Validaçao de conteúdo e aparência de um curso online para a vigilância da influenza

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n.esp.2.10065

Palavras-chave:

Educação a distância. Vírus da influenza A. Estudos de validação. Educação profissional.

Resumo

No Brasil, as infecções respiratórias agudas causadas pela influenza são frequentes na população e demandam vigilância constante dos serviços de saúde, o que tem urgido novas tecnologias educacionais para os profissionais de saúde que trabalham na prevenção, promoção e tratamento da doença. O objetivo do estudo é validar o conteúdo e a aparência de um curso online, na modalidade a distância, para a vigilância da influenza, junto a juízes com experiência na rede de vigilância em saúde e epidemiológica. Trata-se de um estudo metodológico, a partir do referencial de Falkemback (2015) e cálculo do índice de validade de conteúdo (IVC). Após o desenvolvimento do curso foi realizada a validação, incluindo dos aspectos pedagógicos que envolveram a formação junto a 13 juízes especialistas nas áreas de educação a distância e vigilância em saúde e epidemiológica na área de influenza (conteúdo,) respectivamente; os mesmos analisaram os seguintes pontos: acessibilidade; usabilidade; funcionalidade; conteúdo; relevância; eficiência e ambiente. Segundo os resultados, os juízes eram na maioria do sexo feminino, oito eram enfermeiros e os demais atuavam na área de odontologia, biologia, farmácia, medicina e medicina veterinária; em relação ao IVC, este foi próximo a 1, evidenciando a pertinência e qualidade do curso online. Ao final, pode-se dizer que a formação, por meio de recursos pedagógicos e didáticos virtuais para profissionais de saúde de todo Brasil, é uma tecnologia educativa virtual que tem possibilitado a aprendizagem colaborativa facilitando o manejo da temática influenza.

Biografia do Autor

Andréa Soares Rocha da Silva, Universidade Federal do Ceará

Professora Adjunta IV, Departamento de Fisioterapia / Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde (NUTEDS/UFC)Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará

Fabiane do Amaral Gubert, Universidade Federal do Ceará

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Adjunta III, Departamento de Enfermagem. Docente do Mestrado Profissional em Saúde da Família RENASF/UFC. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Ivana Cristina Vieira de Lima, Universidade Federal do Ceará

Enfermeira, Discente do Doutorado em Enfermagem e bolsista do CNPq da Universidade Federal do Ceará.

Raquel de Melo Rolim, Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde da Universidade Federal do Ceará (NUTEDS/UFC)

Engenheira de Pesca, Gerente Executiva da UNA-SUS/UFC e coordenadora de planejamento didático e de oferta de Módulos Educacionais para Cursos na modalidade a Distância, criados pela UNASUS e ofertados pela Universidade Federal do Ceará

Diego Rodrigues Tavares, Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde da Universidade Federal do Ceará (NUTEDS/UFC)

Graduado em Mecatrônica Industrial. Mestre em Telessaúde e Telemedicina pela UERJ. Especialista em Educação a Distância pelo Senac. Gerente de Tecnologia de Informação do Telessaúde no Ceará e Gerente de Produção de Objetos de Aprendizagem do Núcleo de Tecnologia e Educação a Distância em Saúde da Universidade Federal do Ceará (NUTEDS/UFC). Fortaleza, Ceará, Brasil. 

Daiana Araújo da Silva, Ministério da Saúde - Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul- UNIJUI (2005). Atualmente presta consultoria técnica em Influenza, pelo Ministério da Saúde- MS. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Pública. Pós Graduação em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde- Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT; Enfermagem em Saúde do Trabalho- Faculdade Católica Dom Aquino de Cuiabá-FAC e Especialização em Epidemiologia pela Universidade Federal de Goiás- UFG. Cursando Mestrado profissional em Políticas Públicas em Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz-FIOCRUZ- Brasília-DF.

Walquiria Aparecida Ferreira de Almeida, Coordenação Geral de Doenças Transmissíveis - CGDT/ Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS)/ Ministério da Saúde (MS)

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade de Marília (1997), com Mestrado em Medicina Veterinária (área de Patologia Animal com ênfase em Saúde Pública) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Jaboticabal (2001) e Especialização em Epidemiologia pela Universidade Federal de Goiás (2012).

Referências

ALEXANDRE, N. M. C.; COLUCI, M. Z.O. Validade de conteúdo nos processos de construção e adaptação de instrumentos de medidas. Ciênc. saúde col. Rio de Janeiro, v. 16, n. 7, p. 3061-3068, 2011 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011000800006&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 22 ago. 2017.

BELUCE, A. C.; OLIVEIRA, K. L. Students. Motivation for Learning in Virtual Learning Environments. Paidéia (Ribeirão Preto), Ribeirão Preto , v. 25, n. 60, p. 105-113, 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-863X2015000100105&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 ago. 2017.

CAMARGO, A. L; ITO, M. Utilização das tecnologias de informação e comunicação na área da saúde: uso das redes sociais pelos médicos. J. Health Inform. São Paulo. v. 4, n.4, p. 165-169, 2012.

