A ideia de cultura e sua atualidade para o ensino-aprendizagem de LE/L2

Edleise Mendes

Resumo


Nas últimas décadas, muitos estudos e pesquisas desenvolvidos no campo do ensino/aprendizagem de línguas, sobretudo de línguas estrangeiras e segundas, têm-se dedicado a discutir a importância da cultura e das relações interculturais como dimensões integrantes do processo de aprendizagem. Essa preocupação tem como princípio o fato de que ensinar e aprender uma língua é um processo muito mais amplo e complexo do que a simples transmissão e apreensão de estruturas formais e de regras de utilização dessas estruturas. Neste artigo, proponho-me a revisitar a ideia de cultura para, em seguida, estabelecer a sua relação com a língua, ressaltando a atualidade desse tipo de reflexão para a área de ensino-aprendizagem de LE/L2, especialmente com foco na língua portuguesa. Entre outros aspectos, desejo mostrar que as tendências contemporâneas para o ensino e a formação de professores de línguas reconhecem que as abordagens de ensinar e aprender, sejam quais forem as suas orientações teóricas, não devem isolar a língua da vida em que vivemos e da cultura ou culturas que a abrigam, como meio de assegurar uma educação linguística de qualidade e condizente com as exigências do mundo contemporâneo.


Palavras-chave


Conceito de cultura; Língua e cultura; Ensino e aprendizagem de LE; Português língua estrangeira;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29051/el.v1i2.8060



Direitos autorais 2015 Revista EntreLínguas



Rev. EntreLínguas, Araraquara, SP, Brasil. e-ISSN: 2447-3529, ISSN: 2447-4045

DOI Prefix: 10.02951/rel

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.