A educação social nos novos espaços e tempos: as realidades entroncadas da intervenção social e educativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp3.14423

Resumo

O artigo norteia-se pelos seguintes objetivos, na base de uma metodologia hermenêutica (analítica) que coincide com os pontos estruturais do texto: Analisar os indícios/vestígios da realidade atual e o reto da educação social; Clarificar conceptual e semanticamente a pedagogia social e educação social, no âmbito das Ciências da Educação; Compreender a (inter)relação entre a pedagogia social (âmbito teórico) e a educação social (âmbito prático), especialmente a prática da ação pedagógico-social do educador social na comunidade; Aprofundar a pedagogia social e educação social no contexto da intervenção social escolar. Servimo-nos de um quadro teórico-conceptual norteado por um conjunto de estudos de especialistas sobre a pedagogia social e educação social, que nos levaram a aprofundar estes conceitos nos novos espaços e tempos atuais da sociedade em geral. Os espaços e tempos na atualidade marcam a Pedagogia no âmbito social, seja ao nível escolar e não-escolar. Sabemos que a globalização fez proliferar ‘espaço e tempo’ no aprender e nas formas de conviver, com novas caraterísticas e áreas de ação ou intervenção. Pretendemos que a educação social inclua uma série de caraterísticas de intervenção, relacionadas com áreas específicas que são hoje fundamentais, para além daquelas que a sua evolução e identidade têm abarcado, por exemplo: educação escolar de adultos, gerontológica e intergeracional; o empreendedorismo social; a educação ambiental e ecológica; a gestão e promoção da cultura, do patrimônio e do turismo ecológico/rural; os imigrantes, os refugiados e os grupos étnicos; a promoção da mulher; a mediação (escolar, social), etc.

Biografia do Autor

Ernesto Candeias Martins, Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), Castelo Branco – Portugal

Coordenador do Mestrado de Intervenção Social Escolar e membro de comissões científicas de mestrados na Escola Superior de Educação. Doutor em Educação/Ciências da Educação Coordenou como responsável institucional o Projeto Transfronteiriço entre Universidad de Extremadura (Badajoz-Espanha) ‘Programa de Inteligência Emocional em alunos da Educação Básica na Região de Castelo Branco’ (entre 2011-2017).

Referências

AZEVEDO, S.; CORREIA, F.; DELGADO, P.; MARTINS, T. A educação social em Portugal: novos desafios para a identidade profissional. Interfaces Científicas Educação, 3 (1), p. 113-124, 2014.

BAENA, M. P. L.; SÁENZ, J. M. M.; QUINTANA-CABAÑAS, J. M. Pedagogía Social. Madrid: Publ. Uned, 2002.

CAPUL, M.; LEMAY, M. Da Educação à Intervenção Social, 1º vol. Porto: Porto Editora, 2003.

CARIDE, J. A. Las identidades de la educación social. Cuadernos de Pedagogía, nº 321, p. 47-51, 2003.

CARIDE, J. A. Las fronteras de la Pedagogía Social. Perspectivas científica e histórica. Barcelona: Gedisa, 2005.

CARIDE, J. A: acerca de los nuevos y viejos desafios de la educación social. Revista de Educação Pública (UFMT-Brasil), Vol. 18, nº 38, p. 449-468, 2009.

CARIDE, J. A.; GRADAÍLLE, R.; BELÉN CABALLO, M. De la Pedagogia social como educación, a la educación social como Pedagogía. Perfiles Educativos – Pedagogia Social y Educación Social (IISUE – Univ Nacional Autónoma de México), Suplemento -Vol. XXXVII, nº 148 (tercera época), p. 4-11, 2015.

CARVALHO, A. D.; BAPTISTA, I. Educación Social. Fundamentos e estratégias. Porto: Porto Editora, 2004.

COLOM, A. J. La pedagogia social como modelo de intervención socioeducativa. Bordón (SEP-Madrid), nº 247, p. 165-180, marzo/abril, 1983.

COLOM, A. J. et al. Modelos de Intervención Socioeducativa. Madrid: Narcea, 1987.

DIAZ, A.S. Uma Aproximação à Pedagogia. Revista Lusófona de Educação, (ULHT-Lisboa), nº 7, p. 91-104, 2006.

GRAMIGNA, A. Manuale di Pedagogia Sociale (Scenari del presente e azione educativa). Roma: Armando Editore, 2003.