CARBONERO, F.C. Análise das publicações nacionais sobre educação a distância na área da saúde. Associação Brasileira de Educação a Distância, Volume 15, n.1. p.52-59 Disponível em <http://seer.abed.net.br/edicoes/2016/04_Analise_das_publicacoes.pdf>. Acesso em: 05 jun. 2017.

DA SILVA F. R. et al. Produção e execução de um curso a distância como resposta rápida à epidemias emergentes: O caso do combate ao Mosquito Aedes Aegypti. Clin Biomed Res, Porto Alegre. 36(Supl), 2016. Disponível em: < http://hdl.handle.net/10183/149415>. Acesso em: 24 jul. 2017.

Disponível em: <http://www.cyberbee.com/guides_sites.html>. Acesso em: 20 Maio 2017.

FALEIRO F.R. G. et al. Educação a Distância e formação técnica em saúde: percepção dos Diretores das escolas técnicas do Sus no Brasil. Atas – Invest. Qual. Saúd. Porto, Portuga, .v.1. Disponível em: <http://Proceedings.Ciaiq.Org/Index.Php/Ciaiq2016/Article/Viewfile/800/786>. Acesso em: 23.ago. 2017.

FALKEMBACH, G. A. M. Concepção e Desenvolvimento de Material Educativo Digital. Revista RENOTE. Porto Alegre, v.3, n1, p.1-15.2005. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/13742/7970. Acesso em: 20 jul. 2017.

FROTA, N. M. et al. Validation of educational hypermedia about peripheral venipuncture. Texto contexto - enferm., Florianópolis , v. 24, n. 2, p. 353-361, 2015 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072015000200353&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 jul. 2017.

GROSSI, M. G. R.; MORAES, A. L.; BRESCIA, A. T. Interatividade em Ambientes Virtuais de Aprendizagem no processo de ensino aprendizagem na Educaçao a Distância. Rev. @Rq. Bras. De Educação, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 75-92, 2013. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/arquivobrasileiroeducacao/article/view/P.2318-7344.2013v1n1p75/5543. Acesso em: 28 jul.2017.

GUOHONG, G. et al. The Study on the Development of Internet-based Distance Education and Problems. Energy Procedia, v. 17, p.1362–1368. 2012. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.egypro.2012.02.253>. Acesso em 05 jun. 2017.

JOSEPH, L. Cyberguide Ratings For Content Evaluation. Cyberguides, 2012.

LOBIONDO-WOOD, G.; HABER, J. Pesquisa Em Enfermagem: Métodos, Avaliação crítica e Utilização. 4. Ed. Rio De Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.

MAHMODI, M., EBRAHIMZADE, I. The analysis of Iranian students’ persistence in online education. The International Review of Research in Open and Distributed Learning, 16(1). 2015. Disponível em: <https://doi.org/10.19173/irrodl.v16i1.1982>. Acesso em 05 jun. 2017.

MASETTO, M. T. Mediação pedagógica e o uso de tecnologia: In: BEHRENS, M.A; MORAN, J.M. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 19.ed. Campinas: Papirus, 2012.

MOORE, M. G. Educação a Distância: Uma Visão Integrada. In: MOORE, M. G., KEARSKEY, G. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

PRADO, C. et al. Ambiente Virtual de Aprendizagem no Ensino de Enfermagem: Relato de Experiência. Rev. bras. enferm., Brasília , v. 65, n. 5, p. 862-866, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672012000500022&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 23 Aug. 2017

RANGEL-S, M. L. et al. Redes De Aprendizagem Colaborativa: Contribuição Da Educação a Distância no processo de qualificação de gestores do Sistema Único de Saúde - Sus. Interface (Botucatu), Botucatu , v. 16, n. 41, p. 545-556, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832012000200019&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 23 Aug. 2017.

SCHALCH, C. S; SANTOS, E. U. A utilização de recursos de mídias no processo de ensino aprendizagem: identificação de novos perfis docentes. Revista Educ. & tec. Curitiba. n.15, p. 18-33, 2015. Disponível em: http://revistas.utfpr.edu.br/pb/index.php/revedutec-ct/article/view/1921/1601. Acesso em: 15 jul. 2017.

SILVA, J. K. et al. A importância do conhecimento quanto ao vírus da influenza A (H1N1): relato de experiência. Rev. de Epidemiol e Control de Infec. Santa Cruz do Sul, v. 5, n. 4, p. 209-211, 2015. ISSN 2238-3360. Disponível em: <https://online.unisc.br/seer/index.php/epidemiologia/article/view/6192>. Acesso em: 22 ago. 2017.

TELES, L. M. R. et al . Development and validating an educational booklet for childbirth companions. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo , v. 48, n. 6, p. 977-984, 2014 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342014000600977&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 22 Aug. 2017.

Downloads

Publicado

23/08/2017

Como Citar

DA SILVA, A. S. R.; GUBERT, F. do A.; DE LIMA, I. C. V.; ROLIM, R. de M.; TAVARES, D. R.; DA SILVA, D. A.; DE ALMEIDA, W. A. F. Validaçao de conteúdo e aparência de um curso online para a vigilância da influenza. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. esp.2, p. 1408–1420, 2017. DOI: 10.21723/riaee.v12.n.esp.2.10065. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/10065. Acesso em: 4 mar. 2021.