Formação inicial de professores da educação do campo: a experiência do PRONERA/UERN em narrativas (auto) biográficas

Ana Lúcia Oliveira Aguiar, Emerson Augusto de Medeiros

Resumo


O artigo em tela apresenta reflexões construídas em um estudo dissertativo sobre a formação inicial de professores da Educação do Campo com fundamento na experiência do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária – PRONERA, da Universidade do estado do Rio Grande do Norte – UERN. Em parâmetros metodológicos, utilizamos da abordagem qualitativa de pesquisa e de entrevistas de histórias de vida com três formandos do Curso de Pedagogia, do Projeto de Formação Inicial Docente Pedagogia da Terra. Pensamos que na experiência da UERN, o PRONERA conseguiu efetuar um dos principais desafios relativos à formação de professores da Educação do Campo no País, qual seja: desenvolver processos formativos relacionando a formação universitária de docentes da Educação Básica com os conhecimentos, a história e a memória, as experiências de vida e as práticas culturais dos povos do campo.


Palavras-chave


Formação inicial de professores; Educação do campo; PRONERA.

Texto completo:

PDF XML

Referências


ALBERTI, Verena. Manual de História Oral. 3 ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

ARROYO, Miguel; CALDART, Roseli Salete; MOLINA, Mônica Castagna (Orgs.). Por uma educação no campo, Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

CALDART, Roseli Salete. Pedagogia do Movimento Sem Terra. 4.ed. São Paulo: Expressão Popular, 2012.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Biografia e Educação: figuras do indivíduo projeto. Tradução de Maria da Conceição Passeggi. Natal, RN: EDUFRN, 2008.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 46.ed. Rio de Janeiro: Paz e terra, 2005.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 44. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 2010.

GIMONET, Jean-Claude. Praticar e Compreender a Pedagogia da Alternância dos CEFFAs. Tradução de Thierry de Burghgrave. Petrópolis - RJ: Editora Vozes, 2007.

HAGE, Salomão Antônio Mufarrej. Transgressão do Paradigma da (Multi)seriação como referência para a construção da Escola Pública do Campo. Educação & Sociedade, Campinas, v. 35, n. 129, p.1165-1182, out./dez., 2014.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. 2.ed. São Paulo: Paulus, 2010.

MEDEIROS, Emerson Augusto de; AGUIAR, Ana Lúcia Oliveira. O Método (Auto) Biográfico e de Histórias de Vida: reflexões teórico-metodológicas a partir da pesquisa em educação. Revista Tempos e Espaços em Educação, v. 11, n. 27, p. 149-166, set. 2018. ISSN 2358-1425. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/revtee/article/view/7884. Acesso em: 30 set. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.20952/revtee.v11i27.7884.

MEDEIROS, Emerson Augusto de; FERREIRA, Helena Perpétua de Aguiar; AGUIAR, Ana Lúcia Oliveira. Formação inicial de professores da educação do campo: a história do curso de pedagogia da terra da UERN. Revista Internacional de Formação de Professores, [S.l.], p. 325-341, jul. 2018. ISSN 2447-8288. Disponível em: . Acesso em: 30 Set. 2018.

MEDEIROS, Emerson Augusto de; VARELA, Sarah Bezerra Luna; NUNES, João Batista Carvalho. Abordagem Qualitativa: estudo na pós-graduação em educação da Universidade Estadual do Ceará (2004 – 2014). Holos, [S.l.], v. 2, p. 174-189, ago. 2017. ISSN 1807-1600. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/4457. Acesso em: 30 set. 2018. Doi: https://doi.org/10.15628/holos.2017.4457.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade. 26 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

MOLINA, Mônica Castagna. Educação do Campo e Pesquisa. Questões para reflexão. Brasil. Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2006.

MOLINA, Mônica Castagna; ANTUNES-ROCHA, Maria Isabel. Educação do Campo, História, Práticas e Desafios no âmbito das Políticas de Formação de Educadores – Reflexões sobre o PRONERA e o PROCAMPO. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v.22, n.2, p. 220 – 253, jun./dez. 2014.

NÓVOA, António. Prefácio. In: NÓVOA, António (Org.). Vida de Professores. 2.ed. Porto: Porto Editora, 1995, p. 7-9.

PINEAU, Gaston. A autoformação no decurso da vida: entre a hétero e a ecoformação. In: Nóvoa, António; Finger Mathias. O método (auto) biográfico e a formação. Natal, RN: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010.

PINEAU, Gaston. As histórias de vida em formação: gênese de uma corrente de pesquisa-ação-formação existencial. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.32, n.2, p. 329-343, maio/ago. 2006.

SANTOS, Ramofly Bicalho dos; SILVA, Marizete Andrade da. Políticas Públicas em Educação do Campo: PRONERA, PROCAMPO e PRONACAMPO. Revista Eletrônica de Educação, v. 10, n. 2, p. 135-144, 2016.

SOUZA, Elizeu Clementino de. A arte de contar e trocar experiências: reflexões teórico-metodológicas sobre história de vida em formação. Educação em Questão, Natal, v.25, n.11, p. 22-39, jan./abr. 2006.

TARDIF, Maurice. Saberes Docentes e Formação Profissional. 11 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Pedagogia, do Projeto Pedagogia da Terra (Pedagogia da Terra). Mossoró, 2006 (Documento Digitalizado).

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Relatório Final de Execução do Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Pedagogia, do Projeto Pedagogia da Terra (Pedagogia da Terra). Mossoró, 2011 (Documento Digitalizado).




DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v22i3.11789



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.