O processo de reformulação curricular do ensino técnico integrado ao ensino médio no IFSULDEMINAS - Campus Muzambinho

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v16i4.13634

Palavras-chave:

Ensino técnico profissionalizante, Metodologias ativas, Aprendizagem centrada no estudante

Resumo

O texto objetiva descrever a reformulação dos Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPCs) técnicos integrados ao ensino médio do IFSULDEMINAS - Campus Muzambinho. Trata-se de um relato de experiência, na perspectiva do gestor escolar, durante o primeiro semestre do ano de 2019. Cerca de 100 professores foram envolvidos neste processo. A reformulação foi estruturada em: (i) criação de Grupos de Trabalho (GTs); (ii) estabelecimento do perfil do egresso; e (iii) Construção das diretrizes curriculares com a definição dos conhecimentos necessários para atingir o perfil de formação. Como desfecho houve duas dimensões: (i) Perfil do egresso reestruturado e (ii) reestruturação da carga horária em sua totalidade. O processo de reformulação curricular foi finalizado com a construção de instrumentos normativos baseados sobretudo nas demandas de inovação e empreendedorismo, estabelecendo coerência com itinerário formativo, dando sequencialidade nas etapas formativas e ultrapassando a visão curricular como conjuntos isolados de conhecimentos e práticas desarticuladas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Aparecido de Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS), Muzambinho – MG

Diretor-Geral do Campus Muzambinho. Doutorado em Engenharia Biomédica (UNIVAP).

Aracele Garcia de Oliveira Fassbinder, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS), Muzambinho – MG

Diretora de Desenvolvimento Educacional do Campus Muzambinho. Doutorado em Ciências da Computação e Matemática Computacional (USP).

Carolina José Maria, Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), Piracicaba – SP

Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutorado em Educação (UNIMEP).

Referências

COTRIM-GUIMARÃES, I. M. A.; OUVERNEY-KING, J. R. Por dentro do sistema educacional Finlandês: elementos para se repensar o ensino médio integrado no Brasil. In: SEMINÁRIO NACIONAL DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO, 2., 2018. Anais […] Brasília: Instituto Federal de Brasília. p.55-70. Disponível em: https://www.even3.com.br/anais/snemi/55101-por-dentro-do-sistema-educacional-finlandes—elementos-para-se-repensar-o-ensino-medio-integrado-no-brasil/. Acesso em: 29 mar. 2020.

DUFOUR, R. et al. Recurring Themes of Professional Learning Communities and the Assumptions They Challenge. In: On Common Ground: The Power of Professional Learning Communities. Bloomington: Solution Tree Press., 2005. p. 7-30.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais [IFSULDEMINAS]. 2019. Resolução do Conselho Superior (CONSUP) n. 021 de 27 de março de 2019. Dispõe sobre a aprovação das Diretrizes Indutoras do IFSULDEMINAS para a oferta de cursos técnicos integrados ao Ensino Médio. Disponível em: https://portal.ifsuldeminas.edu.br/images/PDFs/Conselho_Superior_/resolucoes/2019/21.pdf. Acesso em: 20 maio 2019.

MALLINEN, S.; PROKKI C. “Eu não sou um professor, sou um Educador”: Finnish education meets Brazilian creativity. Tampere: Kirjapaino Hermes Ou, 2016. 117 p.

RAMOS, M. Concepção do ensino médio integrado. Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2008. Disponível em: https://tecnicadmiwj.files.wordpress.com/2008/09/texto-concepcao-do-ensino-medio-integrado-marise-ramos1.pdf. Acesso em: 15 maio 2019.

SILVA, E.G.B.; ROSA, D.Z. O ensino médio integrado no Instituto Federal Farroupilha: fundamentos, metodologia de constituição. In: SEMINÁRIO NACIONAL DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO, 2., 2018. Anais […] Brasília: Instituto Federal de Brasília, 2018. p. 2-27. Disponível em: https://www.even3.com.br/anais/snemi/103240-o-ensino-medio-integrado-no-instituto-federal-farroupilha—fundamentos-metodologia-de-constituicao/. Acesso em: 29 mar. 2020.

SILVEIRA, E. L. D.; SILVA, R. R. D. A flexibilização como um imperativo político nas políticas curriculares para o Ensino Médio no Brasil: uma leitura crítica. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 4, p. 1759-1778, 2018. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11226/7690. Acesso em: 01 fev. 2021.

SOUZA, R. A.; SILVA, G. C.; COIMBRA, M. B. B. Construção colaborativa para a educação inclusiva: como a experiência educacional finlandesa pode rechear esse processo? Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. esp. 1, p. 576-585, 2018. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11457/7336. Acesso em: 20 mar. 2020.

VIEIRA, L. et al. Inovação curricular no ensino médio: das experiências exitosas às duvidosas propostas de mudança. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 3, p. 1422-1442, 2020. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/12720/9201. Acesso em: 03 fev. 2021.

Publicado

21/10/2021

Como Citar

DE SOUZA, R. A.; FASSBINDER, A. G. de O.; MARIA, C. J. O processo de reformulação curricular do ensino técnico integrado ao ensino médio no IFSULDEMINAS - Campus Muzambinho. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 4, p. 2791–2807, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i4.13634. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13634. Acesso em: 26 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos