Formação em serviço de professores comuns e especializados e suas implicações na prática: uma experiência de consultoria colaborativa

Patricia Moralis Caramori

Resumo


O trabalho traz parte dos resultados de uma pesquisa de abordagem qualitativa fundamentada na perspectiva participativa e interpretativa. Tem por objetivo oferecer formação continuada em serviço a professores regulares e de educação especial, sob o enfoque de consultoria colaborativa, tendo como base teórica os critérios de Experiência de Aprendizagem Mediada de Reuven Feuerstein. Por meio de filmagem, observação e reuniões reflexivas com participação de duas professoras do ensino comum e uma professora de educação especial, os resultados apontam para a importância do critério de mediação Significado. A prática da professora de 4º ano mostra uma quebra no processo de transmissão do significado e, na reunião reflexiva, as estratégias discutidas, bem como a descrição de algumas práticas já empregadas pelas professoras, levam a um enriquecimento na formação e conhecimento sobre planejamento das atividades, pensando nos objetivos e sobre a importância do feedback tanto para o professor quanto para os alunos para que o significado se estabeleça.

Palavras-chave


Educação especial; Inclusão escolar; Experiência de aprendizagem mediada; Formação de professores; Consultoria colaborativa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v11.esp2.1034-1047



Direitos autorais 2016 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.