Dossiê tem´ático: Memórias, subjetividades e diversidades culturais: reflexões educativas em tempos pandêmicos

28/10/2021

Dossiê tem´ático: Memórias, subjetividades e diversidades culturais: reflexões educativas em tempos pandêmicos

Organizadores: Profa. Dra. Jaqueline Ap. M. Zarbato (PPGEdu/CPTL/UFMS; ProfHistória -UFMT) e pelo Prof. Dr. Christian Muleka Muwewa (PPGEdu/CPTL/UFMS).

Contato com os organizadores: Christian Muleka <cmwewa76@gmail.com> e Jaqueline Zarbato <jaqueline.zarbato@gmail.com>

Prazo de submissão: 30/12/2021 

Prazo de publicação: a´té 30/09/2022 

A submissão deverá ocorrer via plataforma: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/index

Ao submeter pela plataforma da revista, o(s) autor(es) concordam com as Normas e Diretrizes da RIAEE. Nos comentários ao Editor – Descrever o nome do Dossiê.

 

Ementa: O dossiê tem como proposta entrelaçar a produção de conhecimento na educação que envolve as dimensões analíticas com base nas memórias, nas subjetividades e nas identidades dissonantes. Entende-se que em diferentes espaços do saber, a memória como forma e conteúdo, forma e (re)forma identidades para alteridades na panaceia dos processos de entendimento sobre as singularidades diversas dos sujeitos históricos. Nesse diapasão, as experiências educativas, mediadas pela reflexão, são um saber-poder. O subjetivo que envolve outras concepções sobre as identidades atingem os sujeitos na sua expressão coletiva com os mecanismos sociais e culturais. Assim, os diálogos educativos, as trajetórias subjetivas objetivadas, os espaços de poder, os feminismos, as memórias e histórias compõem o amplo processo de práticas discursivas acerca da inclusão, do empoderamento e enfrentamento de situações de exclusão. As subjetividades, como um modo de sentir, de querer, de olhar, de perceber, de autoanulação, podem ser problematizadas, tensionadas e preteridas em diferentes âmbitos da Educação.


Justificativa: esse dossiê tem como justificativa a premente discussão sobre o ser e fazer histórico de cada sujeito social em tempos de incerteza. Compreende-se o tempo de incerteza como o tempo presente, em que priorizamos as abordagens sobre o período que compreende a pandemia de SARS COVID 19. Nesse sentido, aglutinamos nesse dossiê pesquisadores e pesquisadoras que projetam diálogos, pesquisa, estudos sobre como as identidades e alteridades se forjam nas práticas da memória e das subjetividades. Ampliando os espaços de compreensão sobre como a educação pode contribuir com as trajetórias de sujeitos históricos.

Normas e diretrizes:

Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/about/submissions

Informações adicionais - atualizadas: Todos devem ter link do ORCID; artigos com no máximo 18 laudas, sem as referências – resumo com 150 palavras – título com até 18 palavras; constar em cada artigo questões de ética da pesquisa bem como o percurso metodológico; artigos que possuam imagens devem possuir cessão de direitos de uso de imagem; validação pelo CEP – Comitê de Ética; Utilizar referências atuais, sendo no mínimo 50% dos últimos 5 anos, do ano a ser publicado o dossiê/artigos; Os custos de tradução (português-espanhol-inglês),  elaborados e revisados pela equipe serão por conta dos autores a serem pagos à equipe homologada da revista, tendo como gestão a revista e a Editora Ibero-Americana de Educação.

Contato Editor Adjunto Executivo: anderson.cruz@unesp.br