A construção da pedagogia universitária da unipampa nos primeiros anos de criação - visão institucional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v13.n3.2018.10092

Palavras-chave:

UNIPAMPA, Desenvolvimento profissional docente, Pedagogia universitária.

Resumo

Refere-se a uma investigação desenvolvida em 2015, que teve como objetivo compreender como se construiu a pedagogia universitária na Universidade Federal do Pampa – UNIPAMPA nos primeiros anos de criação da Instituição. Para tanto, desenvolveu-se uma pesquisa com finalidade descritiva e enfoque metodológico qualitativo. Um estudo de caso único. Foram utilizadas as seguintes técnicas de coleta: Observação, pesquisa documental e entrevista “face a face e por pautas” com duas pessoas relevantes para a investigação, as quais participaram da gestão, no período analisado. Tais entrevistados foram denominados de E1 e E2. Para a análise dos dados, foi utilizado o software Nvivo. No desenvolvimento do processo realizou-se a análise de conteúdo, análise de discurso e triangulação de dados. O referencial teórico apresentado divide a pedagogia universitária em três categorias: A “organização e avaliação institucional, a formação universitária e o desenvolvimento profissional docente”. Na sequência, partindo-se das concepções apresentadas e referencial teórico indicado, assumiu-se a postura de que a pedagogia universitária é um campo do conhecimento específico, transdisciplinar e complexo que trata da formação em nível superior onde está envolvido o ensino, a formação docente e a instituição. Dessa forma, buscou-se verificar se a construção da pedagogia universitária na UNIPAMPA tinha correspondência com o estudo estabelecido. A investigação evidenciou que, apesar das dificuldades pontuadas, a Gestão Institucional e os documentos da Universidade demonstraram que a UNIPAMPA apresentou preocupação e construiu sua pedagogia universitária embasada nas três categorias de análise.

Biografia do Autor

Caren Rossi, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Possui Curso de Habilitação ao Magistério, Graduação em PEDAGOGIA pela Universidade Federal de Santa Maria (2006). Curso de especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Faculdade Internacional de Curitiba. Doutorado em educação pela Universidad Nacional de Rosario - Argentina. Atualmente é Técnica em Assuntos Educacionais na Universidade Federal do Pampa.

Alzira Elaine Melo Leal, Universidade da Região da Campanha - URCAMP

Possui graduação em Estudos Sociais pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Imaculada Conceição (1971), graduação em Habilitação Em Educação Moral e Cívica pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Imaculada Conceição (1983), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2001) e doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008). Professora titular da Universidade da Região da Campanha, tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: construção do conhecimento, educação, formação de professores, pesquisa e docência universitária, e Metodologia da Pesquisa (elaboração de Projetos, Resenhas, Artigos e orientação em TCCs.

Katiane Rossi Haselein Knoll, Instituto Federal Farroupilha

Possui Técnico em Administração pela UFSM, é Bacharel em Administração e Especialista Executiva em Negócios. Mestranda do PPGE em Administração da UNIPAMPA. Atualmente é Administradora do Instituto Federal Farroupilha, sendo Coordenadora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e Diretora Substituta de Planejamento e Desenvolvimento Institucional. Já ministrou aulas nas Escolas Profissionalizantes Quality e Exattus, na cidade de SantAna do Livramento / RS. Dedicou-se de 2010 a início de 2014 ao Serviço Militar, sendo Sargento Técnica Temporária do Exército Brasileiro na área de administração. Possui experiência nos setores Público e Privado.

Referências

ALARCÃO, I. Professores Reflexivos em uma escola reflexiva. 7 ed. SP: Cortez, 2010.

BEHARES, L. E. Consideraciones sobre el sentido de las “pedagogías” y las “didácticas” universitarias, con especial referencia a la experienciauruguaya. Educação: Revista do Centro de Educação UFSM, V. 36, p. 337-350, 2011.

BOLZAN, D. P.V. Formação permanente e conhecimento pedagógico compartilhado: possibilidades na docência universitária. In: ISAIA, S. M. de.; BOLZAN, D. P. V.; MACIEL, A. M. da R. (orgs). Pedagogia universitária: tecendo redes sobre a educação superior. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2009. p. 131-147.

BROILO, C. L. Pedagogia Universitária: (re)visitando a assessoria pedagógica na universidade. In: MOREIRA, J. C. de.; MELLO, E. M. B.; COSTA, F. T. L. da. (Orgs). Pedagogia universitária: campo de conhecimento em construção. Cruz Alta: Unicruz, 2005. p. 428-447.

CUNHA, M. I. Pedagogia universitaria. In: MOROSINI, M. C. Enciclopédia de Pedagogia Universitária: Glossário (v. 2, p. 351). POA: FAPERGS/RIES, 2006.

CUNHA, M. I. da. Inovações Pedagógicas: o desafio da reconfiguração de saberes na docência universitária. In: PIMENTA, S. G.; ALMEIDA, M. I de (orgs). Pedagogia Universitária. SP: EDUSP, 2009. p. 211-235.

GARCIA, C. M. Formação de Professores: para uma mudança educativa. Porto, Portugal: Ed. Porto LDA, 1999.

GIL, A. C. Estudo de Caso: fundamentação científica, subsídios para coleta e análise de dados, como redigir o relatório. SP: Atlas S.A, 2009.

