Trabalho e formação docente para o atendimento educacional especializado

Autores

  • Eliane Brunetto Pertile Doutoranda em Educação. UEM – Universidade Estadual de Maringá. Programa de Pós-Graduação em Educação. Mestre em Educação. UNIOESTE – Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Professora da Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Cascavel – PR – Brasil. 85812-150
  • Elisabeth Rossetto Professora efetiva. UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutora em Educação. UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Cascavel – PR - Brasil. 85812-150

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v10i4.6219

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar resultados parciais de uma pesquisa documental e bibliográfica sobre o Atendimento Educacional Especializado (AEE) realizado na Sala de Recursos Multifuncional. Procuramos identificar as atribuições do professor do AEE e a formação direcionada a este profissional. A partir de 2008, este serviço é posto em evidência nas normativas e apresenta centralidade enquanto apoio para a inclusão dos alunos com deficiência no ensino regular. Consideramos que a formação direcionada ao professor, como forma de atualizá-lo ao trabalho no AEE, ainda é insuficiente. Além disso, constatamos que, assim como ocorre com os dos demais professores, a formação apresenta características que denotam superficialidade, com adesão à modalidade de ensino a distância. Tendo como parâmetro a Teoria Histórico-Cultural, compreendemos a relevância do investimento em uma formação consistente que instrumentalize o professor, ademais a partir deste referencial ressaltamos a relevância da ação docente, enquanto mediação para o processo de escolarização dos alunos.

Biografia do Autor

Eliane Brunetto Pertile, Doutoranda em Educação. UEM – Universidade Estadual de Maringá. Programa de Pós-Graduação em Educação. Mestre em Educação. UNIOESTE – Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Professora da Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Cascavel – PR – Brasil. 85812-150

Eliane Brunetto Pertile: Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Maringá, Programa de Pós-Graduação em Educação/PEE. Mestre em Educação do programa de Pós-Graduação em Educação/PPGEDU pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE. Professora da Secretária de Estado da Educação do Paraná – SEED.

 

Elisabeth Rossetto, Professora efetiva. UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutora em Educação. UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Cascavel – PR - Brasil. 85812-150

Elisabeth Rossetto: Professora efetiva da Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, do programa de Pós-Graduação em Educação/PPGEDU, Doutora em Educação/UFRGS, integrante do grupo de pesquisa GEPES/UNIOESTE e do Núcleo de estudos em políticas de inclusão escolar NEPIE/UFRGS.

Downloads

Publicado

18/12/2015

Como Citar

PERTILE, E. B.; ROSSETTO, E. Trabalho e formação docente para o atendimento educacional especializado. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 10, n. 4, p. 1186–1198, 2015. DOI: 10.21723/riaee.v10i4.6219. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6219. Acesso em: 27 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos