Violência no namoro na visão de jovens universitários

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v17i3.15482

Palavras-chave:

violência, Adulto joven, Adolescente

Resumo

Esta pesquisa objetiva analisar o conhecimento de jovens universitários sobre situações de violência nas relações de namoro. Trata-se de uma pesquisa descritiva e transversal de abordagem quantitativa, realizada com 506 jovens universitários. A coleta dos dados ocorreu entre maio e junho de 2019, recorrendo-se a análise por estatística descritiva com distribuição de frequência em seus valores absolutos e relativos. Observou-se que o ciúme foi apontado como o principal precursor dos conflitos nos relacionamentos; e o baixo rendimento escolar e a gravidez indesejada foram vistos como uma possível consequência da violência no relacionamento. A maioria dos participantes não apresentou nenhuma evidência de depressão pelo Escore de Beck. Assim, conclui-se que algumas situações cotidianas vivenciadas nos relacionamentos não são reconhecidas como violência e, dessa forma, é necessária a implementação de ações e políticas de conscientização e prevenção da violência afetiva na fase da adolescência e juventude.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosana Alves de Melo, Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), Petrolina – PE – Brasil

Docente adjunta do colegiado de enfermagem e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Dinâmicas de Desenvolvimento do Semiárido (PPGDIDES). Doutorado em Inovação Terapêutica (UFPE).

Thainara Kauanne Pacheco Almeida, Prefeitura Municipal de Petrolina (PMP), Petrolina – Pernambuco (PE) – Brasil

Enfermeira da Equipe de Saúde da Família. Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental para o Semiárido (UPE).

Flávai Emília Cavalcante Valença Fernandes, Universidade de Pernambuco (UPE), Petrolina – PE – Brasil

Docente adjunta do colegiado de enfermagem e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Formação de Professores e Práticas Interdisciplinares (PPGFPPI). Doutorado em Inovação Terapêutica (UFPE).

Referências

ANDRADE, T. A.; LIMA, A. O. Violência e namoro na adolescência: uma revisão de literatura. Desidades, Rio de Janeiro, v. 19, n. 1, p. 20-35, 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2318-92822018000200003&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 29 abr. 2020.

BECK, A. T. et al. An inventory for measuring depression. Arch Gen Psychiatry, v. 4, p. 561-571, 1961. Disponível em: https://jamanetwork.com/journals/jamapsychiatry/article-abstract/487993. Acesso em: 30 abr. 2020.

BESERRA, M. A. et al. Prevalência e características da violência no namoro entre adolescentes escolares de Portugal. Esc. Anna Nery, v. 20, n. 1, p. 183-191, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ean/v20n1/1414-8145-ean-20-01-0183.pdf. Acesso em: 18 maio 2020.

BITTAR, D. B.; NAKANO, A. M. S. Symbolic violence among adolescents in affective dating relationships. Rev. Esc. Enferm, São Paulo, v. 51, e03298, 2017. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342017000100482&lng=pt. Acesso em: 30 abr. 2020.

BORGES, I. A. Violência no namoro e consumos de substâncias em jovens estudantes universitários. 2016. Dissertação (Mestrado em Criminologia) – Universidade Fernando Pessoa, Porto, 2016. Disponível em: https://bdigital.ufp.pt/handle/10284/5338. Acesso em: 06 mar. 2020.

BOURDIEU, P. A dominação masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

CARIDADE, S.; MACHADO, C. Violência nas relações juvenis de intimidade: Uma revisão da teoria, da investigação e da prática. Psicologia, v. 27, n. 1, p. 91-113, 2013. Disponível em: https://revista.appsicologia.org/index.php/rpsicologia/article/view/244. Acesso em: 23 maio 2020.

CONCEIÇÃO, T. B. et al. Assimetria e simetria de gênero na violência por parceiro íntimo em pesquisas realizadas no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 23, n. 11, p. 3597-3607, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-81232018001103597&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 06 maio 2020.

DAHLBERG, L.; KRUG, E. Violência: Um problema global de saúde pública. Ciência e Saúde Coletiva, n. 11, p. 1163-1178, 2007. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csc/2006.v11suppl0/1163-1178/. Acesso em: 10 abr. 2020.

FERNANDES, M. A. et al. Prevalence of anxious and depressive symptoms in college students of a public institution. Rev Bras Enferm., v. 71, n. 5, p. 2169-2175, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reben/v71s5/pt_0034-7167-reben-71-s5-2169.pdf. Acesso em: 18 abr. 2020.

FERRIANI, M. G. C. et al. Compreendendo e contextualizando a violência nas relações de intimidade entre adolescentes. Esc. Anna Nery, v. 23, n. 3, e20180349, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-81452019000300214&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 10 maio 2020.

GAMA, A.; VERÍSSIMO, A.; TOMÁS, C. Violência no Namoro na Escola Superior de Educação de Lisboa. Ex aequo, n. 36, p. 77-98, 2017. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0874-55602017000200006&lng=pt&nrm=iso. Acesso: 30 abr. 2020.

KREFER, L.; VAYEGO, S. A. Prevalência de sintomas depressivos em estudantes universitários. Brazilian Journal of Mental Health, v. 11, n. 28, p. 170-181, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68838/41449. Acesso em: 20 abr. 2020.

MINAYO, M. C. S. et al. Pesquisa social: Teoria, método e criatividade. 21. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

NELAS, P. et al. Violência no namoro, adaptabilidade e coesão familiar em estudantes do ensino superior. International Journal of Developmental and Educational Psychology INFAD de Psicología, Espanha, v. 2, n. 1, p. 357-364, 2016. Disponível em: http://www.infad.eu/RevistaINFAD/OJS/index.php/IJODAEP/article/view/234/242. Acesso em: 30 abr. 2020.

OLIVEIRA, Q. B. M. et al. Violência Física Perpetrada por Ciúmes no Namoro de Adolescentes: Um recorte de Gênero em Dez Capitais Brasileiras. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, v. 32, n. 3, e32323, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722016000300236&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 abr. 2020.

OMS. Organização Mundial da Saúde. Prevenindo a violência juvenil: Um panorama das evidências. São Paulo: OMS, 2016. Disponível em: https://nev.prp.usp.br/wp-content/uploads/2016/10/Prevenindo-a-viole%CC%82ncia-juvenil-Pt-Br-1.pdf. Acesso em: 10 abr. 2020.

SILVA, A. M. et al. Violência nas relações de intimidade envolvendo adolescentes: Perspectivas e desafios para a educação e saúde. Rev Caravana - Diálogos entre Extensão e Sociedade, v. 4, n. 2, p. 137-148, 2019. Disponível em: http://caravana.ifpe.edu.br/index.php/caravana/article/view/377/pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

SIMÕES, A. V. et al. Relações afetivas íntimas de jovens universitários: narrativas de estudantes de enfermagem. Rev Enferm UERJ, Rio de Janeiro, v. 27, n. 1, e34355, 2019. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/enfermagemuerj/article/viewFile/34355/29587. Acesso em: 30 abr. 2020.

SOUZA, T. M. C.; PASCOALETO, T. E.; MENDONÇA, N. D. Violência contra mulher no namoro: Percepções de jovens universitários. Revista Psicologia e Saúde, Campo Grande, v. 10, n. 3, p. 31-43, set./dez. 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2177-093X2018000300004&lng=pt. Acesso em: 27 abr. 2020.

TAQUETTE, S. R.; MONTEIRO, D. L. M. Violência e namoro na adolescência: Uma revisão de literatura. Desidades, Rio de Janeiro, n. 19, p. 20-35, abr./jun. 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2318-92822018000200003. Acesso em: 02 set. 2021.

TURATTI, M. C.; LUCAS, M. G. Compreendendo o ciúme na relação conjugal: Um olhar sistêmico. Unoesc &Amp; Ciência - ACBS, v. 7, n. 2, p. 145–152, 2016. Disponível em: https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acbs/article/view/11945. Acesso em: 06 abr. 2020.

WHO. World Health Organization. Violence prevention: the evidence. Centre for Public Health, 2009.

Publicado

01/07/2022

Como Citar

MELO, R. A. de; ALMEIDA, T. K. P.; FERNANDES, F. E. C. V. Violência no namoro na visão de jovens universitários. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. 3, p. 1641–1658, 2022. DOI: 10.21723/riaee.v17i3.15482. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/15482. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.