O papel do ensino informal de ciências: uma análise sobre o impacto do show de energia sobre o interesse dos alunos para cursos de áreas de ciências exatas

Autores

  • Marco Aurélio Alvarenga Monteiro UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - Departamento de Física e Química. Guaratinguetá – SP – Brasil. 12.516-410
  • Isabel Cristina de Castro Monteiro UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - Departamento de Física e Química. Guaratinguetá- SP- Brasil. 12.516-410
  • Galeno José de Sena UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - Departamento de Matemática. Guaratinguetá- SP- Brasil. 12.516-410
  • Carlos Eduardo Silva Amorim UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - Departamento de Física e Química. Guaratinguetá- SP- Brasil. 12516-410

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v7i2.5396

Resumo

Nosso trabalho tem por objetivo discutir o ensino de ciências no contexto da educação informal. Assim, apresentamos e analisamos os resultados de uma iniciativa que temos realizado buscando despertar o interesse de alunos do ensino médio para o estudo das ciências exatas e tecnológicas. Os shows de Energia são atividades nas quais são apresentadas demonstrações experimentais de conceitos científicos para alunos do ensino médio. Após a realização de cada show os alunos respondem a um questionário que serviu de base para a realização desse estudo. Os resultados obtidos indicam que a realização dos shows tem tido grande impacto sobre os estudantes.

Downloads

Como Citar

MONTEIRO, M. A. A.; MONTEIRO, I. C. de C.; SENA, G. J. de; AMORIM, C. E. S. O papel do ensino informal de ciências: uma análise sobre o impacto do show de energia sobre o interesse dos alunos para cursos de áreas de ciências exatas. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 7, n. 2, p. 114–124, 2012. DOI: 10.21723/riaee.v7i2.5396. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/5396. Acesso em: 25 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos