Gênero na infância: análise do filme "La vie in rose" como instrumento pedagógico em educação sexual

Autores

  • Aline Ariana Alcântra Anacleto
  • Ana Claúdia Bortolozzi Maia

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v4i3.2758

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar as questões de gênero na sexualidade infantil por meio da narrativa midiática do filme La Vie in Rose, que apresenta os temas da transexualidade, homossexualidade, identidade de gênero, discriminação social e vínculos familiares. A partir das questões teóricas sobre sexualidade na infância e a construção de gênero, utilizando-se da análise de conteúdo, elegeu-se na narrativa do filme as seguintes categorias para discussão: (a) identidades sexuais: o masculino e o feminino, (b) o gênero patológico e a heteronormatividade, (c) educação sexual oferecida pela familiar e a socialização sexista, (d) o preconceito diante da diversidade sexual. O modo como o filme apresenta essas questões pode sensibilizar o espectador para questionamentos e reflexões sobre o tema e, nesse sentido, a análise do filme pode ser utilizada como um instrumento pedagógico por educadores que almejem refletir criticamente sobre questões referentes à sexualidade humana no campo da Educação Sexual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10/06/2010

Como Citar

ANACLETO, A. A. A.; MAIA, A. C. B. Gênero na infância: análise do filme "La vie in rose" como instrumento pedagógico em educação sexual. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 4, n. 3, p. 309–319, 2010. DOI: 10.21723/riaee.v4i3.2758. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/2758. Acesso em: 29 jul. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)