Os caminhos escolhidos pela educação infantil para afabetizar matematicamente as crianças de 04 e 05 anos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n.esp4.9197

Palavras-chave:

Alfabetização matemática. Pré-escola. Sistema numérico decimal.

Resumo

A presente pesquisa intitulada: “Alfabetização matemática: os caminhos escolhidos pela escola para alfabetizar matematicamente as crianças de 4 a 6 anos”, propõe um recorte no estudo para compreender como as crianças de 04 e 05 anos consolidam seus conhecimentos numéricos de recitar, contar e escrever números. Por essa razão, o objetivo é de verificar e analisar as escolhas teóricas e metodológicas utilizadas para alfabetizar matematicamente as crianças de 04 e 05 anos, no tocante ao processo de construção dos números do sistema numérico decimal. A pesquisa desenvolvida no período de agosto/2012 a julho/2014 utilizou os seguintes instrumentos de coletas de dados: a análise do Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil (RCNEI), Volume 3, observação participante em uma instituição de educação infantil pública da rede municipal de Rolim de Moura- RO, análise dos cadernos dos alunos e entrevista individual com a professora da pré-escola. Os resultados apontados pelo cruzamento das informações indicam a necessidade de atualização do RCNEI, em especial nas orientações voltadas ao senso numérico; da professora em relação as suas práticas de ensino, quase sempre pautada pela ausência de uma fundamentação teórica e metodológica e a inclusão no processo ensino aprendizagem das quatro funções sociais do número: recitar, contar/quantificar e escrever números.

Biografia do Autor

Orestes Zivieri Neto, Universidade Federal de Rondônia

Licenciado em Matemática e Pedagogia. Mestrado em Educação e Doutorado em Educação Escolar.

Lotado no Departamento de Educação da Universidade Federal de Rondônia - Campus de Rolim de Moura -RO

Downloads

Publicado

30/12/2016

Como Citar

NETO, O. Z. Os caminhos escolhidos pela educação infantil para afabetizar matematicamente as crianças de 04 e 05 anos. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, p. 2344–2359, 2016. DOI: 10.21723/riaee.v11.n.esp4.9197. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/9197. Acesso em: 3 mar. 2021.