MARTIN, R. L. Fundamentos políticos de la educación social. Madrid: Ed. Síntesis, 2009.

MARTINS, E. C. A Pedagogia social/Educação social nos meandros da comunidade e da escola. Educare et Educere (ESECB-Portugal), XV (1), 2013, p. 5-24, 2013.

MERINO, J. V. Pedagogía social y educación social: Reto de conocimiento y de acción para el siglo XXI. In: J. RUIZ BERRIO (ed.), Pedagogía y Educación ante el Siglo XXI. Madrid: Publ. Universidad Complutense Mafrid, 2005, p. 225-251.

MORIN, E. O desafio do Século XXI. Religar os conhecimentos. Lisboa: Instituto Piaget, 2001.

NÚÑEZ, V. (coord.). Pedagogía social: cartas para navegar en el nuevo milénio. Buenos Aires: Santillana, 1999.

NÚÑEZ, V. (coord.). La educación en tiempos de incertidumbre: Las apuestas de la Pedagogía Social. Barcelona: Gedisa, 2002.

ORTEGA [Esteban], J. Pedagogía Social Especializada. Pedagogía de menores en dificultad y en conflicto social. Barcelona: Ed. Ariel, 1999.

ORTEGA [Esteban], J. La educación a lo largo de la vida: la educación social, la educación escolar, la educación continua... todas son educaciones formales. Revista de Educación (Madrid), nº 333, p. 167-175, 2005.

PÉREZ SERRANO, G. Pedagogía social – educación social. Construción científica e intervención práctica. Madrid: Narcea, 2004.

PETRUS, A. Pedagogía Social. Barcelona: Ariel, 1997.

PETRUS, A. Nuevos âmbitos en educación social. In: ROMANS, M.; PETRUS, A. & TRILLA, J., De profesión: educador(a) social. Barcelona: Paidós, p. 63-147, 2000.

QUINTANA-CABAÑAS, J. M. Pedagogía Social. Madrid: Dykinson, 2001.

RUIZ, C. (coord.). Educación social viejos usos y nuevos retos. València: Publ. Universitat de València, 2003.

SAMAGAIO, F. A educação social e a investigação: algumas generalidades em torno de um perfil profissional. Cadernos de Estudo, 3, p.17-23, 2006.

SERAPICOS, A. M.; SAMAGAIO, F.; TREVISAN, G. Constructing and (re)constructing professional identities: na analysis on Portuguese social Educators. European Journal of Social Education, 20/21, p. 25-34, 2011.

SILVA, G. H. Educador Social: uma identidade a caminho da profissionalização. Educação e Pesquisa, 35 (3), p. 479-493, 2009.

SILVA, R.; SOUZA, J. C.; MOURA, R.; MONTEIRO, E.; PESSAGNO, S. M. (org.). Pedagogia Social: Contribuições para uma teoria geral da educação social. São Paulo: Expressão && Arte Editora, 2011.

THOMPSON, N. Understandind Social Work. New York: Palgrave MacMillan, 2009.

TIMÓTEO, I. A evolução da educação social: perspetivas e desafios contemporâneos. Praxis Educare – Revista da Associação dos Profissionais Técnicos Superiores de Educação Social, 1, p.12-17, 2013.

TRILLA, J. El universo de la educación social. In: ROMANS, M.; PETRUS, A.; TRILLA, J., De profesión: educador(a) social. Barcelona: Paidós, p. 15-59, 2000.

TRILLA, J.; GROS, B.; LÓPEZ; F.; MARTÍN, M. J. La educación fuera de la escuela. Ámbitos no formales y educación social. Barcelona: Ed. Ariel, 2003.

TROTTER, C. Working with involutary clientes, a guide to practice. New York: Routledge, 2015.

VARGAS, L. P. (coord.). Nuevos espacios de la educación social. Bilbao: Publ. Universidad de Deusto, 1998.

VIEIRA, A. Educação Social e Mediação Sociopedagógica. Porto: Profedições, 2013.

ÚCAR, X. Exploring different perspectives of Social Pedagogy: towards a complex and integrated approach. Education Policy Analysis Archives, 21 (36), p. 1-17, 2013.

Downloads

Publicado

30/10/2020

Como Citar

Martins, E. C. (2020). A educação social nos novos espaços e tempos: as realidades entroncadas da intervenção social e educativa. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 15(esp3), 2167–2187. https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp3.14423