Inclusão e educação infantil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v14iesp.1.12214

Resumo

O direito de todos à educação de qualidade tem se constituído em meta nas políticas públicas sociais, frente às desigualdades engendradas pelas/nas condições de existência humana, o que, sem dúvida, configurou avanços direcionados a minimizar essas desigualdades. Entretanto, equívocos e contradições persistem, no que diz respeito à esfera educacional, tensionando o debate acerca das possibilidades de superação dessas desigualdades e de garantia desse direito, determinando, também, retrocessos que, indubitavelmente, afetam a inclusão de crianças da Educação Infantil nos processos educativos, a depender da maneira como tais processos são compreendidos e de como isso se refrata no trabalho educativo.

Biografia do Autor

Claudia Regina Mosca Giroto, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília - SP

Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília - SP - Brasil. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) e do Departamento de Educação Especial, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar (PPGEE), Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr). Doutora em Educação.

Fabiana Cristina Frigieri de Vitta, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília - SP

Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília - SP - Brasil. Docente do Departamento de Educação Especial, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), e do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar (PPGEE), Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr). Doutora em Educação Especial.

Luciana Aparacida de Araujo, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília - SP

Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília - SP - Brasil. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) e do Departamento de Didática, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Doutora em Educação.

Publicado

01/04/2019

Como Citar

Giroto, C. R. M., Vitta, F. C. F. de, & Araujo, L. A. de. (2019). Inclusão e educação infantil. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 14(esp.1), 635–640. https://doi.org/10.21723/riaee.v14iesp.1.12214

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)