O desenho infantil de crianças de três anos e sua articulação com os rudimentos da escrita

Autores

  • Cristiane Moraes Escudeiro
  • Eliza Maria Barbosa UNESP/Araraquara
  • Janaína Cassiano Silva

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n.esp4.9194

Palavras-chave:

Desenho. Educação infantil. Pedagogia Histórico-Crítica. Psicologia Histórico-Cultural. Alfabetização.

Resumo

Este artigo descreve e analisa a construção de uma sequência didática utilizada para assegurar o desenvolvimento do desenho do esquema corporal, realizada com crianças na faixa etária de três a quatro anos de idade, que frequentam uma escola de Educação Infantil da rede pública de Araraquara. Defendemos a perspectiva de que essa etapa da escolaridade básica embora não tenha como função precípua a consolidação do processo de alfabetização, pode oferecer-lhe uma contribuição original à medida que o concebemos como o resultado de um processo que articula os gestos, a linguagem oral, o desenho e a escrita, numa trajetória de construção coletiva e cultural. Os pressupostos da Psicologia Histórico-Cultural e da Pedagogia Histórico-Crítica subsidiam a discussão. Nessa abordagem teórica buscamos as referências para defender o desenho como uma das formas exclusivamente humanas de representação da realidade, tomando-o como conteúdo de ensino. Ao defendê-lo como conteúdo de ensino e ao construir uma sequência didática que permita seu progressivo desenvolvimento, reiteramos a concepção sobre a natureza humanizadora da educação escolar definida pela Pedagogia Histórico-Crítica. Os resultados da aplicação da sequencia de ensino indicam um avanço nas expressões gráficas das crianças e corroboram a defesa da Educação Infantil como contexto de consolidação, na contemporaneidade, das máximas possibilidades das crianças como seres genéricos.

 

Biografia do Autor

Eliza Maria Barbosa, UNESP/Araraquara

Professora Assistente do Departamento de Psicologia da Educação da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp/Araraquara.

Downloads

Publicado

30/12/2016

Como Citar

ESCUDEIRO, C. M.; BARBOSA, E. M.; SILVA, J. C. O desenho infantil de crianças de três anos e sua articulação com os rudimentos da escrita. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, p. 2287–2305, 2016. DOI: 10.21723/riaee.v11.n.esp4.9194. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/9194. Acesso em: 28 fev. 2021.