Crianças em transições na vida cotidiana e nas instituições

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15i4.13847

Palavras-chave:

Periodização do desenvolvimento, Psicologia histórico-cultural, Transições, Perspectiva da criança.

Resumo

Apresenta-se a obra Children's transitions in everyday life and institutions, de 2019, que aborda os processos de transição das crianças em/entre práticas institucionais à luz dos princípios da psicologia histórico-cultural. Organizada por Mariane Hedegaard e Marilyn Fleer, a obra retrata diversas situações empíricas dando destaque à perspectiva da criança nos processos de transição que, ocorrendo desde muito cedo na vida infantil, promovem a reestruturação de suas relações sociais. Esse processo guarda, em potencial, a possibilidade de formação de novas capacidades afetivo-cognitivas. O destaque à perspectiva da criança e à dimensão institucional na análise das atividades-guia são apontados, nessa resenha, como importantes contribuições aos estudiosos brasileiros dessa tradição teórica. Pondera-se a ampliação do escopo do conceito de transição, incluindo passagens “horizontais” de nível microgenético, demarcando-se que a transformação dos motivos e a organização intencional destes nos processos educativos são os aspectos nucleares da problemática das transições no desenvolvimento.

Biografia do Autor

Carolina Picchetti Nascimento, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Professora Adjunta do Departamento de Metodologia de Ensino. Doutorado em Educação (USP).

Juliana Campregher Pasqualini, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Bauru, SP

Professora Assistente do Departamento de Psicologia. Doutorado em Educação Escolar (UNESP).

Referências

DAVIDOV, Vasili Vasilovich. La enseñanza escolar y el desarrollo psíquico: investigación teórica y experimental. Moscú: Editorial Progreso, 1988.

HEDEGAARD, Mariane. The significance of demands and motives across practices in children's learning and development: An analysis of learning in home and school. Learning, Culture and Social Interaction, v. 3, n. 3, p. 188-194, set. 2014.

HEDEGAARD, Mariane; FLEER, Marilyn. Children’s transitions in everydaylife and institutions. London: Bloomsbury, 2019.

HEDEGAARD, Mariane; FLEER, Marilyn. Studying children: a cultural-historical approach. London: Open University Press, 2008.

ILYENKOV, Evald Vasilievich. The dialectics of the abstract and the concrete in Marx’s Capital. Delhi: AAKAR books, 2008.

LEONTIEV, Alex Nikolaevich. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizontes, 1978.

LEONTIEV, Alex Nikolaevich. Actividad, conciencia y personalidad. Havana: Pueblo y Educacion, 1983

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

VYGOTSKI, Lev Semionovich. Obras Escogidas. Tomo III. Madri: Visor, 1995.

VYGOTSKI, Lev Semionovich. Obras Escogidas. Tomo IV. Madri: Visor, 1996.

VYGOTSKI, Lev Semionovich. Obras Escogidas. Tomo V. Madri: Visor, 1997.

Publicado

26/06/2020

Como Citar

NASCIMENTO, C. P.; PASQUALINI, J. C. Crianças em transições na vida cotidiana e nas instituições. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 4, p. 2115–2125, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v15i4.13847. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13847. Acesso em: 5 mar. 2021.