implicações da teoria piagetiana no ensino de matemática. Schème-Revista Eletrônica de Psicologia e Epistemologia Genéticas, v. 6, n. 1, p. 41-63, 2014.

PIAGET, J.; INHELDER, B. Da lógica da criança à lógica do adolescente. São Paulo: Pioneira, 1976. v. 1955.

ROCHA, K. C. D.; BASSO, M. V. D. A. Teoria dos Campos Conceituais na análise de programação em Scratch. RENOTE, v. 15, n. 2, 2017.

MIT. Massachusetts Institute of Technology. MIT App Inventor. 2019. Disponível em: http://appinventor.mit.edu/explore/about-us.html. Acesso em: 10 ago. 2020.

VERGNAUD, G. Teoria dos campos conceituais. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DO RIO DE JANEIRO, 1., 1993, Rio de Janeiro. Anais [...] Rio de Janeiro, 1993. p. 1-26.

Publicado

21/10/2021

Como Citar

NICOLETE, P. C.; SANTOS, A. C. dos; TAROUCO, L. M. R.; SILVA, M. A. M. da. Teoria dos campos conceituais como instrumento para o planejamento e construção de recursos tecnológicos para o ensino de ciências. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 4, p. 2560–2577, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i4.13435. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13435. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)