Outras falas possíveis: a emergência da comunicação popular colaborativa como estratégia educativa

Autores

  • Henrique Oliveira de Araújo Mestrando em Educação e Diversidade. UNEB - Universidade do Estado da Bahia. Departamento de Ciências Humanas IV. Serrinha – BA – Brasil. 48700-000. Graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Atualmente coordena a equipe de comunicação popular do Centro de Assessoria do Assuruá -
  • Antenor Rita Gomes Professor do Mestrado Profissional em Educação e Diversidade - MPED e do Mestrado em Educação Cultura e Territórios Semiáridos – PPGESA. UNEB - Universidade do Estado da Bahia. Departamento de Ciências Humanas IV. Serrinha – BA – Brasil. 48700-000. Doutor em Educação. UFBA - Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v10i3.8099

Resumo

Num mundo em que as “agendas discursivas” permanecem, em grande parte, sob a tutela de poucos, a comunicação popular colaborativa surge como uma forma de resistência educativa: como um “golpe” contra o olhar panóptico dominante da nossa sociedade. O presente artigo defende que um novo fazer comunicacional é possível e, partindo de uma abordagem outra, se refere a uma comunicação educacional, de “outras falas possíveis”, construída através de um modelo participativo. Uma comunicação que, como defende Serge Desgangné (2007), tem o potencial de oferecer uma participação aos sujeitos em um fazer comunicativo mais aberto, onde não detentores dos “meios de produção” dos discursos aceitos se transformam em de co-comunicadores e co-construtores de suas próprias oportunidades.

Downloads

Publicado

06/10/2015

Como Citar

Araújo, H. O. de, & Gomes, A. R. (2015). Outras falas possíveis: a emergência da comunicação popular colaborativa como estratégia educativa. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 10(3), 901–916. https://doi.org/10.21723/riaee.v10i3.8099

Edição

Seção

Artigos