Parcerias entre municípios paulistas e a esfera privada para a aquisição de "sistemas" de ensino apostilados na educação infantil

Denise Pinheiro, Theresa Adrião

Resumo


Este artigo analisa as parcerias entre municípios paulistas e a iniciativa privada para a aquisição, via contrato, de “sistemas de material apostilado” para escolas de educação Infantil. Toma-se como base para esta análise os dados levantados durante a pesquisa “Estratégias Municipais para a Oferta da Educação Básica: Análise de Parcerias Público-Privado no Estado de São Paulo”, financiada pela Fapesp. Os resultados, confirmando trabalhos anteriores (Adrião, 2007 e 2008) mostram que a adesão a este tipo de parceria acentuou-se a partir de 2006 e pode virar uma tendência na educação paulista, mesmo em uma etapa de escolaridade em que se questiona a padronização do material pedagógico.


Palavras-chave


Parcerias Público-privado; Sistema de Ensino Apostilado; Educação Infantil;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i9.9281



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.