Privacidade em tempos de internet: comportamento e discursivização de si entre usuários no ambiente virtual

Autores

  • Fausi dos Santos Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara
  • Paulo Rennes Marçal Ribeiro Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras - FCLAr, Araraquara http://orcid.org/0000-0002-1552-5702

DOI:

https://doi.org/10.30715/rbpe.v19.n2.2017.10915

Palavras-chave:

Privacidade. Redes sociais. Subjetividade. Discurso.

Resumo

O artigo apresenta as transformações produzidas no comportamento dos usuários da internet com o advento do Mundo Virtual, principalmente na exteriorização da privacidade e intimidade em redes sociais. É comum entre muitos internautas a discursivização de seus afazeres diários, bem como, a manifestação de seus desejos e fantasias pessoais no ambiente virtual, em muitos casos na busca de aceitação e reconhecimento por outros usuários. Tal comportamento leva a uma produção subjetiva da personalidade, que se transforma em perfil nas redes sociais, fazendo circular múltiplos efeitos de sentido que são produzidos por diferentes usuários que comentam, curtem e compartilham tais publicações. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fausi dos Santos, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara

Doutorando no Programa de Educação Escolar com ênfase em Educação Sexual

Paulo Rennes Marçal Ribeiro, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras - FCLAr, Araraquara

Doutor em Saúde Mental. Livre-Docente em Sexologia e Educação Sexual. Professor do Departamento de Psicologia da Educação. Coordenador do Núcleo de Estudos da Sexualidade e do Programa de Pós-Graduação em Educação Sexual na Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP.

Referências

BAUMAN, Z. Amor líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

FOUCAULT, M. História da sexualidade: o uso dos prazeres. Rio de Janeiro: Graal, 1998.

ILLOUZ, E. O amor nos tempos do capitalismo. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

KEHL, M. R. As máquinas falantes. In: NOVAES, A. O homem máquina: a ciência manipula o corpo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003. p.123-145.

LEME, A. A estética do risco. Veja, São Paulo, ed. 2346, n.46, p.84-88, 2013.

ROLNICK, S. O mal-estar na diferença. Anuário Brasileiro de Psicanálise, Rio de Janeiro, n.3, p.97-103, 1995.

TURKLE, S. A vida no ecrã: a identidade na era da internet. Tradução de Marco Antonio Esteves da Rocha. Lisboa: Relógio d’Água, 1997.

Downloads

Publicado

01/06/2017

Como Citar

SANTOS, F. dos; RIBEIRO, P. R. M. Privacidade em tempos de internet: comportamento e discursivização de si entre usuários no ambiente virtual. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, Araraquara, v. 19, n. 2, p. 258–267, 2017. DOI: 10.30715/rbpe.v19.n2.2017.10915. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/doxa/article/view/10915. Acesso em: 13 abr. 2021.