Produção do conhecimento sobre o ensino de geografia para pessoas com deficiência

Taís Buch Pastoriza, Rosimeire Maria Orlando, Katia Regina Moreno Caiado

Resumo


A matrícula de pessoas com deficiência nas escolas regulares em diferentes etapas tem crescido nos últimos anos e com isso também as pesquisas na interface da educação especial com as outras áreas do conhecimento. O objetivo deste estudo foi analisar a produção de pesquisas sobre ensino de geografia para pessoas com deficiência, com foco na visual, bem como analisar os temas pesquisados e as Instituições de Ensino Superior onde as pesquisas se realizaram com vistas a apontar os desafios e as possibilidades para futuros trabalhos. O referencial teórico sobre análise de produção científica pautou-se em Bueno (2010) e Silva e Gamboa (2011). O levantamento da produção foi realizado no banco de teses da Capes, e os descritores utilizados foram: inclusão, deficiência, cegueira e ensino de geografia. Os resultados dessa análise mostram que a escolarização das pessoas com deficiência tem sido um tema em crescimento nas pesquisas dos últimos anos, mas que o enfoque das pesquisas está nas metodologias de ensino. Também há uma indicação para uma possível diversificação nas deficiências estudadas e nas Instituições de Ensino Superior.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v10i5.7924



Direitos autorais 2015 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587, ISSN: 2446-8606.

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.