GUERRA, J. H. L. Proposta de um protocolo para o estudo de caso em pesquisas qualitativas. Encontro Nacional de Engenharia de Produção, v. 30, p. 1-13, 2010.

IMBERNÓN, F. Formação Docente e Profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 5 ed. São Paulo: Ed. Cortez, 2005.

LEITE, D. Pedagogia Universitaria. In M.C. MOROSINI (Ed. chefe). Enciclopédia de Pedagogia Universitária: Glossário (v. 2, p. 57). POA: FAPERGS/RIES, 2006.

MACIEL, A. M. R. da. O processo Formativo do Professor no Ensino Superior: Em Busca de uma Ambiência (Trans) Formativa. In: ISAIA, S. M. de A.; BOLZAN, D. P. V.; MACIEL, A. M. da R. (Orgs). Pedagogia Universitária: tecendo redes sobre a educação superior. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2009. p. 63-77.

MARTINS, G. de A. Estudo de Caso: uma estratégia de pesquisa. 2 ed. SP: Atlas S.A, 2008.

MENIN, O. Pedagogia y Universidad: currículum, didáctica y evaluación. Rosário, Argentina: Homo Sapiens Ediciones, 2006.

MORIN, E. et al (orgs.). Educação e Complexidade: os sete saberes e outros ensaios. 4 ed. SP: Cortez, 2007.

MOROSINI, M. C. (org.). Enciclopédia de Pedagogia Universitária, v. 1. POA: FAPERGS/RIES, 2003.

MOROSINI, M. C. (ed. chefe). Enciclopédia da Pedagogia Universitária, v. 2. Brasília: INEP/RIES, 2006.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. das G. C. Docência no Ensino superior, v. I. São Paulo, Brasil: Cortez, 2002.

ROSSI, C. La construcción de la pedagogía universitaria en una nueva institución de enseñanza superior: un estudio de los tres primeros años de la creación de la Universidad Federal de Pampa – UNIPAMPA. 2016. 260f. Tese (Doutorado en Humanydades y Artes con Ênfase en Ciência de la educación) – Universidad Nacional de Rosario – UNR, Rosario, Argentina, 2016.

SANJURJO, L. Razones que fundamentannuestra mirada acerca de laformación em las prácticas. In L. Sanjurjo (org). Los dispositivos para La formación em las prácticas profesionales. Rosário/Argentina: Homo Sapiens Ediciones, 2009. p. 15-43.

SILVA, M. H. A. da; PEREZ, I. L. Docência no Ensino Superior. Curitiba, Brasil: IESDE Brasil S. A, 2009.

SOARES, S. R. Pedagogia Universitária: campo de prática, formação e pesquisa na contemporaneidade. In: NASCIMENTO, A. D.; HETKOWSKI, T. M. (orgs). Educação e contemporaneidade: pesquisas científicas e tecnológicas. Salvador, Brasil: DUFBA, 2009. ISBN 978-85-232-0565-2. [online] p. 93 -108

SOBRINHO, J. D. Avaliação Educativa: Produção de Sentidos com Valor de Formação. In: ISAIA, S. M. de.; BOLZAN, D. P. V.; MACIEL, A. M. da R. (Orgs). Pedagogia Universitária: tecendo redes sobre a educação superior. SM: Ed. da UFSM, 2009. p. 35-48.

TRIVIÑOS, A. N. S. A introdução à pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação. SP: Atlas, 1987.

UNIPAMPA. Portaria nº 0745 de 13 de abril de 2010. Institui a estrutura organizacional da Universidade Federal do Pampa. Bagé, 2010.

UNIPAMPA. Projeto de Implementação Pedagógica 2010-2011, Bagé, junho de 2010. Disponível em: http://porteiras.r.UNIPAMPA.edu.br/portais/cap/files/2012/04/Projeto_Versao-Final-_.pdf. Acesso em: 05 ago. 2014.

UNIPAMPA. Fóruns das Áreas de Conhecimento (Documento de Apresentação). Bagé, 2012.

UNIPAMPA. Edital Nº 029/2008. Dispõe sobre Concurso Público para docente. Bagé, 2008. Disponível em: http://www.UNIPAMPA.edu.br/ portal/dmdocuments/edital292008_concurso.pdf. Acesso em: 18 nov. 2015.

UNIPAMPA. Edital Nº 36/2009. Dispõe sobre Concurso Público para docente. Bagé, 2009. Disponível em: http://www.UNIPAMPA.edu.br/ portal/dmdocuments/Edital36_2009_concurso_docente.pdf. Acesso em: 18 nov. 2015.

UNIPAMPA. PI - Projeto Institucional. Bagé, 2009.

YIN, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. POA: Bookman editora, 2015.

ZEICHNER, K. M. A formação reflexiva de professores: idéias e práticas. Lisboa: Educa, 1993.

Publicado

03/07/2018

Como Citar

ROSSI, C.; LEAL, A. E. M.; KNOLL, K. R. H. A construção da pedagogia universitária da unipampa nos primeiros anos de criação - visão institucional. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 4, p. 967–978, 2018. DOI: 10.21723/riaee.v13.n3.2018.10092. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/10092. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos