A etnocenologia, histórias de vida e percurso formativo: professores de dança

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v14i1.11853

Palavras-chave:

Etnocenologia, Histórias de vida, Percurso formativo, Dança.

Resumo

Este artigo problematizou o encontro entre as histórias de vida no âmbito do cotidiano e da cultura popular amazônica, cujo objetivo foi identificar o entrelaçamento entre histórias de vida e a etnocenologia no percurso formativo dos estudantes da Licenciatura em dança. Os resultados mostraram que o uso das histórias de vida como recurso metodológico para a identificação dos objetos de pesquisa consagraram a constituição de pessoa e do docente mediados pela cultura local e o cotidiano, o que possibilitou a constatação de que a etnocenologia nessa formação caminhou para além do caráter curricular, uma vez que esta sempre esteve presente em suas vidas. Concluiu-se que a etnocenologia foi a teoria que mais embasou a compreensão da realidade social e cultural dos estudantes em relação a manifestações culturais dos lugares onde vivem.

Biografia do Autor

Ricardo Augusto Gomes Pereira, Programa de Pós-graduação em Educação/ Universidade Federal do Pará

Pedagogo, Mestre em Gestão e desenvolvimento Regional (UNITAU), Mestre em Educação (PPGED/ ICED/ UFPA) Doutor em Educação (PPGED/ ICED/ UFPA

Carlos Jorge Paixão, Universidade Federal do Pará

Graduação em Pedagogia (Faculdades Integradas do Colégio Moderno - FICOM,1984); Especialização em Metodologia do Ensino Superior (UNESPA, Convênio MEC/SESU/CAPES, 1988); Especialização em Planejamento e Avaliação Educacional ( FICOM, 1989); Mestrado em Educação (Currículo) pela PUC-São Paulo, 1993; Doutorado em Educação pela UNESP, 1999; Pós-Doutorado em Educação pela FE-UNICAMP, sob a Supervisão do Prof. Dr. Silvio Gamboa, 2011-2012. Atuou como Pedagogo (Funções: Adm. Escolar no Ensino Fundamental e Prof. de Ensino Médio) no Departamento de Ensino Fundamental e Departamento de Ensino Médio da SEDUC/PA (1983-1990). Professor do Curso de Pedagogia - FAED/ICED/UFPA e Membro do Corpo Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação do ICED-UFPA, atuando na Linha de Pesquisa Educação, Cultura e Sociedade (Mestrado e Doutorado). Docente com Experiência de Ensino e Pesquisa na área de Educação, com ênfase em: História da Educação; Filosofia da Educação; Cultura Epistemológica; Epistemologia e Teorias da Educação; Epistemologia, Didática e Prática Docente. Grupos de Pesquisa / Diretório do CNPq: 1) Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Sobre Teorias, Epistemologias e Métodos da Educação - EPsTEM / UFPA; 2) Pesquisador Colaborador do Grupo de Estudos e Pesquisas PAIDEIA da FE-UNICAMP. 

Referências

ANDRÉ, Marli. Estado da Arte da Formação de professores no Brasil. Educação & Socie-dade, ano XX, nº 68, 1999. 301-309pp.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. A educação como cultura. Campinas/SP: Mercado das le-tras, 2002, 255p.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação popular? São Paulo: Brasiliense, 2006. 110p.

BIÃO, Armindo Jorge de Carvalho (organizador). Artes do corpo e do espetáculo: questões de etnocenologia. Salvador/ BA: P&A Editora, 2007.

BIÃO, Armindo Jorge de Carvalho (organizador). Etnocenologia e a cena baiana: textos reunidos. Salvador/BA: P&A Gráfica e Editora, 2009. p. 34-43.

BIÃO, Armindo Jorge de Carvalho. A Presença do Corpo em Cena nos Estudos da Perfor-mance e na Etnocenologia. R.bras.est.pres., Porto Alegre, v.1, n.2, p. 346-359, jul./dez., 2011. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/presenca. Acesso em: 05 set. 2018.

DOUXAMI, Christine. Poder, política, manifestações populares e extensão turística no litoral norte da Bahia. Colóquio Internacional de Etnocenologia. V Colóquio Internacional de Etnocenologia. Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-graduação em Artes Cêni-cas. Salvador: Fast Design, 2007. 230 p.

GREINER, Christine.; BIÃO, Armindo (organizadores). Etnocenologia: textos selecionados. São Paulo: Annablume, 1999. 194 p.

GOMES, Célia Conceição Sacramento. O ritual e o lúdico nas tradições culturais: poéticas e performances. Colóquio Internacional de Etnocenologia. V Colóquio Internacional de Et-nocenologia. Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas. Salvador: Fast Design, 2007. 230 p.

INSTITUTO DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Cen-so escolar 2015. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/censo-escolar/. Acesso em: 05 set. 2018.

LÜDKE, Menga.; ANDRÉ, Marli E. D. A. Pesquisa em educação: Abordagens qualitati-vas. São Paulo: EPU, 1986.

MOTTA, Luiz Gonzaga. Análise crítica da narrativa. Brasília/ DF: Editora da universidade de Brasília, 2013.

STEIL, Carlos Alberto. Pluralismo, modernidade e tradição: transformações no campo religioso. Ciências sociais e religião, n. 3, p. 115-129, 2001. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/19418/000301876.pdf. Acesso em: 20 jun. 2014.

SOUZA, César Augusto Martins de.; GUERRA, Gutemberg Armando Diniz. Baco na Tran-samazônica Paraense: o carnaval reinventado e oficializado no município de Altamira, Pará. UFPA: 2005. Disponível em http://mafds.websimples.info/files/arquivo/100/TextoN008_Baco_na_Transamazonica_Paraense.pdf. Acesso em: 18 fev. 2015.

RODRIGUES, Airleise Sarges. A espetacularidade das festas das academias de dança de salão. Belém/ PA: Ensaio Geral, Edição Especial, v. 1, n. 1, 2010.

SOUZA, Elizeu Clementino de. História de vida e práticas de formação: escrita de si e co-tidiano escolar. Brasília: Programa Salto para o futuro, SEED/MEC, 2007.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Pontes e muros: Pesquisa narrativa e trajetórias (auto) biográ-ficas – O lugar da memória e a memória de lugar na educação rural. In: SOUZA, Elizeu Cle-mentino de.; BRAGANÇA, Inês Ferreira de Souza. Pesquisa (auto) biográfica, temas transversais: memória, dimensões sócio-históricas e trajetória de vida. Porto Alegre: EDI-PUCS, Natal: EDUFRN, Salvador: EDUNEB, 2012. 299p.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ Resolução n. 3.616, de 22 de novembro de 2007. Aprova a criação do Curso de Licenciatura Plena em Dança. Belém/PA: CONSUL/ UFPA, 2007.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Dança - PARFOR. Belém/PA: ETDUFPA, 2011.

Publicado

01/01/2019

Como Citar

PEREIRA, R. A. G.; PAIXÃO, C. J. A etnocenologia, histórias de vida e percurso formativo: professores de dança. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 1, p. 265–279, 2019. DOI: 10.21723/riaee.v14i1.11853. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11853. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Relatos de Experiência